Fiesp e Basf assinam compromisso para implantar Programa ‘Meu Novo Mundo’

Juan Saavedra, Agência Indusnet Fiesp

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) deu um importante passo para a evolução do programa “Meu Novo Mundo”, iniciativa em parceria com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em São Paulo (SRTE-SP) que tem a finalidade de preparar pessoas com deficiência (PCDs) para a efetiva inclusão no mercado de trabalho.

Em cerimônia na tarde desta terça-feira (28/10), a entidade assinou com a Basf um termo de cooperação em que a multinacional de origem alemã adere ao programa. Além de São Paulo, a Basf vai implementar o programa em suas unidades de São Bernardo do Campo e de Guaratinguetá. As atividades começam em dezembro de 2014.

Fiesp e Basf assinam acordo de cooperação para inclusão de pessoas com deficiência. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

O “Meu Novo Mundo” proporciona a PCDs o acesso à profissionalização por intermédio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) e, com apoio do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), trabalhar autoestima e habilidades intelectuais e corporais.

Na avaliação de Thomas Reineke, vice-presidente de Recursos Humanos da Basf para a América do Sul, o termo de compromisso representa um esforço da companhia, da Fiesp e do Ministério Público para fomentar a inclusão social de PCDs.

“A Basf tem um compromisso com a diversidade. Pessoas com deficiência fazem parte desse conceito e via esse programa conseguimos combinar essa ideia de fomentar a diversidade com a inclusão social, disse Reineke, que vê nesse projeto um piloto, com possibilidade de expansão para outras unidades produtivas da Basf do Brasil.

Thomas Reineke, João Guilherme Sabino Ometto e Sylvio de Barros. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

De acordo com o 2º vice-presidente da Fiesp, João Guilherme Sabino Ometto, a adesão demonstra a visão empresarial da Basf e serve como estímulo para que outras empresas de todos os portes possam ingressar no programa.

“Ela realmente é pioneira, está abrindo caminhos. E isso é muito bom ser divulgado. O programa é muito importante e mostra o nosso trabalho de inclusão. Tenho certeza que vai dar grandes resultados. Não é apenas com leis que se regulam as coisas, mas com boa vontade, tecnologia, inovação, para que as pessoas que estão começando a entrar no mercado de trabalho sejam respeitados e possam ter uma integração com a sociedade.”

Guilherme Bara, gerente de Diversidade e Inclusão da Basf para a América, disse que para a Basf é um privilégio participar do programa. “Isso complementa as nossas ações. Hoje temos mais de 140 pessoas com deficiência trabalhando na Basf em diversos cargos, desde o assistente até um vice-presidente. E trabalhar essa parceria com a Fiesp – onde a gente consegue fazer o que chamamos de inclusão 360 graus, com inclusão no trabalho, na cultura, no esporte – vem ao encontro do nosso desejo para contribuir para uma sociedade mais inclusiva.”

Para o diretor titular do Departamento de Ação Regional (Depar) da Fiesp, Sylvio de Barros, a adesão de uma companhia com a Basf é uma mensagem importante para todas as demais. “Era preciso assinar o termo com uma empresa que trouxesse uma segurança para o mercado. É uma empresa multinacional, que estudou todos os instrumentos jurídicos. É uma empresa que entendeu que tem uma segurança jurídica entrando no programa.”

Para Guilherme Bara, gerente de Diversidade e Inclusão da Basf para a América, é um privilégio participar do programa. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

De acordo com Sylvio de Barros, a assinatura é importante também porque o primeiro mês de inscrições revelou um surpreendente interesse de PCDs. “Temos muito mais candidatos do que empresas estruturadas para participar”, explicou o diretor, revelando que a expectativa do programa até o final de 2015 é de atingir 10.000 participantes contratados por intermédio do programa.

“O próximo passo é difundir esse programa para que a gente não frustre as 380 pessoas que estão aguardando uma oportunidade.”

Também participaram da assinatura do termo de compromisso o gerente de Assistência a Empresa e a Comunidade do Senai-SP, Celso Taborda Kopp, e o diretor de Educação e Cultura do Sesi-SP, Fernando Carvalho.