imagem google

Iniciativas Sustentáveis: Aché – Responsabilidade e Saúde


Indústria nacional é reconhecida por dedicação à saúde e bem-estar dos seus colaboradores

Imagem relacionada a matéria - Id: 1573520060

Por Karen Pegorari Silveira

De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), cerca de 45% da população mundial e cerca de 58% da população acima de 10 anos de idade faz parte da força de trabalho. O trabalho desta população sustenta a base econômica e material das sociedades que por outro lado são dependentes da sua capacidade de trabalho. Desta forma, a saúde do trabalhador e a saúde ocupacional são pré-requisitos cruciais para a produtividade e são de suma importância para o desenvolvimento socioeconômico e sustentável.

Sendo assim, organizações que investem em saúde organizacional têm probabilidade de ter retorno financeiro até três vezes maior do que aquelas que não adotam as mesmas práticas, segundo estudos da Mckinsey.

Por isso diversas empresas investem na saúde e bem-estar dos seus colaboradores, como o Aché, ganhador da certificação-ouro, na categoria Grandes Empresas, do Prêmio Nacional de Qualidade de Vida (PNQV), promovido pela Associação Brasileira de Qualidade de Vida (ABQV).

Os projetos que levaram a farmacêutica a garantir o prêmio foram: Desafio Boa Forma, Campanha Antitabagismo, Corridas e campeonatos de futebol, além da inclusão de temas relacionados à saúde emocional nos Treinamentos de Gestão e Programas de Sucessão; e de saúde e qualidade de vida como parte da temática das reuniões em ambiente operacional. O projeto Cada Vida Vale Muito, que visa a integração das áreas de segurança, saúde e sustentabilidade nas atividades de conscientização e mudança comportamental também foi abordado.

Segundo Cristiane Arango, enfermeira e analista de benefícios do Aché, a empresa deseja se empenhar ainda mais em 2019, “oferecendo uma gestão de indicadores ainda mais integrada, com projetos direcionados de acordo com as tendências globais e continuando sua contribuição aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, criados pela ONU”, diz.

Além do estímulo à saúde dos colaboradores, a empresa contribui com a saúde da população, por meio da Política de Doação de Medicamentos Aché, destinando mais de 12 mil unidades de medicamentos à Instituição Amigos do Bem, que beneficiou mais de nove mil pessoas de 115 povoados de Pernambuco, Ceará e Alagoas. Outras duas mil unidades de medicamentos foram encaminhadas ao Instituto Floravida, parceiro do Aché, que realiza o projeto Mais Saúde, de prevenção e combate a doenças, no município de Parnaíba, no Piauí.

Outras iniciativas de Responsabilidade Social também estão na atuação da empresa, como as ações de voluntariado, em que colaboradores reservam algumas horas para ministrar aulas aos atuais aprendizes do Aché sobre atendimento ao cliente, técnicas de venda e como se tornar um consultor em dermocosméticos, entre outros tópicos.

Investimento Social Privado também faz parte do escopo de atuação responsável da empresa, com aportes para projetos de instituições como o Hospital do Amor, de Barretos (SP); Pelo Direito à Vida, do Complexo Pequeno Príncipe, em Curitiba (PR); e Música nos Hospitais, da Associação Paulista de Medicina. No ano de 2018 foram investidos R$ 12,3 milhões, aumento de 8% em comparação com 2017, quando o volume correspondeu a R$ 11,7 milhões. Ações de filantropia, organizadas pelas equipes de Forças de Geração de Demanda e Vendas, arrecadam alimentos, brinquedos e outros itens para levar às casas de acolhimento de crianças e idosos.

Para a gerente de Comunicação e Responsabilidade Social, Marcia Tedesco Dal Secco, “o Aché se preocupa em promover saúde e bem-estar aos seus colaboradores e à sociedade desde a sua fundação. Temos orgulho em desenvolver projetos de responsabilidade social em diversas frentes como educação, cultura e esporte, levando mais vida às pessoas onde quer que elas estejam”, diz.

Sobre o Aché

Aché é uma empresa 100% brasileira, que emprega 4.700 colaboradores, com 52 anos de atuação no mercado farmacêutico e três complexos industriais: em Guarulhos (SP), São Paulo (SP) e Londrina (PR).