imagem google

IV Seminário de Telecomunicações



Imagem relacionada a matéria - Id: 1653331133

Imagem relacionada a matéria - Id: 1653331133

Objetivo

O IV Seminário de Telecomunicações terá como objetivo abordar os principais temas da atualidade e promover debates visando à expansão do setor e à melhoria da qualidade dos serviços de telecomunicações.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1653331133

Principais atrativos

Participação de palestrantes destacados no setor e presença de público especializado, empresários, setor acadêmico, concessionários, setor público, etc.

Escopo

Vivemos em uma sociedade informacional que, impulsionada por fatores como a difusão das redes sociais, a necessidade de informação on demand, a democratização do acesso, a convergência entre mídias e a ampliação da comunicação máquina a máquina, tende a depender cada vez mais dos serviços de telecomunicações e tecnologia da informação.

A vertiginosa evolução das chamadas TIC requer, além do aporte de investimentos, a antecipação dos setores público e privado na discussão sobre sua regulamentação coerente e na criação de políticas que visem ao favorecimento do seu desenvolvimento e à universalização, promovendo a competitividade da indústria tanto como usuária dessas tecnologias, como fornecedora de bens e serviços nas mais diversas fases de sua cadeia de desenvolvimento.

Serão discutidas questões como governança, neutralidade e segurança no uso de redes e serviços; implantação da 4G no Brasil; padronização técnica de produtos e serviços; compartilhamento de postes e redes; incremento da competitividade; ampliação da infraestrutura; relação entre urbanismo, meio ambiente e tecnologias; redução da carga tributária; contingenciamento dos fundos setoriais e regulamentação do setor e da atuação de seus players nos âmbitos municipal, estadual, federal e internacional.

O mundo interconectado exige cooperação e reflexão em todos os níveis da sociedade, visando aos aperfeiçoamentos normativo, econômico e institucional do Setor de Telecomunicações.

A FIESP, com o intuito de contribuir para esse avanço, reunirá, em seu IV Seminário de Telecomunicações, os principais players – operadoras e indústria –, os formuladores de políticas e os representantes da sociedade civil, para a discussão das necessidades, dos princípios e das metas necessárias ao desenvolvimento do setor.

Formato

Painéis com debatedores e moderador, nos quais serão discutidos os principais temas e cenários do mercado de telecomunicações.

Público-alvo

Autoridades, executivos de associações representativas do setor, representantes da sociedade civil e os principais players, indústria e operadoras.

Apoio de Mídia Tele.síntese

08h30

Abertura

10h40

Painel 1: Governança, segurança e neutralidade na internet

Coordenador: Carlos Fernando Ximenes Duprat, Diretor do Departamento de Infraestrutura da FIESP

Jarbas José Valente, Conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações- ANATEL
Eduardo Levy Cardoso Moreira, Presidente do Sinditelebrasil- Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal.
Renato Opie Blum, Professor coordenador do Programa de Legislação Digital na FGV, advogado e economista.
Demi Getschko, representante de notório saber em assuntos da Internet no Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br
Cássio Vecchiatti, representante da indústria no Comitê Gestor da Internet no Brasil. Diretor do DESEG- FIESP.

12h30

Intervalo para almoço

14h00

Painel 2: Novas tecnologias, desafios e oportunidades na implementação do serviço móvel

Coordenador: Gilson Rondinelli, Diretor do Departamento de Infraestrutura da FIESP

Maximiliano Salvadori Martinhão, Secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações.
Amadeu Castro Neto, representante da GSM Association no Brasil
Antonio Carlos Valente da Silva, presidente do grupo Telefonica no Brasil
Janilson Bezerra da Silva Júnior, Diretor de Inovação Técnica da TIM

15h50

Intervalo

16h10

Painel 3: Competitividade da Indústria Brasileira no Setor de Telecomunicações: desoneração tributária, incentivos à produção nacional

Coordenador: Paulo Gomes Castelo Branco, Diretor do Departamento de Infraestrutura da FIESP

Laerte Cleto, Gerente de Projetos do Departamento de Indústria, Ciência e Tecnologia do Ministério das Comunicações
Raul Antonio Del Fiol, membro do Grupo de Empresas Nacionais de Tecnologia – GENTE
Eduardo Araújo, Head da Nokia Siemens Network para a América Latina
Sérgio Quiroga, presidente da Ericsson para a América Latina
Wagner Ferreira, diretor comercial da Alcatel-Lucent

18h00

Encerramento

TEATRO DO SESI - Av. Paulista, 1313 - São Paulo, SP

Eduardo Araujo Presidente para a América Latina, Nokia Siemens Networks.
- Principal Executivo na região, responsável pelas operações da Nokia Siemens Networks na América Latina
- Antes de se juntar à Nokia Siemens Networks, Eduardo foi o Presidente para a América Latina da Ingram Micro Corporation

Eduardo Araujo começou sua carreira em 1981 na Asea Brown Boveri,e, posteriormente, ocupou diversos cargos em diversas funções como P&D, Marketing e Vendas, Desenvolvimento de Negócios e Alta Gestão. Esta rica e abrangente experiência foi conquistada em empresas de renome como AT&T/NCR, Peoplesoft, Compaq, EDS e Hewlett-Packard.
Eduardo é engenheiro elétrico formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo.
Renato Opice Blum Advogado e economista; Coordenador do MBA em Direito Eletrônico da EPD, Professor da FGV, USP (PECE), Mackenzie; Membro Convidado do Grupo de Cybercrime do Conselho da Europa; Presidente do Conselho de Tecnologia da Informação da Federação do Comércio/SP e do Comitê de Direito da Tecnologia da AMCHAM; Conselheiro da Comissão de Crimes de Alta Tecnologia da OAB/SP; Professor/ Palestrante Convidado dos Programas/Conferências Internacionais: Council of Europe; SEDONA; American Bar Association; International Technology Law Association; High Technology Crime Investigation Association; Information Systems Security Association; Internet Association of Privacy Professionals; Georgetown Law CLE; International Law Association and Inter-American Bar Association; TPI Aspen Forum. Raul Antônio Del Fiol Engenheiro de Eletrônica, formado pelo ITA-Instituto Tecnológico de Aeronáutica. Trabalhou no Sistema Telebrás durante 18 anos, em cargos de direção na TELEPAR, EMBRATEL e TELEBRÁS. Desde 1985, no Grupo PROMON, tem atuado em funções diretivas na Área de Telecomunicações. Atualmente é membro do Conselho de Administração da PROMON, Presidente do Conselho de Administração da TRÓPICO, membro do Conselho Consultivo da ABINEE e do Conselho de Administração da TELEBRASIL. Jarbas José Valente Engenheiro eletrônico e de telecomunicações graduado pela Universidade de Brasília. Especialista em análise de sistemas, em comunicação de dados e em marketing de serviços, possui, ainda, os cursos - Convergence of Broadcasting and Telecommunications Regulation Course - University of Westminster - Londres - , de Regulação em Serviços Públicos de Telecomunicações - IBB/George Washington University School - Washington/USA - 2000 e de extensão em Práticas Anticoncorrenciais pela Fundação Getúlio Vargas/Brasília-DF. Iniciou sua carreira profissional em empresas privadas do setor de telecomunicações e, posteriormente, ocupou, dentre outros, a chefia da área comercial da Embratel em Brasília, a Presidência de Conselhos de Administração de diversas empresas do Sistema Telebrás e, no Ministério das Comunicações, as diretorias dos Departamentos de fiscalização e de Outorga de Serviços de Telecomunicações. Na Anatel, por três anos foi Superintendente de Serviços de Comunicação de Massa e, entre 2001 e o início de 2010, Superintendente de Serviços Privados. Desde então Membro do Conselho Diretor e, a partir de 16 de janeiro do corrente ano, também Vice-Presidente da Anatel. Wagner Ferreira Diretor Executivo na Alcatel-Lucent, atuando na área comercial e de relações governamentais. Com mais de 25 anos de atuação em telecomunicações , já tendo exercido funções executivas em empresas tais como SID Telecom, AT&T e Lucent. Graduou-se em 1984 em Engenharia Elétrica pela Escola de Engenharia Mauá e possui pós-graduação em administração pela Fundação Getúlio Vargas. Janilson Bezerra Engenheiro de Telecomunicações com mais de 15 anos de experiência no mercado, Janilson Bezerra é o diretor de Inovação Tecnológica da TIM Brasil. Desde 1999, no grupo Telecom Italia, ele atuou nas áreas de engenharia de Radio Frequência (RF), planejamento celular, planejamento de Rede e Inovação. Em 2001, assumiu a função de planejamento de rede de acesso no start-up da TIM São Paulo. Em 2003, ocupou a área de Tecnologia e Industrialização, no Rio de Janeiro. Em 2007, foi alçado a função de responsável por Inovação Tecnológica da TIM Brasil.

Ao longo de todo o período, Janilson Bezerra assumiu diferentes posições na organização, liderando diferentes projetos de tecnologia e inovação tecnológica. Hoje, como diretor de Inovação de REDE, ele suporta as ações estratégicas de transformação tecnológica, combinando competências nas áreas de tecnologia, finanças e inovação.
Laerte Davi Cleto Engenheiro Eletrônico e de Telecomunicações pela UFPR (1987) e Mestre em Ciência da Computação pela UFRGS (1990). Trabalhou por seis anos com desenvolvimento de sistemas de telecomunicações e depois como professor universitário.
Em 2007, ingressou na administração pública federal na carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, tendo sido designado para o Ministério das Comunicações, onde atua na formulação de políticas públicas para o desenvolvimento tecnológico e industrial do setor de telecomunicações no Brasil.
Demi Getschko Engenheiro eletricista formado pela Escola Politécnica da USP (1975), com mestrado (1980) e doutorado (1989) em Engenharia pela mesma instituição. Trabalhou no Centro de Computação Eletrônica (CCE) da USP (1971-1985) e no Centro de Processamento de Dados da FAPESP (1986-1996), nesse período foi coordenador de operações da RNP e participou do esforço da implantação de redes no país. Foi um dos responsáveis pela primeira conexão TCP/IP brasileira, que ocorreu em 1991, entre a FAPESP e a ESNet (Energy Sciences Network), nos Estados Unidos, por meio do Fermilab (Fermi National Accelerator Laboratory). Foi Diretor de Tecnologia da Agência Estado, empresa do Grupo Estado, em dois períodos: entre 1996 e 2000, e novamente entre 2002 e 2005. Foi Vice-Presidente de Tecnologia do IG entre 2000 e 2001. Foi, ainda, professor da Escola Politécnica da USP, e hoje é Professor Associado da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, onde leciona Arquitetura de Computadores e onde também coordena o laboratório da camada 2 do Projeto KyaTera. Atuou como membro da diretoria da ICANN (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers) pela ccNSO (Country Code Names Support Organization), eleito para o período de 2005-2007, e reeleito para 2007-2009. É Conselheiro do CGI.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil) desde 1995 e Diretor-Presidente do NIC.br (Núcleo de Informação e Coordenação) desde 2006. Antônio Carlos Valente da Silva Graduado em Engenharia Elétrica e pós-graduado em Administração e Negócios pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ).
Iniciou sua carreira no Sistema Telebrás, onde ocupou diversos cargos, como o de gerente do Departamento de Planejamento Técnico da Telebrás e da Telerj. Foi membro, entre 1997 e 2004, do Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), da qual também foi vice-presidente. Atuou como Assessor Especial do Ministro das Comunicações (1997) e foi também membro das comissões de avaliação da União Internacional de Telecomunicações (UIT).
Em novembro de 2004, assumiu a presidência do Grupo Telefônica no Peru. Desde janeiro de 2007, é o presidente do Grupo Telefônica no Brasil e da Telefônica São Paulo (Telecomunicações de São Paulo S.A. - Telesp). Em maio de 2011, passou a ser também o presidente da Vivo Participações, empresa incorporada pela Telesp, como sua subsidiária integral.
Preside também a Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) e o SindTelelebrasil, respectivamente associação civil e sindicato que reúnem as empresas de telecomunicações brasileiras. Em abril de 2011, assumiu também a presidência da Câmara Espanhola de Comércio no Brasil.
Maximiliano Salvadori Martinhão Secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações desde junho de 2011, éÉ Engenheiro de Telecomunicações formado pelo Instituto Nacional de Telecomunicações – INATEL, de Santa Rita do Sapucaí – MG, Mestre em Gerência de Telecomunicações pela Universidade de Strathclyde no Reino Unido. Advogado formado no Instituto de Educação Superior de Brasília – IESB.

Exerceu, antes de chegar ao Ministério, o cargo de Gerente Geral de Certificação e Engenharia do Espectro da ANATEL, tendo ocupado outras posições Gerenciais e de Assessoria na Agência. Atuou como Engenheiro de Planejamento do Sistema TELEBRÁS.

Foi representante da Administração Brasileira em diversos fóruns nacionais e internacionais de telecomunicações.
Cassio Jordão Motta Vecchiatti Diretor do Departamento de Segurança – DESEG, Pioneiro e especialista em Tecnologia da Informação, Cassio Vecchiatti também atua como Consultor de Empresas nesta área e em Metalurgia de Aços Especiais. É Sócio e Diretor da Edem - Fundição de Aços Especiais e Sócio Diretor da DataCast Assessoria Ltda.
Tem formação em Eletrônica; Tecnologia da Informação e em Fundição de Aços Inoxidáveis -refratários de especiais - tendo atuado mais de quarenta anos na área.
Foi fundador e Diretor Presidente da Abranet – Associação Brasileira de Provedores de Acesso e Informação da Internet, Presidente do Conselho de qualidade da Fundação Vanzolini, Diretor da ISOC Brasil (Capítulo brasileiro da Internet Society – isoc.org.br), é membro do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) representando o segmento Empresarial Usuário, membro da Comissão Fiscal do LACNIC (Registro de Endereços da Internet para a América Latina e o Caribe,lacnic.net ), membro da Comissão Fiscal do NIC BR (Nucleo de Informação e coordenação do ponto BR (nic.br), e foi também Conselheiro do Instituto de Pesquisas Tecnológicas - IPT. Atualmente é Diretor do Departamento de Segurança – DESEG, da FIESP, com foco na segurança da Internet e segurança eletrônica e Diretor do Departamento de Competitividade e Tecnologia da FIESP. Implantou em 1996, o uso da Internet, após ter orientado a instalação da rede corporativa, mudando o conceito de comunicação e criando paradigmas para as quarenta e duas Diretorias Regionais do CIESP, para os Sindicatos Patronais e para as empresas associadas. Este projeto foi incorporado no Governo do Estado de São Paulo e na Secretaria de Segurança - que funciona até hoje - devido a sua eficácia.
Amadeu Castro Diretor responsável pela representação da GSMA no Brasil, incluindo o estabelecimento do escritório nacional da Associação. Na última década Amadeu tem atuado como consultor de diversas empresas do setor de telecomunicações em assuntos de políticas e estratégias regulatória. Neste mesmo período foi CEO da Associação Nacional dos Operadores Celulares – Acel – e representante do Senado Federal no Conselho Consultivo da Anatel. Em período anterior exerceu, na Anatel, os cargos de Superintendente de Radiofrequência e Fiscalização, Superintendente Executivo e Conselheiro Substituto. Anteriormente a Anatel foi, no Ministério das Comunicações, Diretor do Departamento de Planejamento e Engenharia, tendo sido o chefe alterno das delegações brasileiras nas Conferencias Mundiais de Radio da UIT em 95 e 97. Na CITEL, da OEA, foi vice chairman da CCP III, Radiocomunicações. Amadeu é graduado em Engenheira Eletrônica pela Universidade de Brasília.