Em workshop na Fiesp, presidente de empresa de logística fala sobre gestão avançada de performance

Dicas de gestão de Gennaro Oddone– obrigação de planejar
– necessidade de distribuir e organizar o trabalho
– necessidade de monitorar as pessoas
para controlar resultados
– comprometimento no modelo de gestão/direção
– alinhamento de interesses entre diretoria e
acionistas
– divulgar resultados, estratégias e objetivos
– comunicar com clareza
– priorizar a formação de um time
– ter pessoas apaixonadas e definidas
– atribuir responsabilidades
– praticar a tolerância
– focar nos processos, criar e analisar cenários
alternativos
– comemorar resultados com a equipe

Patrícia Ribeiro, Agência Indusnet Fiesp

“Mais do que o salário, você sente que a empresa faz algum sentido para sua vida?” A pergunta foi feita pelo presidente da Tegma Gestão Logística S/A, Gennaro Oddone, aos participantes do workshop “Gestão Avançada de Performance – da estratégia à execução”. O encontro, realizado nesta quinta-feira (7/4), foi promovido pelo Comitê de Jovens Empreendedores (CJE) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

À frente da presidência da Tegma desde 2003, Gennaro conta que quando assumiu teve como desafios o desenvolvimento da estratégia, gestão de cultura e competências pessoais. Ele lembra que à época, a empresa comprou uma concorrente e, como em toda junção de empresas, a maior preocupação foi o destino dos funcionários. “Mexer na estrutura é inevitável. É fundamental falar com transparência das possíveis demissões”, exemplificou.

Segundo ele, não seria nada inteligente despedir somente o lado da empresa adquirida. “É preciso avaliar, e com muita estratégia, as competências de cada colaborador. Não podemos conduzir as ações de forma simplista”, enfatiza.

Para o especialista em gestão, o mais importante em uma empresa é o processo de desenvolvimento organizacional, que envolve pessoas, clientes, fornecedores e qualidade. Sendo assim, ele traz boas dicas de como elaborar um bom plano de execução.

Ele traz como experiência que aprender com os erros para tomar medidas corretivas é um caminho a não se perder de vista. “É nosso papel como líder identificar problemas para as pessoas resolverem, manter a cultura e inspirar a equipe.”

Por fim, Gennaro apresentou premissas básicas (veja quadro acima) para praticar de forma positiva a gestão.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540034331

Workshop do CJE "Gestão Avançada de Performance – da estratégia à execução". Foto: Rubens Terzella/Fiesp