Fiesp recebe delegação de empresários do Paquistão

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp

Nesta segunda-feira (17/03), cerca de 20 empresários do Paquistão estiveram na Federação das Indústria do Estado de São Paulo (Fiesp) com o objetivo de apresentar a economia de seu país e buscar oportunidades de negócios com o Brasil. “É uma honra receber, pela primeira vez, uma delegação do Paquistão na Fiesp”, afirmou o diretor titular adjunto do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior (Derex) da Fiesp, Antonio Fernando Guimarães Bessa.

O coordenador geral de comércio do Paquistão em São Paulo, Syed Hussain, acredita que os dois países têm muito potencial para fazer negócios em que ambos se beneficiem. “Minha visão do comércio internacional é quando dois países criam uma sinergia e colaboram um com o outro”, afirmou o paquistanês, que agradeceu a recepção da Fiesp. “Viemos para o Brasil para procurar oportunidades de fazer isso, comprando, vendendo ou investindo.”

Hussain: destaques para produção de papel, tecidos e materiais esportivos no Paquistão. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Hussain: destaques para produção de papel, tecidos e materiais esportivos no Paquistão. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Hussain falou sobre a economia do país e destacou a produção de papel, tecidos e materiais esportivos, em especial para o futebol, feita no Paquistão. Em seguida, Bessa também apresentou dados da economia brasileira e, em especial, da indústria paulista.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) foi um dos temas do encontro. Com o sistema de ensino já “exportado” para países de língua portuguesa, como Moçambique e Guiné-Bissau, além de também já estar na África do Sul e na Nigéria, a Fiesp ofereceu a parceria na área de ensino profissional aos empresários paquistaneses.

O encontro com os empresários do Paquistão: mais ações conjuntas. Foto: Everton Amaro/Fiesp

O encontro com os empresários do Paquistão: mais ações conjuntas. Foto: Everton Amaro/Fiesp


Jamil Ahmad, presidente da delegação, apresentou uma série de propostas da parceria com a Fiesp, que foram recebidas por Bessa, para encaminhamento ao Conselho Deliberativo da instituição. Entre as ideias, está a promoção de encontros e eventos entre empresários brasileiros e paquistaneses em diversas áreas.