imagem google

Termina no dia 18 de março prazo para inscrições no Prêmio de Mérito Ambiental da Fiesp

Projetos de boas práticas ambientais podem ser enviados até 18 de março de 2013

Agência Indusnet Fiesp

Com o objetivo de incentivar o setor produtivo a desenvolver boas práticas ambientais, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo promove anualmente, desde 1995, o “Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental”.

Para a edição de 2013, as empresas poderão inscrever, no máximo, dois projetos em duas categorias distintas: micro e pequeno porte (até 99 empregados) e médio e grande porte (a partir de 100).

As empresas interessadas em participar devem fazer sua inscrição preenchendo o formulário online disponível na página do Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental.

A ficha de inscrição e o envio dos trabalhos que concorrem ao prêmio devem ser enviados até o dia 18 de março.

Premiação e forma de avaliação

As vencedoras receberão troféu e também o selo do Mérito Ambiental.O resultado será divulgado durante a solenidade de premiação, em junho de 2013.

Os critérios de julgamento levarão em conta a otimização do uso de recursos naturais, além dos resultados obtidos com a implementação do projeto. A Comissão Julgadora é constituída por representantes de mais de uma dezena de entidades e universidades.

Edição anterior

Imagem relacionada a matéria - Id: 1582940510Na edição de 2012 do Prêmio foram recebidos 41 cases. A Honda Automóveis venceu na categoria média e grande empresa com o projeto “Redução na emissão de Compostos Orgânicos Voláteis (VOC) nos processos produtivos“, ao motivar os funcionários no desenvolvimento de projetos na área de gestão ambiental e adotar políticas de sustentabilidade.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1582940510Na categoria micro e pequena, o primeiro lugar ficou com a Micro-Química Produtos para Laboratórios Ltda, com a “Viabilidade da melhoria competitiva através da sustentabilidade e gestão do meio ambiente”.

A empresa desenvolveu projetos socioeducativos na área ambiental junto aos funcionários, nos últimos dez anos, percebendo novas oportunidades para o negócio.