imagem google

1ª edição do CJE Talks destaca os desafios do empreendedorismo feminino

Empresária Fabi Saad marcou a estreia do formato, organizado pelo Comitê do Jovem Empreendedor da Fiesp

Clarissa Viana, Agência Indusnet Fiesp

A 1ª edição do CJE Talks, realizada na terça-feira (27/7), contou com a história e a experiência de Fabi Saad, empresária e empreendedora fundadora do movimento Mulheres Positivas, além do aplicativo SOS Mulher, autora de livros e apresentadora de programa semanal na rádio Jovem Pan.

“O tempo bem gerido permite que se faça tudo. A força e a capacidade de transformar os nãos que recebemos resultam em experiências de sucesso”, analisou Vinicius de Moraes, diretor titular adjunto do Comitê de Jovens Empreendedores (CJE) da Fiesp, ao inaugurar o evento.

Fabi Saad, conhecida por diversas iniciativas de apoio ao empreendedorismo feminino, contou um pouco da sua trajetória profissional, incluindo o desafio de equilibrar a vida profissional e a pessoal, e como se manter focada no desenvolvimento de novos projetos.

“A vida de empreendedora é um ciclo de ouvir não, se frustrar e continuar, mas o desafio de quem passa o dia resolvendo problemas e recebendo respostas negativas é manter a autoconfiança e a autoestima. Eu me policio para não levar para o lado pessoal, e tento lembrar sempre da frase do Churchil que diz que o sucesso é continuar tentando depois de cada não recebido. E por isso eu percebo a importância do networking, porque descobri como os relacionamentos são fundamentais, inclusive para os negócios, pois a gente sabe que o mundo dá voltas e não podemos prever o que vai acontecer no dia de amanhã”, detalhou.

Elisabeth Romero, empreendedora e produtora de conteúdo, expert em esporte, e também diretora do CJE, ressaltou a importância de não desistir a partir do momento em que se decide empreender. “Empreender é estar preparado. Estamos acompanhando muito disso nas Olimpíadas e vendo atletas tranquilos por darem seu melhor mesmo que isso não signifique necessariamente uma medalha, mas ter essa consciência tranquila da missão cumprida”, pontuou.

“Empreender é, também, ter em mente que podemos ser pegos desprevenidos, mas nunca despreparados”, finalizou Vinicius.

Para conferir todo esse bate-papo empreendedor, acesse o YouTube da Fiesp.

Você também pode se inscrever no Festival do Empreendedorismo: Diversidade e Inclusão, que acontecerá nos dias 10 e 11 de agosto, neste link.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1634700276

A 1ª edição do CJE Talks destacou o empreendedorismo feminino em sua estreia. Fotos: Everton Amaro/Fiesp