Sesi-SP pode jogar Superliga de Volêi 2009

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539664410


Renato Pêra, presidente da Federação Paulista de Voleibol

O Sesi-SP – a mais nova equipe de voleibol do Brasil – pode debutar na quadra da mais importante competição nacional ainda este ano.

A “possibilidade” foi anunciada pelo presidente da Federação Paulista de Voleibol, Renato Pêra, nesta segunda-feira (25), durante a apresentação do time masculino da entidade da indústria paulista, na sede da Fiesp.

Segundo Pêra, a equipe pode receber o convite da Confederação Brasileira de Vôlei (CVB) para ocupar uma das vagas deixadas pelo fim das equipes Unisul e Ulbra. “Temos certeza de que vamos ter uma grande representante de São Paulo na Superliga”, indicou.

Segundo técnico do Sesi-SP, o bicampeão olímpico Giovane Gávio, a equipe não conseguiu se inscrever na Liga Nacional a tempo de participar da disputa que seleciona os melhores times que formam a Superliga.

“Nosso time surgiu após o final das inscrições da Liga Nacional”, explicou Giovane. De acordo com o treinador, o Sesi-SP vai “aguardar uma oportunidade da CVB”.

“O objetivo é tentar o alto. Nós vamos treinar pensando em vencer o tempo inteiro. Tenho certeza de que em pouco tempo a gente vai ter uma torcida brigando, no bom sentido, para entrar nos jogos”, garantiu Giovane.

Entre os jogadores, a vontade de disputar a mais importante competição nacional de vôlei é grande. “Aceitei a proposta na hora [do convite para participar da equipe]. Minha expectativa é muito grande, espero ser campeão pelo Sesi. Nós vamos brigar para ser campões em todos os torneios. Vamos entrar para ganhar”, afirmou o líbero Jeff.

“O Giovane treinador traz muito da experiência dele como jogador. Dá pra ver no olho dele que ele tem muita vontade de ganhar e isso contagia o time”, completou o ponteiro Felipe Chupita, que trocou sua equipe no Japão para integrar o time do Sesi-SP.