imagem google

Combate à pirataria: Fiesp promove em Salvador evento para autoridades da Alfândega e da PRF

Iniciativa faz parte do programa Diálogos com Autoridades Públicas, com palestras que ajudam funcionários e oficiais a identificar produtos falsificados

Agência Indusnet Fiesp

Acontece nesta quinta (18/10) e sexta-feira (19/10), na Alfândega do Porto de Salvador (BA), mais uma etapa do programa Diálogos com Autoridades Públicas, iniciativa da Fiesp voltada para servidores públicos que atuam em órgãos que fiscalizam chamados “produtos piratas”.

O evento, desta vez, contará com a participação de servidores da Alfândega e da Policia Rodoviária Federal. A finalidade da Fiesp é municiar as autoridades com informações úteis para reconhecer mercadorias com marca falsificadas e práticas ilegais que prejudicam o comércio.

A programação do evento, que contará com a presença de representantes da Receita Federal do Brasil na cerimônia de abertura, prevê apresentações de representantes de fabricantes como a Adidas/Reebok (artigos esportivos, jogos de baralhos (Copag) e brinquedos (Mattel).

Também haverá palestras sobre produtos como celulares (com a consultoria Intellectual Property Consulting – IPC) e óculos e relógios (Instituto Meirelles de Proteção à Propriedade Intelectual – Imeppi).

Entidades setoriais e de classe também apresentam painéis. É o caso da Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (Anip), Associação Nacional de Fabricantes de Cerâmica para Revestimento (Anfacer), Sindicato Nacional da Indústria de Trefilação e Laminação de Metais Ferroso (Sicitel), Sindicato da Indústria de Parafusos, Porcas, Rebites e Similares no Estado de São Paulo (Sinpa) e Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (Abimo).

Também estão na agenda de palestrantes representantes do Fórum Nacional Contra Pirataria (FNCP) e do Instituto Brasil Legal (IBL).

O evento conta com o apoio institucional da Receita Federal, do Conselho de Combate à Pirataria e do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi), e com a colaboração do FNCP, do IBL, do ICI e do Instituto Aço Brasil.

O programa “Diálogos com Autoridades Públicas” teve início em 2006. Desde então já foram realizadas 56 visitas a portos, aeroportos e pontos de fronteira para um total de mais de 2 mil servidores públicos de todo o Estado de São Paulo. Em março, o evento teve uma etapa em Vitória (BA).