Meninas do Sesi-SP embalam segunda vitória seguida e agora miram a Copa Brasil

Lucas Dantas, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540073553

Suelen ganha o troféu Viva Vôlei. Foto: Lucas Dantas/FIESP

Foi uma má-fase que passou e as meninas estão de volta. Na noite desta sexta-feira, a equipe feminina de vôlei do Sesi-SP derrotou o São Caetano por 3 sets a 0 (parciais de 21/13; 21/14; 21/17), devolvendo a derrota do primeiro turno e conquistando mais três importantíssimos pontos na tabela. Não só para efeito de classificação, o time ganhou uma posição subindo para o sexto lugar, com 22 pontos, mas para expurgar de vez a nuvem negra que pairava sobre a equipe.

Ganhadora do troféu Viva Vôlei da noite, a líbero Suelen, com defesas incríveis, afirmou que com as vitórias volta também a alegria, mas não se pode esquecer o que passou e ainda precisa corrigir muita coisa. “A parada foi boa, viemos com a cabeça diferente, tivemos pouco tempo de trabalho, mas aproveitamos muito bem. Não vamos falar que está tudo bem, tem coisa para consertar ainda, mas estamos no caminho certo. A vitória é muito bem vinda, ameniza muitas coisas que falam, mas ela não apaga tudo. Estamos no caminho certo e assim retomamos a confiança e vamos nos reencontrando”, disse a “craque” do jogo.

Agora, o Sesi-SP dá uma parada e começa a pensar na Copa Brasil, competição relâmpago que dá vaga no Sul-Americano de clubes, e que será disputada em Maringá de 16 a 18 de janeiro. A primeira partida será contra o Praia Clube e é eliminatória. O time começou o jogo com Dani Lins, Fabiana, Dayse, Ivna, Bia e Pri Daroit, além da líbero Suelen. Com 12 pontos, a oposta Ivna foi a maior pontuadora.


O Jogo

O Sesi-SP abriu os trabalhos com Pri Daroit, mas logo o São Caetano empatou em bloqueio de Ivna para fora. Em lance que  arbitragem marcou dois toques de Suelen, as rivais viraram, mas coube a Ivna e Daroit botar o time da casa na frente de novo. E nessa toada a partida seguiu, com um time passando o outro e devolvendo a liderança em seguida. Até que em jogada pelo meio, Fabiana cortou forte e fechou o primeiro tempo técnico para o Sesi-SP em 07/06.

Após a conversa com seus treinadores, o Sesi-SP voltou melhor e abriu dois pontos de vantagem, conseguindo mais tranquilidade.

Mas o momento do set foi o rally que deu ao time da casa o segundo tempo técnico. A central do São Caetano Roberta parou no bloqueio de Fabiana e Dani, mas a bola ia caíndo na quadra do Sesi, quando a mesma Fabiana salvou para trás. Pri Daroit foi no fundo buscar, mas mandou a bola direto nas mãos de Roberta, que bateu forte, porém Suelen estava atenta para fazer uma defesa incrível.

Dani passou para o outro lado e na hora de decidir, a ponteira rival Thais cortou para fora, dando o ponto para o time da indústria, muito comemorado pela torcida na Vila Leopoldina. A passagem descontrolou as adversárias que viram o Sesi-SP disparar e abrir seis pontos de vantagem com Dayse, a maior pontuadora da etapa, atacando e bloqueando com perfeição pela ponta, fazendo 19 x 13.

Bia também mostrou suas credenciais na rede e com um bloqueio certeiro marcou 20/13. E com erro de ataque de Sabrina, o time da casa fechou em 21/13 em 20 minutos.

O segundo set já começou com Bia voando pelo meio e abrindo o placar. Porém, a equipe errou seguidamente e o São Caetano aproveitou para fazer 01/03.

A vantagem não durou muito tempo. Ivna, na saída de rede, explodiu a bola no peito de Sabrina e empatou. A mesma Ivna em seguida virou com outra pancada indefensável. Thais, do São Caetano, sacou na rede e o Sesi-SP pegou o primeiro tempo técnico do set, em 07/06.

Com 12 x 09 para o time da Vila, Pri saiu machucada para entrada de Suelle e logo no seu primeiro lance, a camisa 4 fechou a rede e, de bloqueio, marcou o 13º ponto da equipe. O segundo tempo técnico veio em mais um erro das rivais, o quinto no set, marcando 14/09.

Com calma e segurança da gordura acumulada, o Sesi-SP, com ataques de Ivna e bloqueios de Suelle, foi ampliando a diferença até fechar em 21/14, com Fabiana explorando o bloqueio em 23 minutos.

O terceiro set não fugiu à regra. As duas equipes lutaram no ponto a ponto no início, e o time da casa aproveitou mais um erro das rivais para fechar o primeiro tempo técnico em 07/06. Mas o jogo seguiu bem equilibrado, sem que nenhuma equipe conseguisse escapar no placar.

Os erros diminuíram e o São Caetano se achou na partida, forçando pedido técnico de Talmo quando estava 12/13. As orientações do treinador funcionaram e o Sesi-SP virou para 14/13, fazendo o segundo tempo técnico. Com a pausa, a equipe de Talmo voltou com mais gás e conseguiu, finalmente, abrir espaço fazendo 17/15 após bloqueio de Ivna. E com Fabiana, mais uma vez decisiva pelo meio e aproveitando erro de recepção das rivais, fechou em 21/17 em 25 minutos, marcando 3/0.