imagem google

Electrolux é a grande vencedora do 6º Prêmio Fiesp de Conservação e Reúso da Água

A Electrolux unidade São Carlos obteve 1º lugar na categoria média/grande empresa e a Metalúrgica Inca, na categoria micro e pequena

Solange Sólon Borges, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1571867242

Representantes das empresas ganhadoras do Prêmio e diretores da Fiesp e do Ciesp posam para a foto após a cerimônia de entrega na sede das entidades



Em cerimônia realizada na noite desta terça-feira (22), na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), foram anunciados os vencedores do 6° Prêmio Fiesp de Conservação e Reúso da Água, uma forma de comemorar o Dia Internacional da Água.

Após seis edições, os dados reunidos dos 92 projetos das empresas participantes somaram economia de 43 milhões de metros cúbicos de água, volume suficiente para abastecer uma população de 580 mil pessoas por um período de um ano.

Os números revelados pelo diretor de Meio Ambiente da Fiesp, Nelson Pereira dos Reis, dimensionam a importância do Prêmio e a preservação dos mananciais por parte da indústria.

A Fiesp economiza 1.100 metros cúbicos do consumo diário de água, em sua sede, conforme apontou o diretor do Meio Ambiente do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), Eduardo San Martin. O mesmo exemplo é seguido pelas regionais. E completou: “o tema ambiental é pré-requisito para o desenvolvimento”.

Iniciativa premiada

Imagem relacionada a matéria - Id: 1571867242

Os diretores Riad Xavier Jauhar (da Metalúrgica Inca) e Nelson Pereira dos Reis (de Meio Ambiente da Fiesp)

A Electrolux (unidade de São Carlos) obteve o primeiro lugar, na categoria média/grande empresa, com o case Reúso de Água no Processo Produtivo. Segundo o coordenador de Meio Ambiente da unidade, Carlos Eduardo da Silva, a grande inovação do projeto foi ter promovido a conscientização entre seus funcionários.

Implantado em julho de 2010, a um custo de R$ 30.000, já obteve retorno de R$ 85.000 no prazo de um ano. Feliz e animado com o resultado, Silva sinalizou que há outros dois projetos em elaboração. Foi a primeira vez que a Electrolux participou do Prêmio.

A Metalúrgica Inca obteve o primeiro lugar, categoria micro e pequena, com o seu plano de Reúso da Água de Compressores e Ar. Situada em Mococa (SP), a empresa fez o aproveitamento total da água de descarte do ar condicionado para limpeza da fábrica e da água de descarte da fabricação de ar comprimido para reposição da caixa d’água de refrigeração dos moldes de injeção de Zamac.

Indicador ambiental

Imagem relacionada a matéria - Id: 1571867242

Os diretores Riad Xavier Jauhar (da Metalúrgica Inca) e Nelson Pereira dos Reis (de Meio Ambiente da Fiesp)

Um dos objetivos da premiação é dar ampla divulgação às iniciativas adotadas pelo setor industrial, além de premiar as empresas quanto ao seu desempenho, com troféus, selos, placas de menção honrosa e certificados de participação, além de uma viagem – oferecida pela revista Meio Ambiente Industrial.

O Prêmio também se torna um indicador ambiental ao formar acervo de cases no estado. Nesta sexta edição, inscreveram-se para o Prêmio, nas categorias média/grande e micro/pequena, 21 empresas dos mais diversos segmentos: químico, fármaco, petroquímico, alimentício-bebidas, papel e celulose, automotivo e autopeças, eletroeletrônico, metalúrgico, cerâmico e eletrodomésticos.

Participaram da premiação diversas autoridades: Ivanildo Hespanhol, presidente do Centro Internacional de Referência em Reúso de Água (Cirra), Paulo Massato Yoshimoto, presidente da Sabesp, e Eduardo San Martin, diretor de Meio Ambiente do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp). O Prêmio conta com o apoio e patrocínio da revista Meio Ambiente Industrial.

Conheça as empresas vencedoras:

Categoria Média/Grande Empresa




Categoria Micro/Pequena Empresa