imagem google

Deconcic terá papel importante na retomada do crescimento econômico do país

Deconcic/Fiesp faz balanço de 2014 e prevê dificuldades para 2015

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

O Departamento da Indústria da Construção (Deconcic) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) realizou, na manhã desta segunda-feira (19/01), na sede da entidade, sua primeira reunião de 2015.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1656294895

Carlos Eduardo Pedrosa Auricchio (com o microfone): Deconcic/Fiesp também quer trabalhar pela aceleração de concessões rodoviárias e na área de saneamento. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp


Entre os assuntos debatidos, a necessidade da volta de investimentos no setor produtivo diante do quadro recessivo do setor, o que pode resultar em desemprego. “O Deconcic terá papel fundamental em 2015, no sentido de trabalhar para a retomada do crescimento econômico do país e do nosso setor”, afirmou o diretor titular do departamento, Carlos Eduardo Pedrosa Auricchio.

Na visão de Newton Cavalieri, representante do Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo (Sinicesp), 2014 foi um ano de muitas dificuldades para o setor.

“Fechamos 2014 abaixo de qualquer expectativa. E as perspectivas para 2015 não são boas. O país ainda tem tudo para fazer. Não vamos a lugar nenhum sem investimentos pesados em infraestrutura, com a criação de empregos permanentes. Atualmente, estamos pondo gente na rua”, alertou Cavalieri.

Confira um resumo da reunião:

Prioridades do setor para 2015

Segundo Auricchio, a agenda de curto prazo do setor vai se concentrar na mobilização de esforços para convencer o governo quanto à necessidade de se manter o ritmo de desembolso do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Minha Casa Minha Vida. Outros objetivos do departamento são trabalhar em prol da aceleração de concessões rodoviárias e na área de saneamento.

ConstruBusiness

Outro foco do departamento continua sendo a 11ª edição do Congresso Brasileiro da Construção, o ConstruBusiness, com realização programada para o dia 9 de março. Durante o evento será apresentado pela Fiesp o caderno de propostas com dados atualizados do setor, de acordo com Fernando Garcia, consultor do Deconcic/Fiesp.

Balanço de 2014

Na reunião plenária, representantes de setores da cadeia produtiva da construção falaram sobre os números negativos registrados pelo setor em 2014. O segmento de materiais, por exemplo, previu um crescimento de 4,5%. Entretanto, fechou o ano passado com redução de 7%.

“Podemos fechar 2015 [com um percentual] positivo, ainda que em torno de 1%”, opinou Laura Marcellini, diretora do Deconcic/Fiesp e membro do Grupo de Trabalho sobre Construção Industrializada.

O consenso entre os participantes é a necessidade de maior investimento federal em infraestrutura.

Ações de 2014

Na reunião também foram relembradas as ações realizadas pelo departamento em 2014. Entre os números apresentados, destacam-se as 48 representações institucionais em eventos setoriais, 22 participações em reuniões e eventos promovidos por entidades do setor e órgãos do governo.

Manual de Conservação e Reuso da Água

Imagem relacionada a matéria - Id: 1656294895

Anicia Pio, do DMA/Fiesp. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Ainda durante a plenária, foi apresentado aos membros do Deconcic/Fiesp a cartilha “Manual de Conservação e Reuso da Água em Edificações”, que tem a finalidade de orientar a sociedade para tornar as edificações mais sustentáveis em relação ao consumo de água. A publicação foi apresentada por Anicia Pio, gerente do Departamento de Meio Ambiente (DMA) da Fiesp.