imagem google

Centenas se emocionam ao ver trechos de musicais da Broadway pela primeira vez

Evento realizado pelo Sesi-SP e pela Fiesp reuniu trechos de 14 espetáculos consagrados

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp 

Imagem relacionada a matéria - Id: 1660753505

Giovanna Benavides, 11 anos, estudante de teatro. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

Giovanna Benavides tem 11 anos, estuda teatro, canto e dança. Acompanhada pela mãe, Lídia Fernandes Benavides, 46 anos, ela chegou por volta das 16h nesta segunda-feira (24/03) ao Teatro do Sesi-SP para assistir ao espetáculo de lançamento do curso de formação de atores em Teatro Musical do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP). Assistiu a quase tudo em um espaço na sede da Fiesp reservado, com transmissão simultânea por um telão, mas na última apresentação da noite, conseguiu entrar no teatro. Na saída contou, orgulhosa, o quanto valeu a pena ter passado os últimos minutos na plateia.

“Consegui tirar foto com o Miguel Falabella, ver o final. Quase chorei”, contou Giovanna, ainda eufórica. “A Cláudia Raia é incrível, não tem como explicar o que ela é, eu não consigo falar”, acrescentou.

A mãe, Lídia, contou que ela e a filha acompanham o Sesi-SP pelas redes sociais e, quando souberam da distribuição gratuita de ingressos, apressaram-se para conseguir um lugar. “Chegar aqui e não ter conseguido entrar [no teatro] foi um pouco frustrante, mas minha filha conseguiu entrar no final e ter essa experiência. Isso valeu”, disse.

O estudante Igor de Azevedo, 18 anos, contou que valeu a pena matar aula na escola para conhecer ao vivo trechos de musicais que ele sempre quis conhecer.

“Eu acho importante deixar registrado que cabulei as duas últimas aulas do colégio, você pode ver que ainda estou com uniforme da escola. Para estar aqui, valeu a pena. Isso é muito amor pelo teatro”, garantiu. “Foi maravilhoso. Tinha muito musical que eu não consegui assistir”. Ele elegeu como favorito o trecho de “O Fantasma da Ópera”, interpretado por Sara Sarres e Saulo Vasconcelos. “Não deu para segurar a emoção. Chorei mesmo”.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1660753505

Igor de Azevedo, 18 anos, e as amigas Isabela Chagas, 17 anos, e Juliana Lucena, 17 anos. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

Centenas de pessoas assistiram na noite desta segunda-feira a trechos de montagens como “A Bela e a Fera”, “My Fair Lady”, “A Noviça Rebelde”, “Os Miseráveis”, “O Fantasma da Ópera” e outras. O espetáculo de mais de duas horas fez parte do lançamento do primeira turma do curso de formação de atores em Teatro Musical do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP).

Apresentado pelo ator e diretor Miguel Falabella, o show homenageou o teatro musical com direito a participações de nomes de peso do gênero como Cláudia Raia, Kiara Sasso, Saulo Vasconcelos e Sara Sarres.

Cultura, Brasil e infância

Para a estudante de artes cênicas Luiza Galavotti, 18 anos, a montagem de vários espetáculos em uma única noite foi “sensacional”.  Ela gostou mais da interpretação de uma das canções de “Império”, comédia musical criada e dirigida por Miguel Falabella, no Rio de Janeiro. Com música valorizando as influências históricas do Brasil, a montagem resgata um período no primeiro reinado, nos anos 1820.

“Os espetáculos da Broadway são legais, mas acho que o Brasil também precisa valorizar a sua cultura”, defendeu a estudante. No Teatro do Sesi-SP, Cláudio Galvan interpretou a canção “Lembranças de Debret”.

Com uma bolsa amarela do musical da Broadway  “O Rei Leão”, Jaqueline de Lima, 18 anos, foi uma das primeiras a deixar o teatro no final do espetáculo. Na opinião da estudante, espetáculos como esse democratizam a cultura para os que não tem como pagar para assistir a uma produção musical.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1660753505

As estudantes Jaqueline de Lima, 18 anos, e Luiza Galavotti, 18 anos. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

“Eventos assim motivam o público a gostar de musical. É muito legal misturar tudo e dar oportunidade às pessoas que não têm condições de pagar para assistir algo assim”, disse a estudante de engenharia química.

A estudante de dança Gabriela Rodrigues Martins, 19 anos, chegou de Minas Gerais a São Paulo há três semanas para estudar. Apesar de assistir pela transmissão simultânea no telão ao lado do teatro, ela afirmou que ganhou a noite.

“Na minha cidade não tem esse tipo de cultura. Então já foi mágico estar aqui sabendo que eles estão ao lado fazendo essas apresentações. Pra mim foi ao vivo”, disse. Para ela, o melhor da noite foi o trecho dos musicais “Elis”, interpretado por Laila Garin, e “Crazy For You”, por Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello.