imagem google

Fórum Anual 2022 – Aliança dos Bancos Subnacionais de Desenvolvimento da América Latina e do Caribe


INSCREVA-SE AQUI

Financiando da transição climática urbana na        América Latina e no Caribe: o papel dos Bancos Subnacionais de Desenvolvimento”


8h00 – Recepção, Credenciamento e Café de Boas-Vindas


9h00 às 9h30Abertura


  • Sylvio Gomide, Diretor Titular do Departamento da Micro, Pequena, Média Indústria e Acelera Fiesp
  • Nelson Pereira dos Reis, Diretor Titular do Departamento de Desenvolvimento Sustentável
  • Sergio Gusmão Suchodolski, Presidente da Desenvolve SP
  • Jorge Arbache, Vice Presidente Setor Privado da CAF – Development Bank of Latin America
  • Antonio Imbassahy, Presidente da Investe São Paulo
  • Émilie Maehara, Diretora Executiva Adjunta, The Global Fund for Cities Development – FMDV

 

9h30 às 10h00Contextualização de Abertura:


Palestrantes:

  • Luciano Coutinho, Presidente do Conselho Superior da Micro, Pequena e Média Indústria da Fiesp
  • Isabelle de Roldão, Vice-Prefeita de Recife

 

10h00 às 10h45 – Sessão de alto nível com Presidentes de Bancos Subnacionais de Desenvolvimento: Financiar a transição climática urbana: reforçando a cooperação multinível dos Bancos Públicos de Desenvolvimento e o papel dos bancos subnacionais de desenvolvimento na última milha

 

Moderador: Jorge Arbache, Vice Presidente Setor Privado da CAF – Development Bank of Latin America

 

Participações:

  • Sergio Gusmão Suchodolski, Presidente da Desenvolve SP
  • Jeanette Lontra, Presidente da ABDE – Associação Brasileira de Desenvolvimento e Diretora-Presidente do BADESUL Desenvolvimento – Agência de Fomento/RS
  • Emiliano Fernandez, Membro do Conselho de Administração da Agencia Financiera de Desarrollo (AFD) Paraguay
  • Munir Abud de Oliveira, Diretor Presidente do BANDES – Banco de Desenvolvimento do Estado do Espírito Santo
  • Martha Zacarias, Membro do Conselho de Administração do Banco Nacional de Fomento (BnF) Paraguay
  • Eduardo Pinho Moreira, Diretor Financeiro do BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul
  • Jair de Oliveira Marques, Diretor Presidente da Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso S/A – DESENVOLVE MT
  • Heraldo Alves das Neves, Diretor Presidente da Fomento Paraná
  • Edivane Vilar de Souza, Diretora Presidente da Agência de Fomento do Rio Grande do Norte
  • Edgardo Alvarez, Secretário Executivo, ALIDE – Associácion Latinoamericana de Instituciones Financieras para el Desarollo

 

10h45 às 11h00 – Coffee Break

 

11h00 às 12h00Sessão 1 – Mobilização de recursos e acesso ao financiamento internacional do clima para os Bancos Subnacionais


Objetivo: Como os SDBs podem reforçar seu acesso ao financiamento climático internacional para aumentar seus investimentos climáticos subnacionais?

  • Tornar-se uma entidade credenciada dos Fundos Climáticos;
  • Fomentar parcerias estratégicas com DFIs para acesso a financiamento misto ou fundos de subsídios
  • Criação de fundos dedicados a investimentos climáticos subnacionais

Moderador:  Katia Fenyves, Especialistas em Finanças Climáticas EUROCLIMA +, AFD


Debatedores:

  • Edgardo Alvarez, Secretário Executivo, ALIDE – Associácion Latinoamericana de Instituciones Financieras para el Desarollo
  • Luciana Cardoso, Equipe de Programas, Rede de Cidades Resilientes
  • Jaily Gomes, Diretora de Desenvolvimento Financeiro da CAF – Development Bank of Latin América

  • Carlos Leiria Pinto, Country Manager, IFC Brasil – International Finance Corporation World Bank Group
  • Eduardo Pinho Moreira, Diretor Financeiro do BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul

 

12h00 às 13h00Sessão 2 – Alinhamento das normas, padrões, ferramentas e procedimentos dos SDBs com os objetivos do Acordo de Paris

Objetivo: Como os Bancos Subnacionais podem aumentar seu impacto climático através do alinhamento de seus padrões, normas, ferramentas e procedimentos com os objetivos do Acordo de Paris?

  • Considerações sobre a mudança climática nas estratégias, objetivos e organização dos bancos multilaterais de desenvolvimento e alinhá-los com os NDCs;
  • Desenvolver normas comuns, padrões, ferramentas de rastreio para alcançar, avaliar e alavancar projetos climáticos, mecanismos de informação, coleta de dados (incluindo definições comuns de investimentos em mitigação, adaptação e resiliência);
  • Monitoramento, relatórios e acompanhamento de projetos e investimentos climáticos locais.

Moderador:  Eduardo Sierra González, Especialista sênior em mercados financeiros do BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento no Brasil

 

Debatedores:


  • Jeanette Lontra, Presidente da ABDE – Associação Brasileira de Desenvolvimento e Diretora-Presidente do BADESUL Desenvolvimento – Agência de Fomento/RS
  • Jair de Oliveira Marques, Diretor Presidente da Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso S/A – Desenvolve MT
  • Laura Albuquerque, Gerente Técnica da Waycarbon
  • Henrique Evers, Gerente de Desenvolvimento Urbano da World Resources Institute – WRI Brasil
  • Maristela Baioni, Representante Assistente Residente do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD
  • Katia Fenyves, Especialistas em Finanças Climáticas EUROCLIMA +, AFD

 

13h00 às 14h30Almoço Livre

 

14h00 às 16h00Sessão 3 – Reforçando as capacidades dos Bancos Subnacionais de Desenvolvimento e dos governos locais e regionais para estruturar as carteiras de investimentos climáticos

Objetivo:  Como os Bancos Subnacionais de Desenvolvimento podem apoiar a estruturação de pipelines de projetos e investimentos climáticos urbano local:

  • Alinhando as contribuições nacionais determinadas (NDCs) com as políticas urbanas locais e de investimento (integração vertical das políticas climáticas): avaliando as necessidades de investimento subnacional (abordagem bottom up) e tradução dos NDCs em um plano de investimento plurianual em nível nacional e subnacional (abordagem top down);
  • Apoiando os governos locais e regionais no reforço de suas capacidades institucionais, sua solvência e sua posição financeira para aumentar seu acesso a diversas fontes de financiamento para projetos de infraestrutura inteligentes do ponto de vista climático;
  • Desenvolvendo uma plataforma de diálogo e de facilitação para preparação de projetos, bem como assistência técnica hospedada nos SDBs para transformar a programação de infraestrutura verde do município em projetos financiáveis e plano de investimento plurianual;
  • Foco na adaptação climática: estruturação de pipelines de projetos combinando objetivos de mitigação e adaptação, soluções baseadas na natureza, modelos econômicos e financeiros inovadores (mercados locais de carbono, economia de energia e custos de danos evitados, mecanismos de agregação técnica e financeira).


Moderador:  Jorge Velarde, Diretor de Investimento de Imapcto da CAF – Development Bank of Latin America


Debatedores:

  • Emanuela Monteiro, Especialista Sénior em Desenvolvimento Urbano do Banco Mundial
  • Cinthia Bechelaine, Superintendente de Sustentabilidade e Impacto da Desenvolve SP
  • Gustavo Ribeiro, Diretor de Projeto Brasil da Felicity da Giz – Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ)
  • Émilie Maehara, Diretora Executiva Adjunta, The Global Fund for Cities Development – FMDV
  • Rolf Bateman, Coordenador de engajamento da Under2Coalition
  • Rodrigo Perpétuo, Secretário Executivo da ICLEI América do Sul – Governos Locais pela Sustentabilidade

 

 

16h00 às 16h05 – Encerramento e comentários finais sobre o financiamento da transição climática urbana

  • Sergio Gusmão Suchodolski, Presidente da Desenvolve SP