imagem google

Conheça os artistas que participam do SP Urban Digital Festival

Festival será realizado todas as noites das 20h às 6h na fachada do edificio-sede da Fiesp, na avenida Paulista.

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1653326536Até o final de dezembro, todas as noites das 20h às 6h, o edifício icônico da avenida Paulista será uma grande tela urbana de novas formas de expressão de arte digital.

Conheça os artistas  nacionais e internacionais que terão obras mostradas no Festival:

Vj Spetto – Brasil
Pioneiro na arte de videoremixar no Brasil, é considerado uma das maiores referências mundiais no assunto. Atua desde 1997 como VJ, vídeoperformer, programador, vídeodesigner. Desenvolve tecnologias para manipulação ao vivo de imagens utilizando softwares e hardwares resultantes de suas pesquisas. Desde 2002, ministra regularmente palestras e workshops em instituições renomadas de ensino do mundo todo.

Antoine Schmitt – França
Artista com formação em engenharia de programação, é especialista em criar instalações que explorem as relações homem-computador e inteligência artificial. Suas obras são instalações interativas, traduzindo em movimentos ritmicos os códigos e dados de processamento específicos. Antoine já ganhou diversos prêmios internacionais, entre eles o Transmediale (Berlim) e o International Festival of Video-Dance, promovido pela Unesco. Participou de exposições em renomadas instituições como o Centre Georges Pompidou (Paris, França), Sonar (Barcelona, Espanha) e Ars Electronica (Linz, Áustria).

Esteban Gutierrez – Colômbia
É especialista em desenho multimídia. Gutierrez programa suas próprias ferramentas de arte eletrônica. Participou de várias exposições coletivas e individuais na América Latina e Europa, onde ganhou por dois anos consecutivos o Prémio Joven de Artes Plásticas (Espanha, 2009 e 2010). Ministra regularmente palestras e conferências tendo como tema central a arte digital.

BijaRi – Brasil
Coletivo de criações de artes visuais e multimídia formado em 1996 por arquitetos e artistas plásticos. Especializado em realização de projetos artísticos em diversos suportes e tecnologias, o grupo atua entre os meios analógicos e digitais propondo experimentações estéticas, sobretudo de caráter crítico. Intervenções urbanas, performances, vídeo, design e web design tornam-se meios para estabelecer possibilidades de vivências onde a realidade é questionada.

Goma Oficina – Brasil
A Goma Oficina é um grupo de jovens artistas e arquitetos especializados na criação de obras que experimentam as particularidades de intervenção urbana através de recursos multimídia e objetos cenográficos esculturais em espaços públicos. Participaram do festival Urbe – Mostra de Arte Pública (São Paulo, 2012) e assinam a autoria do projeto As paredes vão dançar, que explora sensações de mobilidade e ilusão de óptica em edifícios da cidade de São Paulo.

Mar Canet & Varvara Guljajeva – Espanha/ Estônia
Mar é um interdisciplinar com formação em Arte, Design, desenvolvimento de jogos e interfaces culturais. Trabalhou como engenheiro criativo na renomada instituição de arte eletrônica Ars Electronica Futurelab (Linz, Áustria). Co-fundador dos coletivos de arte digital Derivart e Lummo. Participou de diversas exposições internacionais, entre elas o Media Facades Festival Europe 2010. Desde 2011, participa de residências artísticas, juntamente com a artista Varvara Guljajeva, nas seguintes instituições culturais: Iamas (Japão), FACT Liverpool (Inglaterra), MU Gallery (Holanda), STPLN em Malmö (Suécia), Verbeken Foundation (Bélgica), Marginalia+lab (Belo Horizonte).