imagem google

Cosag/Fiesp espera cenário melhor em 2013 com mais etanol na composição da gasolina

Segundo presidente do Conselho da Fiesp, João de Almeida Sampaio Filho, reajuste no preço da gasolina seria favorável para produção de etanol

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

Além de palestras de convidados como Alexandre Mendonça de Barros , diretor da MB Agro, André Pessoa , diretor da Agroconsult, e Plínio Nastari, presidente da Datagro, a reunião de segunda-feira (10/12) do Conselho Superior do Agronegócio (Cosag) da Fiesp teve outra finalidade: a de avaliar o desempenho do setor em 2012 e as perspectivas para 2013.

Reunião Cosag/Fiesp. João Almeida Sampaio. Foto: Everton Amaro

João de Almeida Sampaio Filho, presidente do Cosag/Fiesp. Foto: Everton Amaro

Entre as principais expectativas está o provável aumento da mistura de etanol anidro à gasolina no próximo ano e o impacto positivo da medida na produção açúcar de etanol.

“Para açúcar e etanol, a gente espera que o governo adote algumas medidas em relação ao aumento da adição de etanol anidro na gasolina e, por que não, aumento do preço da gasolina. Isso é importante para o país”, afirmou o presidente do Cosag, João de Almeida Sampaio Filho. “A gente espera que, com isso ocorrendo, um melhor ano para açúcar e etanol”, completou.

Em outubro deste ano, o diretor da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Helder Queiroz, confirmou para 1º de junho de 2013 a data prevista pelo governo para elevar a mistura de etanol anidro na gasolina, com o prazo podendo ser antecipado caso haja oferta de etanol suficiente para atender à demanda. A mistura pode sair dos atuais 20% e retornar para o patamar de 25%.