Sesi-SP disputa terceira colocação no Campeonato Mundial de Clubes

Rodrigo Marinheiro, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540281596

Murilo fura bloqueio triplo do time polonês

O Sesi-SP disputará a medalha de bronze no Campeonato Mundial de Clubes, em Doha, no Qatar, nesta sexta-feira (14).

Atual campeão brasileiro e sul-americano, o time da indústria foi derrotado, nesta quinta-feira (13), pelo Jastrzebski, da Polônia por 3 sets a 2. Parciais: 23 a 25, 25 a 18, 25 a 19, 13 a 25 e 13 a 15, em 1h55 minutos de jogo, no Ginásio Arpira Dome de Doha.

O destaque do jogo foi o oposto Wallace, que anotou 25 pontos (1 de saque e 24 em ataques). O bloqueador mais eficiente do time da indústria foi o levantador Sandro, com 4 pontos neste fundamento.

O time do Sesi-SP volta à quadra nesta sexta-feira (14), às 9 horas. O jogo será contra o perdedor da partida entre o favorito Trentino Diatec, da Itália, e o Zenit Kazan, da Rússia.

Apesar da derrota o presidente do Sesi-SP, Paulo Skaf, enalteceu a vontade dos atletas do time da indústria paulista. “Nossa equipe jogou bem e não seria injustiça se a vitória fosse nossa. Mas é possível tirarmos boas lições de partidas como a de hoje. O exemplo de perseverança que estes atletas dão aos alunos do Sesi-SP, aos amantes do voleibol e a todos os brasileiros, é algo notável”, disse Skaf.

Em apenas três anos de vida, o Sesi-SP realizou um feito muito importante para o vôlei nacional. Desde 1991 uma equipe brasileira não disputava uma semifinal do Mundial de Clubes. Na ocasião, o Frangosul terminou a competição na quarta colocação.

Leia mais:

Acompanhe as notícias do Sesi Esporte