imagem google

A cada 10 mil habitantes, dois morrem em rodovias brasileiras, aponta estudo IDT/Fiesp

Índice de infraestrutura de transporte da entidade compara desempenho do Brasil com melhores do mundo em logística

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

Comparado aos países com melhores prática de infraestrutura de transportes, o Brasil está defasado em 70% em evitar acidentes em rodovias, indica estudo da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Segundo o Índice Comparado de Desempenho da Infraestrutura de Transporte (IDT-Fiesp), elaborado pelo Departamento de Infraestrutura (Deinfra) da federação, a cada 10 mil habitantes no Brasil dois morrem em rodovias, considerando as federais estaduais e municipais, enquanto o grupo de países com melhores práticas logísticas apresenta uma taxa de 0,6  óbitos para 10 mil habitantes.

A pesquisa traz o levantamento com base em 2010 e mostra que o Brasil apresenta uma defasagem de 67% em relação ao topo do benchmark internacional, ou seja, as regiões líderes mundiais em prática logística.

O IDT/Fiesp foi apresentado oficialmente na terça-feira (07/05), durante o 8º Encontro de Logística e Transportes da entidade.

Conheça o estudo na íntegra

Índice Comparado de Desempenho da Infraestrutura de Transporte (IDT/Fiesp)

Imagem relacionada a matéria - Id: 1653340479