imagem google

Iniciativas Sustentáveis: Marfrig – Reforço na Saúde Ocupacional


Diretoria de Saúde Ocupacional foi a aposta dessa companhia de alimentos para reforçar os cuidados com os colaboradores

Imagem relacionada a matéria - Id: 1638102371

Por Karen Pegorari Silveira

Uma pesquisa de abril de 2021 da Willis Towers Watson obtida pelo Jornal Valor Econômico com 186 empresas com atuação no Brasil indica que o interesse no tema de bem-estar aumentou 33% nos últimos seis anos. Com a pandemia, mais da metade das organizações ouvidas (54%) afirmaram que mudaram em grande medida a abordagem para ações de promoção do bem-estar. Para 97% das empresas, nos próximos três anos a prioridade será o bem-estar emocional, 90% o físico, 80% o social e 68% o financeiro.

Alinhada com esta pesquisa, a Marfrig criou, em dezembro de 2020, a diretoria de Saúde Ocupacional com o objetivo de ampliar os serviços de atendimento ambulatorial em suas unidades e reforçar os cuidados com os colaboradores na gestão assistencial e ocupacional com maior agilidade e autonomia. Essa diretoria é composta por médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem e ergonomistas, distribuídos nas unidades da empresa.

De acordo com o médico e diretor de Saúde Ocupacional da Marfrig, Altemir Ferro Corrêa, “a empresa optou pela internalização de profissionais de saúde e ergonomia que além de identificar e monitorar os riscos/exposições ocupacionais, realizam ações de busca ativa e passiva, executam planos de ações preventivos e acompanhamento durante a jornada nos serviços externos de saúde”, destaca.

A diretoria tem ainda o programa para atendimento médico assistencial e ocupacional e implantará ainda este ano um software de prontuário médico 100% digital, o que facilitará os processos de atendimento nos ambulatórios médicos.

Atualmente a empresa já custeia os gastos dos colaboradores por meio de convênios com farmácias locais, laboratórios, médicos especialistas, fisioterapeutas, bem como a realização de palestras e campanhas mensais para conscientização sobre doenças como DST, alcoolismo, drogas, tabagismo, entre outras. Em março de 2021, por exemplo, aconteceu a vacinação contra H1N1 entre os mais de 18 mil colaboradores no Brasil.

No âmbito da Saúde e Segurança do Trabalho a Marfrig realiza a gestão das áreas com instruções de trabalho, considerando os requisitos legais e os itens das normas internacionais de referência, como a OSHAS 18001. Cada unidade faz um levantamento específico de aspectos e impactos ambientais e de perigos e riscos intrínsecos às atividades, além de um programa de objetivos e metas visando à melhoria contínua do Sistema de Gestão Integrada.

Com este trabalho multidisciplinar da equipe de saúde ocupacional a empresa obteve o perfil populacional e epidemiológico de seus trabalhadores, o que possibilitou a tomada de decisões e a diminuição de níveis de absenteísmo, acidentes, internações hospitalares, custos previdenciários e trabalhistas.

Segundo Corrêa, a Marfrig é uma das empresas mais bem posicionadas em rankings globais de ESG, “reflexo de trabalho consistente e das diretrizes corporativas para lidar com possíveis impactos e riscos ambientais em segurança dos alimentos, assim como em saúde e segurança das operações”, declara.

Sobre a Marfrig

Essa produtora de carne bovina e hambúrguer emprega mais de 30 mil colaboradores, distribuídos em 32 unidades produtivas, processa e comercializa carne in natura, produtos processados, pratos prontos à base de carne bovina, produtos complementares e derivados de carne, além de couro para os mercados doméstico e internacional.