imagem google

Durante inauguração de escola do Sesi-SP em Barra Bonita, Paulo Skaf anuncia ampliação do programa Atleta do Futuro

Presidente da Fiesp e do Sesi-SP inaugurou nova escola de ensino fundamental e médio no interior de São Paulo na manhã desta sexta-feira (25/10)

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp, de Barra Bonita

O Programa Atleta do Futuro (PAF), conduzido pelo Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) em oito municípios do estado, vai ser renovado a partir de dezembro deste ano. E deve ser ampliado para ao menos cinco novos municípios da região de Jaú, conforme anunciou o presidente do Sesi-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, nesta sexta-feira (25/10), durante a inauguração de uma  nova escola da instituição em Barra Bonita.

“O PAF vence em dezembro deste ano e, além de renovar o programa com os atuais municípios, pretendemos incluir outros novos”, afirmou Skaf. Segundo ele, a iniciativa atende atualmente 3 mil alunos do Sesi-SP.

O anuncio foi feito durante inauguração da nova escola do Sesi-SP em Barra Bonita, no interior de São Paulo.  A unidade vai atender 268 alunos no ensino fundamental, 60 no ensino médio e outros 154 no programa Educação de Jovens e Adultos.

Skaf na inauguração da escola do Sesi-SP de Barra Bonita: foco na educação e no esporte. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Skaf na inauguração da escola de Barra Bonita: foco na educação e no esporte. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


Futuros atletas

Aluna do Centro de Atividades (CAT) do Sesi-SP de Piracicaba, Jennifer Rute Silva Lopes, de 17 anos, começou a treinar heptatlo, competição do atletismo com sete provas, no PAF em 2011. Ela passou para o rol Atletas de Rendimento do Sesi em 2012.

“É uma oportunidade para crianças que querem treinar uma modalidade, mas têm medo de treinar com os mais velhos”, afirmou.

O objetivo de Jennifer é chegar aos Jogos Olímpicos de 2020 e disputar, em 2014, o Troféu Brasil de Atletismo, principal torneio da modalidade no país. “Mas o meu sonho mesmo é me tornar técnica”, completou.

O PAF oferece metodologia, equipamentos e o conhecimento inicial para práticas esportivas, enquanto as prefeituras cedem os espaços. Segundo diretor de Esportes do Sesi-SP, Alexandre Pflug, o programa depende do apoio das prefeituras para ser ampliado.

A escola de Barra Bonita

Projetada com 12 salas de aula, duas áreas de convivência, uma biblioteca, laboratórios de informática educacional, ciência e tecnologia, química e biologia e de física, a nova escola do Sesi-SP em Barra Bonita deve oferecer ensino em tempo integral a partir de 2014.

Alunos do Sesi-SP em Barra Bonita: opção de ensino integral em 2014 na unidade. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Alunos do Sesi-SP em Barra Bonita: opção de ensino integral em 2014 na unidade. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp


A inauguração da nova unidade faz parte dos planos do Sesi-SP em consolidar um modelo de educação criado em 2007, que prevê ensino em tempo integral, ensino médio articulado com a educação profissionalizante do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) e a construção de cem escolas no estado.

“Isso faz parte do grande programa da indústria de dar educação de qualidade a milhares de alunos”, afirmou Paulo Skaf. “Pegamos uma criança de seis anos e damos nove anos de educação completa para ela”, completou.

O superintendente do Sesi-SP e diretor  regional do Senai-SP, Walter Vicioni, afirmou que os alunos de Barra Bonita “terão oportunidade de adquirir sua educação e construir o seu caminho de autonomia e progresso”.

O prefeito da cidade, José Carlos de Mello Teixeira, também participou da cerimônia de inauguração da escola e agradeceu a Skaf e aos diretores do Sesi-SP e do Senai pelo “presente”. “Essa escola traz um novo estilo de educação e a maravilha da estrutura de diretores e professores que realmente se preocupam com um bom ensino para nossas crianças e jovens”, disse. “Nós jamais iremos nos esquecer desse momento da história de Barra Bonita”.