imagem google

Palestra realizada na Reunião do Coinfra | 17.06.2016


Adriano Pires, diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), disse na Fiesp nesta sexta-feira (17/6) que a Petrobras está quebrada. “A conta não fecha”, afirmou durante reunião do Conselho Superior de Infraestrutura da Fiesp. O preço do petróleo, que deve se manter entre US$ 45 e US$ 55 por barril por longo tempo, o câmbio, o enorme endividamento e os cortes nos investimentos –e consequentemente nas perspectivas de aumento de produção- estão entre os obstáculos que ele vê para a empresa.


Para visualizar ou salvar apresentação da palestra, acesse o título abaixo:

– Petrobras e o Setor de Petróleo: Situação Financeira, Futuro e Soluções – Adriano Pires