SP Urban Festival promove workshops e palestras sobre arte digital, arquitetura e movimentos urbanos

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544442147

Entre os dias 4 e 6 de dezembro acontecerá, no Espaço Mezanino do Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso, uma série de encontros com ícones da arte digital.

São palestras e workshops abertos ao público, mas com vagas limitadas, que acontecem paralelamente à exposição SP_Urban Digital Festivalque será exibida durante o mês de dezembro na fachada do edifício-sede  da Fiesp, na avenida Paulista.

Os temas abordados vão desde a relação entre arquitetura e arte digital  até  as experimentações no cenário urbano e as arquiteturas mutantes. Também serão discutidas a  interação do cidadão com a cidade e a criação de um canal de difusão de arte visual

Veja a programação:

  • Palestra: Fachadas multimídia: desafios e potencialidades
    04/12 (terça-feira), das 20h às 22h

Ministrada pela alemã Susa Pop, que é diretora e fundadora do Public Art Lab e responsável pela criação de renomados festivais de arte de novas mídias na Alemanha, como Media Facades Festival, Mobile Studios e Mobile Museums. Realiza conferências e workshops em todo o mundo na área de mídias urbanas. A palestra evidencia os desafios e benefícios das fachadas de arte multimídia para os centros urbanos, as possibilidades de integração de várias cidades através das novas tecnologias (projeto Connecting Cities) e o desenvolvimento de uma audiência consciente e ativa. Demonstração de ações inovadoras já implementadas e projetos em desenvolvimento pelo mundo.

  • Palestra: Arte nos espaços públicos
    05/12 (quarta-feira), das 20h às 21h30

Ministrada pelo VJ Spetto, a palestra visa mostrar os fatores na história da arte e da arquitetura que levaram a repercussão da arte nos espaços públicos e seu impacto e importância na sociedade atual. As fachadas das cidades como páginas em branco onde se pode comunicar e expressar ideias. Abordagem da prática do graffite como percussor da arte nos espaços públicos e a relação na tendência de incorporar recursos de iluminação e técnicas interativas como o vídeo mapping, possibilitando ao criador plena liberdade de atuação. Exemplificar os métodos de pintura digital que não alteram ou atacam fisicamente os edifícios, mas emitem luz sobre eles, tornando possível não só pintar, alterar a estética das cidades, como também difundir ideias e mensagens. Apresentação de projetos realizados pelo próprio artista no espaço público.

  • Workshop: Material digital na criação artística
    05/12 (quarta-feira), das 16h às 19h
    06/12 e 07/12, das 18h30 às 21h30

Workshop de produção de conteúdo digital ministrada pelo artista Esteban Gutierrez. Uma introdução à inovação na produção artística, na qual a sensorialidade e a emoção humana surgem como aspectos fundamentais do processo de criação dos artistas e vídeo makers. Abordagem do uso de tecnologias emergentes na criação de instalações artísticas. Descrição sobre a criação de ferramentas originais e softwares para fins artísticos específicos (Processing). Apresentação de casos de sucesso e discussão coletiva das diferentes proposições. Aula prática – criação de conteúdo digital a ser transmitido na plataforma.