Sesi-SP inaugura novas instalações do CAT de Mauá nesta sexta-feira (14/02), às 9h

Agência Indusnet Fiesp 

O Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) inaugura nesta sexta-feira (14/02), em Mauá, às 09h, as novas instalações da escola Sesi do Centro de Atividades Ministro Raphael de Almeida Magalhães. Com a reforma e a modernização das instalações, alunos ganharam novos espaços pedagógicos utilizados no ensino fundamental ministrado em tempo integral e também no ensino médio. O evento vai contar com a presença do presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Sesi-SP, Paulo Skaf.

No total, foram investidos R$ 12,4 milhões entre obras e equipamentos. As principais mudanças foram a construção do segundo laboratório de informática, reforma da biblioteca escolar, criação do laboratório de ciência e tecnologia, construção de sala multidisciplinar e de cozinha e refeitório com modernos equipamentos. Atualmente, a escola atende 1.658 estudantes, sendo 672 no Ensino Fundamental, 224 no Ensino Médio e 762 na Educação de Jovens e Adultos.

A entrega oficial das novas instalações é mais um passo para a consolidação do novo modelo educacional da entidade, iniciado em 2007, e que prevê a oferta de ensino fundamental em tempo integral, ensino médio articulado com a educação profissionalizante do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) e a construção de cem escolas no estado.

As unidades já entregues oferecem equipamentos modernos e ambientes amistosos para o processo de aprendizagem.

Educação de excelência

A escola do Sesi em Mauá oferece ensino fundamental em tempo integral, o que permite que os alunos permaneçam nos períodos da manhã e tarde na escola realizando vivências complementares de esporte, arte, cultura e tecnologia, além das refeições diárias compostas de café da manhã, almoço e lanche da tarde.

O Sesi-SP desenvolve seu próprio material didático, um diferencial da metodologia conhecida como sistema Sesi-SP de Ensino que engloba processos de ensino, aprendizagem e pesquisa. Essa concepção educacional parte da perspectiva de que toda criança ou adolescente é capaz de aprender se lhe forem oferecidas boas situações de aprendizagem.