Superliga: Sesi-SP dá o troco em Canoas e decide vaga nas semifinais em casa

Agência Indusnet Fiesp

Depois de perder o primeiro jogo, em casa, o Sesi-SP bateu o Canoas (RS) nesta quinta-feira (14/03), na casa do adversário, no ginásio Unilasalle, por 3 sets a 2 (25/23, 19/25, 25/23, 18/25 e 15/13) em confronto válido pela série melhor de três das quartas de final da Superliga masculina de vôlei 12/13.

O resultado empatou a série e forçou um terceiro jogo no próximo sábado (16/03), às 21h30, no ginásio Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), com transmissão do canal Sportv. O Sesi-SP tem vantagem de jogar em casa por ter ficado em melhor posição na tabela de classificação – foi o terceiro enquanto o time gaúcho ficou em sexto.

Sandro levanta para a finalização de Aracaju. Foto: Everton Amaro.

 

Em Canoas, destaque para Eder, autor do ponto final depois de 3h03 de jogo. O central fez 15 pontos e foi eleito o melhor da partida e saiu de quadra com o Troféu VivaVôlei. O oposto Bergamo, do Canoas, foi o maior pontuador da partida, com o total de 21 acertos. Lorena liderou a pontuação pelo Sesi-SP, seguido por Murilo, com 16. Cléber fez 13.

De acordo com o levantador Sandro, a equipe agora tem que aproveitar para descansar, de olho no jogo de sábado. “Hoje, a equipe mais uma vez mostrou que se supera. A molecada vem entrando e dando conta. Eder jogou demais. O pessoal do banco tem entrado e tem ajudado. Para sábado é mais uma guerra. E a gente está vivo.”

Eder fez o ponto que definiu o jogo. Foto: Everton Amaro.

O Sesi-SP de Giovane Gávio atuou com Sandro, Lorena, Eder, Aracaju, Murilo e Cléber. Serginho jogou de líbero. Entraram Everaldo, Mão, Ary, Tarcísio e Léo Mineiro.

O Canoas do técnico Paulão jogou com Jotinha, Bergamo, Gustavo, Salsa, Minuzzi e Dentinho. De líbero, Jeffe. Entraram Xanxa, Rafinha, Boskinho e Enoch.

O jogo

O Sesi-SP foi para a primeira parda técnica em desvantagem e o Canoas continuou melhor, chegando a abrir cinco pontos de vantagem (15/10). O empate veio com o oposto Lorena (17/17). Os donos chegaram ao 20/17, mas em ponto no contra-ataque, o Sesi-SP empatou mais uma vez (22/22), virando para fechar em 25/23.

No segundo set, o Sesi-SP foi para a parada obrigatória com uma pequena margem (08/07). Quando o Canoas vencia por 12/10, houve uma queda de energia no ginásio Unilasalle e a partida ficou paralisada por aproximadamente 15 minutos. Na retomada da partida, o Canoas ampliou para 18/12 e a margem confortável foi mantida: 25/19.

No terceiro set, o levantador Sandro subiu para marcar, de bloqueio, o ponto que levou os dois times para a parada obrigatória (08/05). Eder fez de contra-ataque para colocar o Sesi-SP com quatro de vantagem (15/11). Bem no bloqueio, os donos da casa reduziram para um ponto (18/17). A parcial seguiu disputada ponto a ponto e o Sesi-SP venceu por 25/23.

Murilo marcou 16 pontos. Foto: Everton Amaro

No quarto set, o Sesi-SP começou melhor, mas o Canoas empatou (07/07). O Sesi-SP abriu dois de diferença (11/09), mas, em ace de Gustavo, a equipe gaúcha virou (13/12). O Canoas chegou a 18/15 e o técnico do Sesi-SP, Giovane, pediu tempo. Mais regular, o Canoas fechou em 25/18 depois de mais um ace de Gustavo.

O Sesi-SP manteve a tranquilidade e comandou o placar no tie-break. Fez 04/01 e, na virada de quadra, com o ace do central Eder, fez 08/04. No bloqueio do central Aracaju, o Sesi-SP ampliou a diferença para cinco pontos: 10/05. O Canoas diminuiu para um ponto na reta final (13/12), mas o Sesi-SP soube fechar o jogo, em lance do central Eder – 15/13 e 3 sets a 2.

Acompanhe o vôlei do Sesi-SP nas redes sociais

Twitter: @sesisp_volei 
Facebook: www.facebook.com/sesisp.volei

Sesi-SP vence Canoas e consolida 3º lugar na fase classificatória da Superliga masculina

Agência Indusnet Fiesp

Mesmo fora de casa, o Sesi-SP não se intimidou com a boa campanha dos anfitriões e superou a equipe do Vôlei Canoas na noite desta quinta-feira (21/02), por 3 sets a 1 (25/18, 25/16, 22/25 e 25/22). O jogo foi válido pela oitava rodada do returno da Superliga masculina de vôlei 12/13.

Equipe conquistou sua 13ª vitória. Foto: Alexandre Arruda/CBV

 

Com o resultado, o Sesi-SP pula dos 38 para os 41 pontos e consolida a terceira colocação na fase classificatória – o Canoas continua com 36 pontos. O topo da tabela continua com o RJX (46 pontos), seguido pelo Sada Cruzeiro (44). O Sesi-SP acumula 13 vitórias em 19 jogos.

Maior pontuador da partida, com 15 acertos, o oposto Lorena foi eleito o melhor em quadra. “Sabíamos que jogar aqui em Canoas seria muito difícil. A nossa equipe começou muito bem e jogou bem nos dois primeiros sets. No terceiro vacilamos um pouco e no quarto voltamos a ter uma boa atuação. Essa foi uma vitória muito importante, já que, se eles vencessem, nos passariam na tabela”, ressaltou o oposto Lorena em entrevista ao site da CBV.

O Sesi-SP do técnico Giovane Gávio atuou com Sandro, Lorena, Sidão, Tiago Barth, Murilo e Cléber (líbero: Serginho). Entraram Ary, Léozão e Everaldo. Já o Canoas entrou com Jotinha, Bergamo, Diego, Gustavo, Dentinho e Minuzzi (líbero: Jeffe). Entraram Salsa, Xanxa, Rafinha, Enoch e Boskinho.

No sábado (23/02), o Sesi-SP enfrenta o Super Imperatriz Vôlei (SC) no ginásio Vila Leopoldina, às 15h, com transmissão ao vivo do canal Sportv.

O jogo

O jogo chegou ao primeiro tempo técnico com o Sesi-SP em vantagem (08/06), mas a equipe da casa logo buscou empate (09/09). No bloqueio do central Tiago Barth, o time visitante fez 16/13 e comandou a contagem até o fim, fechando em 25/18.

O Sesi-SP manteve o ritmo no segundo set , abrindo 05/01, o que motivou um pedido de tempo do técnico do Canoas, Paulão. O Sesi-SP seguiu sacando bem e logo chegou ao 08/02. O técnico Paulão mexeu no time, mas ao Sesi-SP manteve uma vantagem confortável,   vencendo por 25/16.

Com a mesma formação do final do segundo set, o Canoas voltou melhor no terceiro set. No bloqueio de um irmão contra o outro, o central Gustavo superou Murilo e o Canoas fez 09/08. Os mandantes abriram vantagem de quatro pontos (17/13) e, daí em diante o jogo seguiu  equilibrado, com o Canoas fechando em 25/22.

O quarto set começou equilibrado (04/04). Mais ajustado, o Sesi-SP abriu sete de diferença (13/06) e manteve a vantagem no marcador: 17/11. O Canoas encostou no placar (20/21) e chegou ao empate com o central Salsa: 21/21. Mas o Sesi-SP teve forças para impedir a reação e, em bloqueio do central Sidão, fechou em 25/22.

 

Chegou a hora e o Sesi-SP vai atrás do bicampeonato da Superliga

Lucas Dantas, Agência Indusnet Fiesp

Depois de muita espera, finalmente vai começar o principal campeonato de vôlei do país. Com estrelas campeãs olímpicas, mundiais e velhos conhecidos, a Superliga 2012-2013 promete ser a mais disputada em muitos anos. E o time masculino do Sesi-SP já está preparado para a difícil campanha que começa neste sábado (24/11), contra o São Bernardo, fora de casa, às 18h, com transmissão pelo Esporte Interativo.

Com as contratações de Lorena, Cléber, Éder, Everaldo e Mão, o time que já era forte ficou ainda mais competitivo. Os craques da seleção brasileira Murilo, Serginho e Sidão continuam no Sesi-SP e os novatos Tiago Barth e Ary trouxeram juventude e raça para a equipe treinada por Giovane Gávio.

“Conseguimos fechar os setores que tinham alguma carência e montamos uma equipe experiente e focada nos objetivos. Os jogadores entenderam o que o Sesi-SP representa e estamos prontos para buscar as vitórias”, declarou o treinador, que busca seu segundo título da competição como técnico.

A opinião do comandante é acompanhada por Lorena que, com sua raça e pontos precisos, conquistou a torcida desde o primeiro jogo. Após dois vice-campeonatos, agora ele também quer o título que lhe escapou pelos dedos.

“Nunca joguei em uma equipe tão forte e tão preparada e estou confiante demais. O Sesi-SP está muito bem, mas existem outras equipes fortes, como o Sada e o RJX e acho que o título não sai dessas equipes, mas eles que se preocupem com o Sesi-SP”, declarou o oposto de 1,98m que veio do Vôlei Futuro e ficou muito próximo da taça nas temporadas 09-10 e 11-12.

Reforços

O Sesi-SP também trouxe os pontas Cléber e Mão, aliando juventude com experiência. Quem também chegou foi o central Éder, da Cimed, dono do melhor saque da última temporada, e Everaldo, levantador para dividir a posição com Sandro.

Os novos jogadores juntam-se aos “veteranos” Serginho, Murilo e Sidão para montar o time mais forte que o Sesi-SP já apresentou. Nas palavras do capitão Murilo, a fórmula para conquistar o título foi seguida, só precisa agora ganhar na quadra.

“Fizemos tudo certo, estamos treinando demais e o time foi montado com critério e nas posições certas pelo Giovane. Mas é preciso entrar na quadra e ganhar, o que é muito difícil. A cada ano que passa a Superliga fica mais equilibrada e agora está muito mais”, declarou Murilo.

Após a estreia contra o São Bernardo, o Sesi-SP viaja para Campinas onde enfrentará os rivais da decisão do Paulista, o Medley, dia 29/11. Na terceira rodada, o confronto será o clássico contra o Vôlei Futuro, também fora de casa, no dia 01/12, só jogando em casa pela primeira vez contra a UFJF no dia 04/12.

Serviço
Superliga 2012-2013 – 1ª Rodada
Jogo: Sesi-SP x São Bernardo
Data/Horário: sábado (24/11), às 18h
Local: Ginásio Poliesportivo Adib Moisés Dib
Endereço: Av. Kennedy, 1155, Anchieta, SBC, SP
Entrada franca

Leia mais