Sesi-SP enfrenta Maringá Vôlei em casa pela quinta rodada do returno da Superliga

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

O time masculino do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) recebe neste sábado (17/01), às 21h30, o Ziober Maringá Vôlei pela quinta rodada do returno da Superliga 2014/15. Com 28 pontos e ocupando o quinto lugar na classificação geral, a equipe do técnico Marcos Pacheco entra em quadra com a missão de impedir que o adversário, sexto colocado com 23 pontos, se aproxime ainda mais na tabela. A partida será realizada na Vila Leopoldina e terá transmissão do Sportv.

Reconhecendo a boa fase do Maringá, Pacheco aproveitou a semana sem jogos para trabalhar tranquilamente em função de alguns fundamentos, como saque e bloqueio para garantir a vitória na partida e caminhar rumo a uma boa classificação para os playoffs.

“O Maringá vem de dois resultados muitos bons, ganhou do Minas fora e do Brasil Kirin em casa. O time vem embalado com as vitórias e são altamente competitivos, mas a gente acredita e vai lutar muito por essa vitória que é muito importante para a equipe. Além de manter o quinto lugar e buscar o quarto, o principal será ‘brecar’ uma aproximação muito perigosa do Maringá. O time está ciente e trabalhando para que o resultado positivo venha”.

No primeiro turno, o Sesi-SP foi para Maringá, entrou muito bem em quadra e saiu vencedor com o placar de 3 sets a 0. Apesar da distância de cinco pontos entre os dois times, além do técnico Marcos Pacheco, o ponta Lucarelli ressalta a importância de entrar bem para a partida e sair com a vitória.

“O Maringá é um time muito bom e está chegando bem perto da nossa pontuação. Será um jogo muito importante. No primeiro turno nós jogamos muito bem, o time sacou com precisão e o ataque foi uma das armas que facilitaram o decorrer da partida. Temos que voltar e ser assim. No último jogo nosso saque não teve efetividade, o bloqueio não funcionou muito bem e o ataque falhou bastante, então eu acho que para a partida deste sábado o time precisa entrar e jogar bem, não tem outra solução. É se esforçar nos treinos para o jogo ficar menos difícil”, finalizou Lucarelli, o segundo maior pontuador da Superliga com 221 acertos.

Serviço

Jogo: Sesi-SP x Ziober Maringá Vôlei | Superliga 2014-2015 Masculina
Data: 17/01 (sábado)
Horário: 21h30
Local: Ginásio da Vila Leopoldina, Rua Carlos Weber, 835 – Vila Leopoldina, São Paulo-SP
Entrada: gratuita (1 quilo de alimento não perecível por ingresso)

Sesi-SP é derrotado por time da UFJF pela Superliga masculina de vôlei

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544482388

Manius (camisa 13) ganhou o troféu Viva Vôlei. Foto: Lucilia Bortone/Sacandoovolei

Em jogo pela quarta rodada do returno da Superliga masculina de vôlei, a equipe do Serviço Social da Indústria de São Paulo acabou derrotada na noite de sábado (10/01), no ginásio da Faefid, em Juiz de Fora (MG), pela UFJF. Os donos da casa bateram a equipe do Sesi-SP por 3 sets a 2 (25/20, 20/25, 25/22, 21/25 e 15/12), em 2h26.

Lucarelli, do Sesi-SP, foi o maior pontuador, com 23 pontos. Manius, da UFJF, ficou com o prêmio Viva Vôlei, dado ao melhor em quadra, em escolha feita pela comissão técnica da equipe vencedora.

O Sesi-SP, dirigido pelo técnico Marcos Pacheco, atuou com o levantador Marcelinho, o oposto Rafael, os ponteiros Maurício e Lucarelli, os centrais Riad e Lucão, além do líbero Serginho. Também entraram o levantador Thiaguinho, o oposto Theo, o ponteiro Murilo e o central Aracaju.

A UFJF foi escalada com o levantador Rodrigo Ribeiro, o oposto Bergamo, os centrais Ialisson e Guinter, os ponteiros Manius e Sérgio, além do líbero Fábio Paes. Também jogaram o levantador Gelli, o oposto Alemão, o central Ninão e o líbero Tatinho.

No primeiro turno, o Sesi-SP vencera o adversário  por 3 sets a 0.

Em quinto lugar na tabela de classificação, com 28 pontos, o Sesi-SP recebe a equipe do Ziober Maringá Vôlei na noite de sábado (17/01), às 21h30, no ginásio da Vila Leopoldina, na zona oeste de São Paulo. A entrada é gratuita.

Sesi-SP controla Maringá e vence na Superliga Masculina

Lucas Dantas, Agência Indusnet Fiesp

Usando bem as pontas, o time de vôlei masculino do Serviço Social da indústria de São Paulo (Sesi-SP) venceu na tarde de sábado (15/11) o Ziober Maringá no ginásio Chico Neto, pelo placar de 3 sets a 0 (25/18, 28/26 e 25/17).

O levantador Marcelinho levou o troféu Viva Vôlei pela grande atuação. Lucarelli e Theo dividiram a “artilharia” , cada um com 17 pontos. O próximo confronto será no sábado (22/11), às 21h, contra o Canoas, no ginásio La Salle.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544482388

O levantador Marcelinho com o troféu Viva Vôlei e o líbero Serginho comemoram vitória. Foto: Divulgação

Para o técnico Marcos Pacheco, a equipe soube transformar um jogo que seria complicado em uma partida ideal para o esquema fluir.

“Fizemos um jogo muito bom. Tecnicamente muito bom, mesmo, com o time extremamente concentrado. O Maringá é um adversário bem complicado, mas a equipe entendeu a partida, jogou dentro do combinado e conseguimos a vitória”, disse Pacheco, que elogiou a partida de seus atacantes e também de Mauricio, cada vez mais entrosado com o time.

“Lucarelli e Theo fizerem uma ótima partida, mas dentro da estratégia traçada. A decisão do ponto deveria cair neles e eles foram competentes nisso. Mauricio também deu consistência no passe muito boa. No momento de dificuldade, ele diferencia. O passe dele é muito seguro. E para os atacantes jogarem bem, o passe precisa ser perfeito. O Marcelo fez um jogo espetacular, mas muito pelo passe do Mauricio”, completou o treinador.

Sem Riad, que sofreu um desconforto no abdômen e acabou vetado, o time jogou com o levantador Marcelinho, o oposto Theo, os centrais Aracaju e Lucão, os ponteiros Lucarelli e Mauricio, além do líbero Serginho. Entraram o levantador Thiaguinho e o oposto Rafael Araújo.

O jogo

Contra um ginásio que recebeu bom público, o Sesi-SP começou sacando bem, mas foi no ataque a principal arma. Theo virava praticamente tudo, ajudando a pontuar quando o bloqueio não funcionava. O time soube aproveitar os erros do Maringá na etapa (sete) para fechar os tempos técnicos em vantagem e a parcial em 25/18 em 26 minutos.

O segundo set foi bem mais disputado. Embora o Sesi-SP tenha liderado a pontuação nos tempos técnicos, após abrir 16/12, o time da casa, empurrado pela torcida, chegou a virar em 19/21 e até teve a oportunidade de fechar o set quando teve 23/24, mas o Sesi-SP virou e fechou em 28/26, em 35 minutos, abrindo 2 sets a 0.

O Maringá sentiu a derrota e voltou abalado. O Sesi-SP não tinha nada com isso e foi pontuando, abrindo boa gordura no segundo tempo técnico (16/08). Com o ataque fulminante e os erros dados pelos adversários, a equipe da Vila Leopoldina fechou a etapa em 25/17 em 27 minutos. Final, 3 sets a 0.

Vôlei: Sesi-SP apresenta o reforço de Mauricio Borges para a Superliga

Lucas Dantas, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544482388

Ponteiro Mauricio Borges estreia no time do Sesi-SP nesta quarta-feira (05/11). Foto: Lucas Dantas/Fiesp


O time de vôlei masculino do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) anuncia a chegada do ponteiro Maurício Borges para compor o elenco na disputa da Superliga 2014-2015 e demais competições na temporada.

O jogador chegou a ser contratado pelo Fakel (Rússia), mas o clube encontrou dificuldades para cumprir seus compromissos e acabou liberando todos os estrangeiros.

Com foco nos Jogos Olímpicos Rio-2016 e pensando em ficar próximo da seleção, além de se manter disputando uma competição de alto nível em um time de ponta, Maurício optou por voltar ao Brasil, descartando outras propostas para assinar com o Sesi-SP. Com a documentação liberada, o jogador já estreia nesta quarta-feira (05/11) contra o Funvic/Taubaté, pela terceira rodada da Superliga. Mauricio está bastante animado em fazer parte da equipe da Vila Leopoldina.

“Conversei com meus pais e estou muito feliz. É uma honra defender uma equipe do nível do Sesi-SP e uma responsabilidade muito grande. Conheço os jogadores aqui e tenho certeza de que vamos fazer um grande campeonato. É um time montado para ganhar títulos e vamos buscar”, disse o novo dono da camisa 7.

O técnico Marcos Pacheco comemorou a chegada do reforço e mesmo com pouco tempo de treino, já o preparou para o jogo desta quarta.

“O entrosamento é importante, mas ele joga muito bem, tem um passe muito bom e vai dar um ganho de qualidade ao time que é inegável.”

Para o gestor do Vôlei do Sesi-SP, José Montanaro, era uma oportunidade que não poderia ser desperdiçada.

“Maurício é um ótimo jogador, atleta da seleção brasileira, que teve um problema com o time na Rússia e quis voltar ao Brasil, para jogar a Superliga e se manter jogando em alto nível. Nós vimos uma oportunidade de incorporar o grande reforço que ele é, temos espaço na pontuação do time e tudo se encaixou. É um excelente reforço para a temporada.”

Ficha do atleta

Nome: Mauricio Borges Almeida Silva
Data de Nascimento: 04/02/1989, em Maceió (AL)
Altura: 2,00m
Peso: 99 kg
Posição: Ponta
Títulos pela Seleção Brasileira
Ouro na Liga Mundial 2010
Ouro na Copa dos Campeões 2013
Ouro no Pan-Americano 2011