Fiesp – nota sobre o PIB

O Ministério da Fazenda começou o ano com uma estimativa de crescimento de 0,8% para a economia, e os números do PIB divulgados hoje (28/8) mostram que o país deve sofrer uma queda de 2,5% a 3%.

“O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, erra na condução da política econômica ao aumentar impostos, elevar os juros e restringir o crédito, o que só piora a recessão e amplia o desemprego”, diz Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp.

“A criação de um imposto sobre a circulação financeira ou de qualquer outro será rejeitada por todos os setores da sociedade”, afirma.

Federação das Indústrias do Estado de São Paulo

Centro das Indústrias do Estado de São Paulo