imagem google

Centro Cultural Fiesp distribuirá 500 máscaras comemorativas da exposição Destinos, o homem inventa o homem

A edição comemorativa, confeccionada em pano pelo Senai-SP, será entregue apenas aos visitantes que fizerem reservas antecipadas gratuitamente pelo Meu Sesi

Raisa Scandovieri, Agência Indusnet Fiesp

A partir do dia 9 de janeiro, cerca de 500 máscaras serão disponibilizadas gratuitamente para o público que fizer agendamentos pelo sistema Meu Sesi (www.sesisp.org.br/eventos) para visitar a exposição Destinos, O Homem Inventa o Homem, do artista José Roberto Aguilar, em cartaz no Centro Cultural Fiesp até 14 de fevereiro. A ação acontece até o final do período expositivo ou enquanto durar o estoque.

As máscaras comemorativas da mostra são uma edição limitada produzida em tecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) e poderão ser retiradas apenas pelos visitantes que apresentarem o QR code da reserva gratuita na entrada do espaço expositivo, de quinta a domingo, das 13h às 19h.

As reservas antecipadas servem como forma de controle da lotação do espaço, seguindo os protocolos de prevenção contra a disseminação do Coronavírus. A edição limitada e comemorativa vem estampada com a obra Matriarcalismo (2019).

A exposição inédita, aberta em plena pandemia do Covid-19 na Galeria de Arte do Centro Cultural Fiesp, na Avenida Paulista, em outubro de 2020, não é a primeira individual que Aguilar realiza no espaço: em 2005, foi a vez do público conhecer a exposição “Brasil de Aguilar” na Galeria de Arte.

Sobre a exposição

A exposição divide as 69 obras, quase todas inéditas, em duas seções distintas e sequenciais. Na primeira, o visitante acompanha âncoras da história do Ocidente, na visão de Aguilar, em telas que representam os filósofos gregos, os artistas visionários, a invenção da dança, do divino, da máquina, os direitos dos cidadãos na Revolução Francesa, a igualdade de classes no socialismo, as máquinas da Revolução Industrial, a desigualdade das classes sociais e das etnias, a “mulher que inventa a mulher”, o algoritmo e até o “homem colorido – o ideal humanista”. A história recontada parte da constatação de que “o raciocínio foi a matéria prima da invenção dos Homens” e de que “Raciocínio, Livre-Arbítrio e Destino são as asas que nos fazem voar”. Ainda nessa sequência, o artista chama de Devir um futuro em que aparecem a natureza e a ocupação de Marte.

Na segunda parte, com 35 telas de 1x1m, Aguilar propõe um jogo de personalidades, personagens ou arquétipos. São 35 quadros de cores vibrantes, identificados com um destino cada – como os do atleta, do erótico, do místico, do carnavalesco. A proposta é escolher um número, de 1 a 35, e procurar o quadro e a explicação de seu destino.

Protocolo de segurança

Sempre considerando a segurança e o bem-estar dos visitantes, colaboradores e prestadores de serviços, o Centro Cultural Fiesp segue um rigoroso planejamento desenvolvido a partir dos protocolos oficiais de segurança, e compartilhado por todas as instituições da Paulista Cultural (Casa das Rosas, Centro Cultural Fiesp, Instituto Moreira Salles, Itaú Cultural, Japan House São Paulo, Masp e Sesc Avenida Paulista).

Dentre as principais medidas, estão o horário reduzido de funcionamento do Centro Cultural Fiesp, bem como a redução para 30% da capacidade ocupacional dos espaços expositivos. A visitação será permitida apenas mediante agendamento on-line pelo Meu Sesi (www.sesisp.org.br/meu-sesi) e todos os visitantes terão sua temperatura aferida na entrada, sendo obrigatório o uso de máscara. Cartazes e sinalizações também foram dispostos em vários pontos do espaço para alertar o visitante sobre os cuidados em relação ao distanciamento e a higienização, além de dispositivos com álcool em gel.

O complexo cultural também segue o protocolo de biossegurança aprovado pela prefeitura de São Paulo, e realiza treinamento e disseminação de informações sobre a Covid-19 para os colaboradores que terão contato direto com o público. Além disso, um rigoroso cronograma de limpeza de espaços, superfícies e banheiros será seguido diariamente.

Fotos: Karim Khan/Fiesp

Serviço:

Exposição Destinos, o Homem Inventa o Homem

Período expositivo: até 14 de fevereiro de 2021

Horários: de quinta a domingo, das 13h às 19h

Local: Galeria de Arte do Centro Cultural Fiesp – Avenida Paulista, 1313 (em frente ao Metrô Trianon-Masp)

Classificação indicativa: livre

Agendamentos de visitas: www.sesisp.org.br/meu-sesi

Entrada gratuita. Mais informações em www.centroculturalfiesp.com.br

Imagem relacionada a matéria - Id: 1611573904