Senai-SP promove workshop dedicado a profissionais de pesquisa e desenvolvimento em moda

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Empresários e profissionais do segmento têxtil, do vestuário, de couro e calçados participaram nesta terça-feira (21/08) do primeiro dia do “Workshop de Interpretação de Tendências Inverno 2013”, iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) em sua unidade Francisco Matarazzo (Brás, zona leste de São Paulo).

O evento tem a finalidade de apresentar novas tendências do mercado internacional de moda aplicadas ao processo de criação e desenvolvimento de novas coleções de micro e pequenas confecções paulista.

Entre as novidades estão o mix de textura, a criação de calças de alfaiataria com mote esportivo, peças com ombro deslocado, casacos volumosos (linha A) e, para as mulheres, o uso da cintura afunilada  com o quadril em evidência.

Durante o encontro, os participantes receberam um exemplar do livro de moda Apontamento, Inspirações e Memórias, da Senai-SP Editora, que apresenta as tendências para a temporada outono/inverno 2013.

Com estas informações, os alunos participaram de uma dinâmica sensorial, para estimular a criatividade e, também, iniciaram o projeto de uma minicoleção de roupas específicas para o público alvo das suas empresas.

Conhecimento prático

De acordo com o técnico de ensino da unidade do Senai Francisco Matarazzo, Anderson Juarez Cunha, o novo formato do workshop permite que os alunos adquiram o conhecimento prático. “Antigamente, nós difundíamos apenas a ideia do design. Hoje apresentamos uma coisa real, que permite que o aluno saia no final do curso com um produto o mais próximo possível das necessidades do mercado”, diz Juarez Cunha.

As mudanças realizadas no conteúdo do caderno de tendências do Senai-SP visam atender a necessidades reais dos empresários do mercado de moda, segundo Alessandra Lanzeloti, designer da unidade do Senai Engenheiro Adriano José Marchini e coordenadora do grupo de pesquisa e desenvolvimento do livro de moda.

“O principal ponto que a gente frisou é que o material precisa ser utilizável, não é para largar o livro e deixar encostado. A empresa pode utilizar as informações deste material nas suas coleções definindo o DNA da empresa. Esta era outra preocupação nossa de implementar o design, com essa visão de não vamos copiar. Cada empresa precisa pensar que é possível ter um DNA próprio, seguir o seu próprio caminho, mesmo que seja uma empresa pequena”, afirma Alessandra Lanzeloti.

Continuando a programação, às 20h desta terça-feira (21/08) acontece o lançamento oficial do livro de moda Apontamento, Inspirações e Memórias, da Senai-SP Editora, seguido de uma palestra para cerca de 400 pessoas, entre estudantes e profissionais da área de moda, no auditório da Escola Senai Francisco Matarazzo, localizada  na rua Correia de Andrade, 232, Brás, na capital.