imagem google

Em Bragança Paulista, Senai-SP abre terceira escola móvel de manutenção mecânica

Lançamento contou com a presença do presidente Paulo Skaf, que também visitou as obras do Senai-SP da cidade

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp, de Bragança Paulista

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) inaugurou nesta quarta-feira (21/05), em Bragança Paulista, sua terceira Escola Móvel de Manutenção Mecânica. O lançamento foi realizado na unidade local do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP).

A escola móvel reúne equipamentos e recursos tecnológicos para promover qualificação, aperfeiçoamento e especialização de profissionais para manutenção de máquinas e equipamentos industriais.  A estrutura volante será utilizada para cursos em todo o estado, com programas de formação profissional que atendem às demandas das indústrias.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1566618054

Paulo Skaf: “Essas escolas são importantes porque temos 645 municípios no Estado e não conseguimos construir um Senai-SP em cada um deles. Por meio dessas unidades é possível atender demandas específicas desses lugares. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


O diretor técnico do Senai-SP, Ricardo Terra, falou sobre o trabalho conjunto da entidade com a indústria paulista. “A indústria se transformou muito. Hoje, nossa indústria é muito competitiva. Em alguns segmentos, o Brasil está na fronteira do mundo, como em biocosméticos, biofármacos e outros setores da manufatura”, afirmou.

“É nesse cenário que, na atual gestão, iniciamos um forte investimento no Senai-SP. Nunca houve no Senai-SP um plano tão audacioso de investimento e atendimento à indústria, que inclui escolas fixas e móveis, como a que estamos inaugurando hoje.”

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Senai-SP, Paulo Skaf, lembrou de outros investimentos da indústria na região. “É interessante voltar a Bragança, onde estive no ano passado inaugurando essa escola do Sesi-SP. E também ver, ao lado, a escola do Senai-SP, que deve ficar pronta no mês que vem, mais que dobrando a oferta de vagas”, recordou. “É muito bom não fazer promessas, mas ver que algo é necessário, realizar e depois encontrar pronto.”

“Além de rever a escola, inauguramos hoje mais uma escola móvel. Chegamos agora a 76 em funcionamento e 14 sendo fabricadas. Essas escolas são importantes porque temos 645 municípios no Estado e não conseguimos construir um Senai-SP em cada um deles. Por meio dessas unidades é possível atender demandas específicas desses lugares”, concluiu Skaf.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1566618054

Nova unidade do Senai-SP em construção tem investimento de cerca de R$ 30 milhões em infraestrutura e equipamentos. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Depois da inauguração, Skaf visitou as obras da escola do Senai-SP. Com investimento de cerca de R$ 30 milhões em infraestrutura e equipamentos, a nova unidade vai substituir o centro de treinamento da entidade, que deve oferecer 12 mil matrículas por ano. Serão oferecidos cursos nas áreas de eletroeletrônica, metalomecânica e ferramentaria para o setor de plásticos. Ela deve começar a funcionar no início de 2015.

>> Sesi-SP firma convênios com Águas de Lindoia e mais quatro cidades para implantar ‘Atleta do Futuro’