imagem google

REUNIÃO DO CONSELHO SUPERIOR DE RESPONSABILIDADE SOCIAL: SEGURANÇA ALIMENTAR NA PRIMEIRA INFÂNCIA


Imagem relacionada a matéria - Id: 1642633800

INSCREVA-SE PARA ASSISTIR À LIVE

Levantamento feito pelo Instituto de Estudos Latino-Americanos da Freie Universität Berlin aponta que a insegurança alimentar atinge cerca de 60% dos domicílios brasileiros. Pesquisas feitas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vão além e mostram que a pandemia de Covid-19 colocou o Brasil de volta ao mapa da fome no mundo. Cerca de 19 milhões de pessoas passam fome e 119 milhões estão em situação de insegurança alimentar. A desnutrição e a fome são especialmente danosas para os pequenos. Crianças em situação de insegurança alimentar têm seu desenvolvimento e suas perspectivas de futuro prejudicadas.

Você é o nosso convidado para discutir os impactos da insegurança alimentar na primeira infância e os esforços que sociedade civil e indústria podem empreender para combater este problema. Não deixe de acompanhar a live.

 

Programação

9:00h – 9:20h ABERTURA

Paulo Skaf Presidente da FIESP

Raul Cutait Presidente do CONSOCIAL – FIESP

Grácia Fragalá Vice-Presidente do CONSOCIAL – FIESP


9:20h – 9:50h Impacto da insegurança alimentar para a Primeira Infância

Moderação Grácia Fragalá

Expositor Mauro Fisberg – Professor Associado da Escola Paulista de

Medicina – UNIFESP, CENDA- Centro de Excelência em Nutrição e

Dificuldades Alimentares do Instituto PENSI

 

9:50h – 10h O que a sociedade civil pode fazer

Moderação Raul Cutait, Presidente do CONSOCIAL

Participante Marcos Kisil, Conselheiro do CONSOCIL

 

10h – 10h45 Casos

Caso 1: ABRAS – Associação Brasileira de Supermercados

Apresentador Rodrigo Segurado – Vice-Presidente de Ativos Setoriais da ABRAS

A ABRAS, representante de um dos setores mais importantes para a sociedade, tem em

seu DNA todas as características que fazem do varejo alimentar um universo essencial. Sua missão é responder e trabalhar por um setor responsável por movimentar 7,5% do PIB nacional e por gerar renda para 3 milhões de pessoas que colaboram, de forma direta e indireta, com um ecossistema que atende 28 milhões de consumidores por dia. Atualmente está facilitando a criação de uma rede setorial da cadeia alimentar para que seja possível apoiar os Bancos de Alimentos (Food Banks) em todo o território nacional

 

Caso 2: SESI – Serviço Social da Indústria/SP

Apresentadora Fernanda Ribeiro Botelho dos Santos – Especialista em Nutrição

do SESI/SP Abordará a questão da alimentação saudável oferecida aos alunos das Escolas do Ensino Fundamental do Sesi no Estado de São Paulo.

Discussão

 10:45h – 11h ENCERRAMENTO