Em Rio Preto, Skaf destaca agenda positiva da indústria

Agência Indusnet Fiesp

O presidente da Fiesp, Ciesp, Sesi-SP, Senai-SP e Sebrae-SP, Paulo Skaf, viajou nesta quinta-feira (1º de março) para a região de São José do Rio Preto. Durante entrevista à TV Band, em Rio Preto, Skaf destacou a agenda positiva das entidades da indústria, contribuindo para o desenvolvimento paulista e brasileiro, ajudando as pessoas e dando oportunidade aos jovens.

“É muito importante que as pessoas saibam os investimentos da indústria, na educação, na formação profissional, na cultura, no esporte, no empreendedorismo”, afirmou Skaf, listando ações como a renovação de convênios do Sesi-SP nas áreas de ensino e esporte e a inauguração de escolas modernas e equipadas.

Nesta quinta-feira, Skaf assina em Catanduva a renovação do acordo do Sistema Sesi de Ensino com os municípios de Catanduva e Paraíso. Também assina renovações do Programa Sesi-SP Atleta do Futuro (PAF) com diversos municípios da região de São José do Rio Preto. No total, 1,8 mil alunos serão beneficiados.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

Convênios assinados por Skaf com Catanduva e Paraíso beneficiarão 10.000 alunos da rede municipal. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

A renovação do Sistema Sesi-SP de Ensino em Catanduva prevê atendimento para 34 escolas de Educação Infantil e Ensino Fundamental, com a capacitação de 377 docentes, 53 gestores e técnicos e beneficiará 8.280 alunos da rede municipal.

O convênio com o município de Paraíso inclui três escolas, a capacitação de 72 profissionais da educação, entre docentes e gestores, e atenderá 1.047 alunos da rede municipal.

Com o Sistema Sesi-SP de Ensino, os municípios recebem know-how pedagógico e educacional do Sesi-SP, o que permite a transferência tecnológica do modelo educacional desenvolvido pela entidade.

Diferentemente de outros programas existentes, o Sistema Sesi-SP de Ensino não se limita à entrega do material didático e à capacitação de docentes. O modelo oferecido às prefeituras contempla a formação da equipe gestora e a realização de reuniões periódicas com o secretário de Educação de cada cidade, além do acompanhamento de todo o processo de implantação do Sistema nas escolas dos municípios.

Na sexta-feira (2), das 9h às 12h, Skaf inaugura o Sesi de Rio Preto, que recebeu R$ 34,6 milhões em investimentos. A unidade, que funciona dentro do Centro de Atividades Jorge Duprat Figueiredo, atende 928 alunos nos ensinos Fundamental e Médio. O prédio tem 18 salas de aula, dois laboratórios de informática, um de física, química e biologia, laboratório de ciência e tecnologia, além do novo FabLab Sesi-SP. Também há biblioteca escolar com acervo atualizado, sala de vivências teatrais, sala multidisciplinar e uma área de convivência.

A escola de Rio Preto oferece Ensino Fundamental em tempo integral do 1° ao 5º ano, o que permite que os alunos permaneçam nos períodos da manhã e tarde na escola realizando vivências de esporte, arte, cultura e tecnologia, além das refeições diárias compostas de café da manhã, almoço e lanche da tarde.

E no sábado (3) é a vez da inauguração do Sesi Barretos, que passa a ser Centro de Atividades após investimento total de R$ 34 milhões. A escola de Barretos contará com 19 salas de aula, uma sala de treinamento para docentes, dois laboratórios de informática, um laboratório de ciência e tecnologia, um laboratório de química e biologia e um laboratório de física, acompanhadas ainda de duas quadras poliesportivas cobertas com vestiários e a recém-entregue piscina semiolímpica. Há 736 alunos matriculados na unidade.

Retrospectiva 2013 – Maior atuação e interlocução da indústria em todas as regiões do estado

Talita Camargo, Agência Indusnet Fiesp

“Pensar globalmente e agir localmente”. Com essa premissa, as entidades da indústria – a Federação e o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), o Serviço Social da Indústria (Sesi-SP) e a Serviço Nacional de Aprendizagem (Senai-SP) – no ano de 2013, atuaram em benefícios do desenvolvimento regional, desenvolvendo uma forte articulação e parcerias com prefeituras locais, visando valorizar cada cidade.

Ação regional em prol a educação

No mês de setembro, durante o São Paulo Skills, Paulo Skaf, realizou um encontro com diretores das bases regionais do Ciesp e diretores do Depar/Fiesp.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

Paulo Skaf com empresários e diretores regionais. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


Ao falar aos empresários paulistas, Skaf destacou as iniciativas que as entidades da indústria protagonizam em prol da educação e qualificação profissional. “O que está acontecendo aqui é coisa de primeiro mundo. Em poucos países se vê o que está sendo mostrado hoje. Este é um trabalho que faz bem à indústria, ao país e ao nosso Estado”, afirmou.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

Paulo Skaf entre os prefeitos de Cajati, Luiz Henrique Koga, e Penápolis, Célio José de Oliveira. No canto direito: Walter Vicioni, do Sesi-SP e Senai-SP. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Durante todo o ano, os diretorias regionais do Departamento de Ação Regional (Depar) da Fiesp realizaram forte articulação junto às prefeituras para divulgar e estimular a adoção do Sistema Sesi de Ensino em várias cidades.

No mês de dezembro, foi realizada a assinatura de convênio para implantação do Sistema nos municípios de Cajati e Penápolis, fruto da articulação dos diretores regionais com as autoridades dessas localidades.

Outros municípios que implantaram o Sistema Sesi de Ensino no ano de 2013 foram: Agudos, Anhembi, Araraquara, Bom Jesus dos Perdões, Cajati, Garça, Iperó, Jarinu, João Ramalho, Mairinque, Penápolis, Presidente Epitácio, Reginópolis, Tietê, Guaiçara e Itupeva.

No mês de fevereiro, o recém-empossado  prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, realizou uma visita à sede da Fiesp. O objetivo do encontro foi discutir as possibilidades de parceria na área educacional e de atuação conjunta na candidatura de São Paulo para sediar a Expo 2020, entre outros temas.


Estímulo à inovação em várias cidades 

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

Cerca de 50 empresários participaram de palestras no primeiro módulo do NAGI-PG, na Fiesp/Ciesp

A Fiesp, com o apoio do Ciesp e Senai-SP, promoveu uma verdadeira maratona de palestras, por várias cidades paulistas, para capacitar as indústrias a aproveitarem as potencialidades e oportunidades de negócios do setor de Petróleo e Gás.

Por meio do Núcleo de Apoio à Gestão e Inovação do Petróleo e Gás (Nagi-PG) foi desenvolvido um programa para estimular as empresas implantem a cultura da inovação, desenvolvam e forneçam seus produtos e serviços para a cadeia de P&G e aumentem o conteúdo local.

Além da capital paulista, as cidades contempladas com eventos do programa foram Sertãozinho São José dos Campos, Campinas, Mogi das Cruzes, Ribeirão Preto e Campinas.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

Participantes do curso do Programa Nagi-PG visita a Refinaria de Paulínia. Foto: Colaboração Ciesp Campinas

No mês de abril, os participantes do Projeto Nagi-PG visitaram Refinaria Replan, na cidade de Paulínia, com o objetivo de conhecer os procedimentos de cadastramento e identificar oportunidades de projetos e negócios com empresas do setor de Petróleo e Gás. 

Ampliando negócios regionais 

Dois eventos, realizados em ano, tiveram o propósito de valorizar a vocação econômica regional e estimular mais oportunidades de negócios para as indústrias: a Feira Fenasucro e o Dia do Empresário da Indústria da Região de Campinas. 

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

Skaf (o segundo da esquerda para a direita) e autoridades na abertura da Fenasucro. Foto: Junior Ruiz/Fiesp

Na abertura da Fenasucro em Sertãozinho, no mês de agosto, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, ressaltou a importância da dos investimentos no setor. “[Essa feira] é a vitrine de um setor eficiente, e que faz muito bem ao Brasil”.

Ele afirmou, ainda, que sem investimentos o Brasil poderá enfrentar uma falta de combustível, com a necessidade de importação de gasolina.

Também no mês de agosto foi realizado o evento setorial “Dia do Empresário da Indústria da Região de Campinas”, um encontro para os novos associados das entidades sindicais participantes.

A apresentação, organizada pela Central de Serviços (CSER) da Fiesp, com o apoio da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), contou com a presença de presidentes de sindicatos e de representantes de aproximadamente 100 empresas.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

Empresários conheceram os serviços oferecidos pelos departamentos da Fiesp. Foto: CSER

Durante o evento, representantes do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) de Campinas também mostraram o que as entidades oferecem aos empresários.

No mês de novembro, a Fiesp e o Ciesp realizaram sua maior rodada de negócios em 2013, com a participação de mais de 200 empresários. O evento visou proporcionar o contato com empresas dos mais segmentos, promovendo os primeiros contatos das pequenas e médias com grandes empresas.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

Empresários aprovaram o formato “cara a cara” da Rodada. Foto: Everton Amaro/Fiesp

A rodada fomentou a relação comercial entre os participantes durante as reuniões agendadas previamente e foi uma oportunidade única para dinamizar compras e vendas de produtos e serviços em um mesmo local. “Para 2014, traremos novas oportunidades para as empresas paulistas na área de negócios”, adiantou o coordenador das rodadas e diretor de Produtos e Serviços do Ciesp, José Henrique Correa de Toledo.


Baixada Santista

No início de junho, foi oficializada a ampliação do terminal da Copersucar no Porto de Santos, em cerimônia que contou com a presença do presidente da Fiesp, Paulo Skaf, e de diversas autoridades, como o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, o ex-prefeito da cidade de São Paulo, Gilberto Kassab e o segundo vice-presidente da Fiesp, João Guilherme Sabino Ometto.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

Paulo Skaf e o segundo vice-presidente da Fiesp, João Guilherme Sabino Ometto, observam maquete do novo terminal. Foto: Junior Ruiz/Fiesp

Na ocasião, Skaf defendeu a ampliação da capacidade portuária e ferroviária no Brasil: “sou um grande defensor da modernização dos portos. A MP dos Portos é muito positiva para o Brasil. Gera concorrência, o que traz maior eficiência e redução de custos. E é disso que precisamos: reduzir os custos dos serviços nesse país”, afirmou.

No mês de dezembro foi realizado, na sede da Fiesp, o Fórum para o Desenvolvimento do Polo Industrial de Cubatão, evento que reuniu especialistas, empresários e autoridades para discutir e buscar soluções para os principais problemas que entravam os processos de desenvolvimento do polo industrial do município.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

Problema com logística foi tema de debate no fórum Megapolo Cubatão. Foto: Everton Amaro/FIESP


Na abertura do evento, Skaf destacou a importância da região. “A região metropolitana da baixada santista abriga quase 2 milhões de pessoas e tem uma importância tremenda por causa do Pré-sal. E é uma região que está com uma carga de oportunidade muito grande, o que é bom por um lado, mas por outro há uma necessidade de prever coisas e tomar providências para não agravar ainda mais os gargalos”.

Sesi-SP lança seu Sistema de Ensino nas escolas municipais de Araraquara

Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

O prefeito de Araraquara, Marcelo Barbieri (esq.), e o presidente do Sistema Fiesp, Paulo Skaf, durante o lançamento da implantação do Sistema Sesi de Ensino nas escolas da rede municipal



O Sesi-SP e a prefeitura de Araraquara lançaram na manhã desta sexta-feira (4) a implantação do Sistema Sesi de Ensino nas escolas da rede municipal. A implantação iniciou-se com uma aula inaugural realizada no salão paroquial da Igreja Santa Cruz, com a participação dos diretores de Educação (Fernando Carvalho) e de Operações (César Callegari) do Sesi-SP.

Em seguida o prefeito da cidade, Marcelo Barbieri, e presidente da Fiesp, Ciesp, Sesi-SP e Senai-SP, Paulo Skaf, destacaram a importância desta parceria. De acordo com Skaf, o Sistema Sesi de Ensino busca sinergia e união de esforços entre o Sesi-SP e a Prefeitura local. “O Sesi respeita e confia nos professores de Araraquara. Com certeza poderemos fazer muito pela educação, juntos”, ressaltou.

A formalização desta parceria foi selada em 1º de dezembro do ano passado, na sede da Fiesp, entre o presidente Paulo Skaf, o prefeito Marcelo Barbieri e o superintendente do Sesi-SP, Walter Vicioni. O projeto atenderá 7.159 alunos de 6 a 14 anos matriculados nas 13 unidades de Ensino Fundamental do município.

Diferencial

O Sistema Sesi de Ensino tem como diferencial estimular o professor a identificar e atender às expectativas de aprendizagem dos alunos mediante orientação e acompanhamento de todas as etapas da implantação da metodologia, indo muito além da substituição de livros didáticos para alunos e professores.

Em Araraquara, a implantação do Sistema iniciou-se no segundo semestre do ano passado e contemplou todos os profissionais que compõem a cadeia de ensino municipal, desde a equipe gestora da Secretaria Municipal de Educação até os professores, passando pelos coordenadores pedagógicos locais.

Para garantir a qualidade do ensino, o processo será monitorado pela equipe de educação do Sesi-SP, mensalmente, durante todo este primeiro ano de implantação do sistema. Os alunos também serão avaliados constantemente, com análises e interpretações dos resultados obtidos nos exames do Saresp.

Ensino de qualidade

Para as prefeituras, a vantagem do sistema é que ele contribui para a elevação da qualidade de ensino por meio da melhoria dos processos e em sintonia com as especificidades sociais e culturais locais, além de estimular a melhoria da infraestrutura e dos ambientes educacionais em função das inovações didáticas e tecnológicas introduzidas pelo Sesi-SP.

Os produtos e serviços educacionais oferecidos pelo Sesi-SP incluem: referenciais curriculares da rede escolar; introdução ao fazer pedagógico da rede escolar do Sesi-SP; material didático; livro do professor; livro texto; livro de atividades; sistema de administração escolar; capacitação da equipe gestora do município; avaliação dos processos e da dinâmica escolar; monitoramento e orientações in loco.

Sistema Sesi de Ensino atenderá mais de 8 mil alunos do Ensino Fundamental em Araraquara

Rosângela Gallardo, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

Na foto à esquerda: Walter Vicioni (superintendente operacional do Sesi-SP), Marcelo Barbieri (prefeito de Araraquara) e Paulo Skaf (presidente da Fiesp e do Sesi-SP). À direita: aula inaugural realizada no salão paroquial da Igreja Santa Cruz, em Araraquara

Uma aula inaugural para mais de 400 professores marcou o lançamento do Sistema Sesi de Ensino em Araraquara. Durante o evento, os docentes do município conheceram com mais propriedade a metodologia desenvolvida pela entidade e que já é aplicada para mais de 104 mil estudantes do Ensino Fundamental da rede Sesi-SP no estado.

Baseado na autonomia do professor em sala de aula e na aprendizagem integral do aluno, o Sistema Sesi de Ensino fundamenta-se em três pilares: tratamento global dos temas em estudo; abordagem multidisciplinar; e enfoque socioafetivo. Em Araraquara, a previsão é que o Sistema atenda cerca de 8.200 crianças matriculadas nas 13 escolas municipais.

Segundo o presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf, a parceria representa uma sinergia para se alcançar o ensino de excelência. “Juntos, somaremos esforços para resultados melhores, pois somente a educação dá oportunidade igual às pessoas.”

Construção coletiva

Walter Vicioni, superintendente operacional do Sesi-SP, reforçou que o ingresso do Sistema em Araraquara é uma construção coletiva. “Nossa metodologia valoriza o professor, pois ele é o agente das mudanças em sala de aula”.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540104116

Em Araraquara, Paulo Skaf confere obras da nova escola do Sesi-SP e encontra-se com alunos dos segundo ano do Ensino Fundamental

Para o prefeito Marcelo Barbieri, as mudanças em andamento na rede municipal deverão melhorar em 30% os indicadores educacionais: “Nossos estudantes viverão uma nova era porque haverá uma integração harmoniosa entre nosso magistério e os especialistas do Sesi-SP.”

Barbieri também informou que o novo projeto prevê um orçamento de R$ 12,00 por aluno/mês e que, para este ano, serão destinados recursos superiores a R$ 106 milhões para a educação do município.

Após a solenidade, o presidente da Fiesp visitou as obras da nova escola do Sesi no Centro de Atividades (CAT) de Araraquara. A nova unidade tem previsão de conclusão em agosto deste ano e receberá os estudantes atualmente matriculados na unidade externa.

Skaf aproveitou a visita para também falar com uma turma do segundo ano do Ensino Fundamental e ouvir sugestões dos estudantes do Ensino Médio.