Sistema que aumenta a segurança dos trabalhadores de vias de trens é premiado no Inova Senai

Giovanna Maradei, Agência Indusnet Fiesp

Durante um período de estágio na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), quatro alunos do Centro de Formação Profissional Engenheiro James C. Stewart, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP), na Lapa, em São Paulo, perceberam que, mesmo entre funcionários experientes e que usavam os equipamentos de segurança necessários, era relativamente frequente a ocorrência de acidentes durante a manutenção dos trens.

Não demorou para que essa percepção se transformasse em projeto. Os alunos Bruna Sousa, Elaine Lopes, Felipe Naves e Wilian Rodrigues discutiram o tema em sala de aula e se juntaram aos professores Robinson Tomageski, Gilberto Arruda e Márcia Helena Lopes, para desenvolver o Sistema de Alerta de Aproximação de Trens (SAAT). A invenção nada mais é do que uma forma simples e criativa de avisar os funcionários que um trem está se aproximando.

Colete sinalizador

O SAAT adapta o colete usado por aqueles que são autorizados a trabalhar nas vias e o equipa com um receptor de rádio frequência codificado, capaz de identificar a presença do veículo a 800 metros de distância. A partir daí, o sistema desencadeia um alerta luminoso e sonoro pelos leds e pela sirene que também estarão acoplados ao uniforme.

A equipe responsável pelo desenvolvimento do SAAT: confiança na vitória. Foto: Divulgação

A equipe responsável pelo desenvolvimento do SAAT, da esquerda para direita: Robinson Tomageski Morales, Bruna de Freitas Sousa, Felipe Naves, Wilian Rodrigues, Elaine Lopes e Miguel Vanni. Foto: Divulgação

A ideia foi inspirada em um capacete para motociclista equipado com leds visto pelo professor Tomageski em uma feira. Nesse caso, eram apenas as luzes que piscavam quando era dada seta, chamando a atenção dos motoristas.

A vitória

Para os criadores do SAAT, a expectativa pelo prêmio era grande. “Estávamos muito confiantes. Nós tínhamos consciência de que estávamos com os ingredientes na medida correta para que tudo corresse bem”, admite Tomageski, professor orientador do grupo.

Nem por isso a emoção de ver sua criação em primeiro lugar foi menor. Segundo o professor, a premiação mostra, tanto à escola quanto aos alunos, que eles estão no caminho certo e que isso colabora para a formação pessoal de cada um dos envolvidos.

Planos para o futuro

Por se tratar de um equipamento de segurança, a criação, antes de ser testada em situações reais, deve ser analisada por um órgão responsável para vários outros testes, que vão além do de funcionamento.

Mesmo assim, o grupo admite ter pensado em comercializar o protótipo de laboratório. Para isso, são diversos os desafios, que vão desde a falta de tempo até a identificação de empresas que tenham interesse em usar e fabricar o sistema. 

Inova Senai

O prêmio Inova Senai é  promovido pelo Senai-SP com objetivo de criar soluções para diversos setores da indústria, estimulando o empreendedorismo, a inovação e o desenvolvimento de tecnologias.

A iniciativa reuniu, entre os dias 25 e 29 de setembro, no Anhembi, na capital paulista, durante a São Paulo Skills, 80 projetos de inovação desenvolvidos por alunos, professores e funcionários de 46 unidades de todo o estado de São Paulo.

Dentre eles foram eleitos os três melhores de cada categoria. Esses, além do prêmio, serão convidados a se inscreverem na etapa nacional do Inova Senai, que ocorrerá em 2014.