imagem google

Investir em Defesa traz retorno em quase 10 vezes para o PIB, afirma chefe do Estado-Maior do Exército

Em evento realizado na Fiesp, foi apresentado os projetos estratégicos do Exército voltados à construção de projeto conjunto entre as três Forças

Clarissa Viana, Agência Indusnet Fiesp

A reunião plenária conjunta do Departamento de Defesa e Segurança (Deseg) da Fiesp e do Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa (Simde) realizada na quarta-feira (22/9) teve a participação do general de Exército Marco Antônio Amaro dos Santos, chefe do Estado-Maior do Exército. O evento, por videoconferência, foi mediado pelo diretor titular do Deseg e presidente do Simde, Carlos Erane de Aguiar.

Ao abrir o evento, Carlos Erane ressaltou a importância da defesa nacional e do investimento na área e que o setor militar é vetor do desenvolvimento da indústria do país.

Convidado a apresentar alguns projetos estratégicos, o general Amaro destacou que cada R$1 investido na defesa nacional resulta em R$9,8 de retorno no PIB. Ele também apresentou o Planejamento Baseado em Capacidades (PBC), desdobramento da necessidade primordial das Forças Armadas de construir um projeto em conjunto entre as três Forças. “O PBC é mais um indicativo da interoperabilidade entre Marinha, Aeronáutica e Exército que vemos em operações e na defesa nacional”, apontou.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1635386258

O general de Exército Marco Antônio Amaro dos Santos, chefe do Estado-Maior do Exército, apresentou aos participantes do Deseg os projetos estratégicos do Exército. Fotos: Ayrton Vignola/Fiesp

No encerramento do encontro, o diretor titular do Deseg agradeceu o esforço das Forças Armadas desde o início da pandemia. “As Forças Armadas se mobilizaram e ajudaram a salvar vidas e aliviar o sofrimento de muitos brasileiros e brasileiras com esse trabalho e, por isto, toda a sociedade é muito grata a vocês”, finalizou Carlos Erane de Aguiar.