imagem google

Em editorial, Estado de S. Paulo cita estudo da Fiesp sobre Infraestrutura

Jornal diz que investimentos no setor são inferiores às necessidades do País e mal aplicados

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1568573552Os investimentos públicos em infraestrutura de transportes não estão conseguindo evitar o agravamento dos problemas enfrentados pelo setor produtivo para escoar suas mercadorias, o que impõe perdas cada vez maiores à economia brasileira e reduz ainda mais sua competitividade.

A afirmação é do jornal O Estado de S. Paulo em seu editorial “Infraestrutura ruim e cara”, publicado nesta terça (10/07), com referência a estudo desenvolvido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

“Recente estudo da Fiesp estimou que as más condições das estradas, a pequena capacidade das ferrovias, a burocracia e o sucateamento dos portos e o custo de armazenagem impõem à indústria paulista gastos adicionais de R$ 17 bilhões por ano”, informa o editorial.

De acordo com a opinião do jornal, a infraestrutura de transportes não evoluiu na mesma velocidade que a economia por causa da falta de investimentos. “Em termos relativos, é como se ela estivesse submetida a um processo ininterrupto de deterioração. Nessa área, o Brasil caminha para trás”, assinala o Estadão.

Leia a íntegra do texto no site do Estado de S. Paulo.