imagem google

Alunos do Senai-SP na reta final do WorldSkills

Encerramento do torneio mundial será neste domingo (07/07), em Leipzig, na Alemanha. Em 2015, será a vez de São Paulo sediar o evento

Agência Indusnet Fiesp

A bateria de provas do WorldSkills 2013, em Leipzig, na Alemanha, pelas quais passaram os 41 competidores da delegação brasileira, está se aproximando do fim.  O maior torneio do mundo dedicado ao ensino profissionalizando se encerra neste domingo (07/07). Na ocasião, serão conhecidos os vencedores da disputa. A competição é acirrada, mas os 16 alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) que disputam medalhas no torneio  estão confiantes. Segundo integrantes da equipe da instituição, todos fizeram um bom trabalho porque são talentosos e foram bem preparados, além de terem embarcado para a Europa equipados com material de ponta.

O aluno do Senai-SP Paulo Kazue Inoue  em prova da categoria projeto assistido por computador. Foto: Pedro de Faria/Senai-SP

O aluno do Senai-SP Paulo Inoue em prova de projeto assistido por computador. Foto: Pedro de Faria/Senai-SP


E isso para não falar nos esforços do Senai-SP em atrair investimentos para oferecer sempre uma formação de excelência. Para manter a qualidade de ensino, aliás, a instituição deve receber, somente no ano de 2013, investimentos de R$ 362,6 milhões, valor 16% maior em relação ao investido no ano anterior. A finalidade é ampliar unidades, construir novas, adquirir equipamentos de tecnologia e capacitar profissionais.

Segundo o diretor regional do Senai-SP, Walter Vicioni, um dos destinos dos recursos no ano de 2013 é atender a crescente demanda por mão de obra nos setores aeronáutico e ferroviário.“A Embraer se associou com a Boeing e a gente precisa ter equipes boas de manutenção porque há uma demanda boa para esse tipo de atividade. O setor passou a ser contribuinte do Senai-SP e estamos nos adequando com unidades móveis e células de aviação”, disse Vicioni.

São Paulo em 2015

Desde o dia 2 de julho a 42ª edição do WorldSkills em Leipzig, na Alemanha, está testando a formação profissionalizante de mais de 58 países, representados por 950 jovens, em mais de 45 categorias. O torneio chega ao fim neste domingo (07/07) com a premiação dos melhores colocados.

Promovido pela WorldSkills International (WSI), organização não governamental que visa estimular o intercâmbio de educação profissional entre seus países membros, a competição é realizada bienalmente e dividida em quatro dias de provas. Em 2015, será a vez de São Paulo (SP) sediar a disputa.