imagem google

Vôlei: Brasil bate Japão e está na final pelo bicampeonato contra os EUA

Com o fôlego recuperado após crise, seleção feminina vence sem susto as japonesas. Central Fabiana, atleta do Sesi-SP, foi uma das duas maiores pontuadoras da equipe

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1600636434

Seleção feminina comemora vitória sobre o Japão - Fabiana (camisa 1) e Dani Lins (camisa 3) são as atletas do Sesi-SP na equipe titular.


A seleção brasileira de vôlei feminino venceu a equipe do Japão nesta quinta-feira (09/08) e vai enfrentar a dos Estados Unidos da América (EUA) na final da disputa pelos Jogos Olímpicos de Londres-2012.

O Brasil bateu o Japão por 3 sets a 0. No primeiro, o time brasileiro fechou por 25/18, seguido de 25/15 e 25/18.

Ao lado de Sheilla, a central Fabiana Claudino, atleta do Sesi-SP, foi a maior pontuadora do Brasil, marcando 13 pontos (nove de ataque, três de bloqueio e um no saque). A levantadora Dani Lins também pontuou – três de ataque e um no bloqueio. Tandara, oposta do Sesi-SP, entrou em alguns momentos da partida.

É a segunda final consecutiva do vôlei feminino do Brasil – em Pequim-2008, a equipe do técnico José Roberto Guimarães chegou ao lugar mais alto do pódio ao vencer a seleção americana por 3 sets 1. A central Fabiana é uma das remanescentes daquele grupo.

Também nesta quinta-feira (09/08), a equipe dos Estados Unidos, adversária da final,  venceu a Coreia do Sul por 3 sets a 0.

O jogo

O time que ganhou sem muito esforço do Japão não parece o mesmo que  enfrentava uma crise na primeira semana de competição, com a classificação ameaçada, depois de perder dois jogos – para os próprios Estados Unidos e para a Coreia do Sul.

Liderada por Thaisa e Sheilla, a equipe brasileira chegou a abrir vantagem de 10 pontos no segundo set. Destaque também para atuação de Jaqueline e da levantadora Dani Lins, que soube distribuir as bolas.

Ficha técnica
Brasil: Dani Lins, Sheilla, Jaqueline, Fernanda Garay, Fabiana e Thaisa. Líbero – Fabi
Entraram: Tandara e Fernandinha
Técnico – José Roberto Guimarães

Japão: Takeshita, Araki, Otomo, Shinnabe, Ebata e Kimura. Líbero – Sano
Técnico – Masayoshi Manabe