imagem google

Code debate a criação do primeiro prêmio de inovação no esporte

O Prêmio, que ainda está em fase de criação das diretrizes, terá como objetivo o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva do Esporte

Mariana Soares, Agência Indusnet Fiesp 

O Comitê da Cadeia Produtiva do Desporto (CODE) da FIESP sediou, na última quarta-feira (27/2), o primeiro debate sobre a criação do Prêmio de Inovação da Cadeia do Esporte Paulista. O ex-secretário de Esportes do município de São Paulo, José de Lorenzo Messina, e membro do CODE, detalhou as diretrizes da iniciativa, que ainda está na fase piloto, e explicou a ideia de desenvolver o Esporte e tornar o segmento um indutor de novos negócios.

Messina listou os países do mundo que criaram prêmios para estimular a rede produtiva que envolve o segmento e reconhece iniciativas para o Esporte. Entre eles, Alemanha, Austrália, Inglaterra e França. “A principal ideia é trazer inovação para a cadeia produtiva do Esporte, reconhecendo iniciativas inovadoras que já estão sendo desenvolvidas e estimulando a criação de outros cases”, explica Messina.

O diretor titular do CODE, Mario Eugênio Frugiuele, lembrou que, entre as funções do CODE, há a de aproximar especialistas, empresários e o Poder Público, todos ligados à cadeia do Esporte, para que ideias inovadoras continuem sendo desenvolvidas. “Vamos montar um grupo de trabalho para traçar as diretrizes do prêmio e, dessa forma, estimular a indústria. Quando você promove o empreendedorismo, você incentiva a produção, o produto e tudo vai junto. Tem tudo para ser uma forte alavanca para o Esporte”, reforça.

Entre as principais demandas do segmento que seriam atendidas com o desenvolvimento de um prêmio como este, estão: o fortalecimento do Esporte, a garantia de financiamento adequado para o setor, incentivo a programas de atividades físicas com objetivo de preservar a saúde, o fomento da cadeia produtiva do Esporte nas esferas do comércio, indústria e serviços esportivos entre outros.

O atual secretário de Esportes e Lazer da cidade de São Paulo, Carlos Bezerra Junior, esteve presente no início do encontro e se colocou à disposição para participar do futuro grupo de trabalho que pensaria estratégias para colocar em prática a ideia do Prêmio. “Eu ficarei muito feliz se, ao final da gestão, por causa desse trabalho junto nós conseguirmos, através dessa desburocratização, resultados positivos para a cadeia produtiva do Esporte. Espero que vocês vejam a secretaria como parceira de projetos que terão impactos muito positivos na cidade e no futuro das crianças”, reforça.

Instituto Península – José de Lorenzo Messina aproveitou o debate para falar sobre as atividades esportivas e sociais realizadas no Instituto Península, organização social que atua transformando vidas por meio da educação, do esporte e do desenvolvimento integral do indivíduo, além de desenvolver projetos que auxiliam a formação qualificada do professor.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1561487574

Comitê da Cadeia Produtiva do Desporto (CODE) da FIESP realizou seu primeiro debate sobre a criação do Prêmio de Inovação da Cadeia do Esporte Paulista. Foto: Karim Kahn/Fiesp