imagem google

Em Rio Claro, Skaf faz homenagem a prof. Koelle e assina Atleta do Futuro  

Convênio de formação esportiva permitirá a 200 crianças e jovens praticar esporte com a metodologia do Sesi-SP

Juliana Setem e Alex de Souza, Agência Indusnet Fiesp

O presidente da Fiesp/Ciesp, Sesi-SP e Senai-SP, Paulo Skaf, esteve em Rio Claro na manhã de sexta-feira (20/8), onde anunciou que o prof. Theodoro Paulo Koelle passa a ser o patrono do teatro do Sesi-SP no município. “É uma justa homenagem pelo trabalho exercido por esse homem que tanto fez pela cidade”, disse Skaf, antes de formalizar o convênio de formação do Programa Sesi Atleta do Futuro com o município. A parceria beneficiará 200 alunos com a prática de basquete e futsal.

“Trata-se de uma oportunidade para que crianças e adolescentes que não são alunos do Sesi pratiquem esporte com a metodologia e o uniforme do Sesi, seja em suas instalações ou em espaços públicos, em parceria com a Prefeitura”, explicou o presidente, que na sequência homenageou o operador técnico do Teatro “Theodoro Paulo Koelle”, Reinaldo Amaro Bello, que faleceu em maio em decorrência da Covid-19.

O velocista do Sesi-SP, Felipe Bardi, que representou o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio, também esteve na solenidade e recebeu o troféu Pedagogia do Exemplo. Ao falar sobre o Atleta do Futuro, Bardi enfatizou a importância do programa e fez uma previsão. “Daqui podem sair muitos atletas olímpicos, não somente para a minha modalidade, mas para vários outros esportes. O programa oferece oportunidades. Não é fácil, mas não se pode desistir. Desta vez a medalha não veio, mas me sinto feliz por realizar o sonho de participar de uma edição dos jogos e acredito que em Paris a medalha vem”, disse o atleta.

A viagem a Rio Claro foi a primeira de várias que o presidente da Fiesp/Ciesp, Sesi-SP e Senai-SP realizará nos próximos meses. Seu mandato se encerra em 31 de dezembro, e a partir de 2022 o empresário Josué Gomes da Silva, que venceu as eleições da Federação, assumirá a presidência da Fiesp. Rafael Cervone foi o eleito pelo Ciesp e dirigirá a entidade após o término da gestão Skaf.

“No final desse ciclo, ter o reconhecimento dos colegas, da indústria, professores, diretores, alunos e colaboradores é o maior pagamento que posso ter. Não há dinheiro que pague a generosidade e reconhecimento das pessoas. Foram anos de dedicação, de seriedade e vontade de fazer o melhor. As pessoas passam, mas as instituições ficam, e sei que tanto o Josué quanto o Cervone farão um trabalho maravilhoso à frente dessas instituições”, concluiu o líder das entidades da indústria, que depois foi para Araras.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1638430614

Teatro do Sesi Rio Claro ganha o nome do prof. Theodoro Paulo Koelle. Foto: Everton Amaro/Fiesp