Sesi-SP inaugura nova escola em Sumaré nesta sexta-feira (28/06)

Agência Indusnet Fiesp 

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Serviço Social da Indústria (Sesi-SP), Paulo Skaf, inaugura, nesta sexta-feira (28/06), em Sumaré, São Paulo, às 10h30 horas, uma nova escola do Sesi-SP. A unidade fica na Rua Amazonas, 99, no Jardim  Nova Veneza.

 

Alunos da nova escola do Sesi-SP em Sumaré. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Alunos da nova escola do Sesi-SP em Sumaré: 18 salas de aula em três blocos. Foto: Everton Amaro/Fiesp

 

A iniciativa é mais um passo para a consolidação do novo modelo educacional da entidade, iniciado em 2007, que prevê a oferta de ensino fundamental em tempo integral, ensino médio articulado com a educação profissionalizante do Senai-SP e a construção de 70 escolas no estado. Neste ano, já foram inauguradas 12 unidades do Sesi-SP nos municípios de Presidente Epitácio, Mococa, Tambaú, Guararapes, Votuporanga, Vinhedo, Americana, Bragança Paulista, Pirassununga, Descalvado, Jacareí, Avaré e duas do Senai-SP, respectivamente em Ourinhos e Pompéia.

A escola do Sesi-SP foi projetada com 18 salas de aula divididas em três blocos, três áreas de convivência, uma biblioteca escolar com acervo atualizado, um laboratório de informática educacional, um laboratório de ciência e tecnologia, um laboratório de química, biologia e física, uma sala multidisciplinar, uma sala de atendimento aos pais, cozinha com despensa e refeitório.  Os alunos também terão diferentes espaços para a prática esportiva e o lazer, como quiosques com estrutura para churrasco, duas quadras poliesportivas, uma quadra poliesportiva coberta, vestiários, campo de futebol de areia, campo de futebol society e um espaço para a prática de fitness.

A unidade oferece ensino fundamental em tempo integral, o que permite que os alunos permaneçam nos períodos da manhã e tarde na escola realizando vivências complementares de esporte, arte, cultura e tecnologia, além das refeições diárias compostas de café da manhã, almoço e lanche da tarde. Dos 1.206 estudantes, 451 serão atendidos no ensino fundamental, sendo 323 matriculados em período integral. A escola também oferecerá ensino médio para 160 alunos e educação de jovens e adultos para 595 pessoas.

O Sesi-SP desenvolve seu próprio material didático, um diferencial da metodologia conhecida como sistema Sesi-SP de Ensino. A escola de Sumaré foi construída em terreno com 38 mil m².