Rodada de Negócios movimenta sede da Fiesp/Ciesp

Odair Souza, Agência Indusnet Fiesp

O modelo de rodadas de negócios do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) pode ser considerado de referência para fornecedores e compradores de produtos e serviços. Esta avaliação foi feita pelo diretor de Produtos e Serviços da entidade industrial, José Henrique Toledo Corrêa, logo após abrir o evento que está sendo realizado nesta terça-feira (30) na sede da Fiesp/Ciesp.

Rodada desta 3ª feira deve movimentar até R$ 4 mi em oportunidades às companhias participantes. Neste ano, as rodadas de negócios Ciesp já atraíram cerca de 3 mil empresas em 18 cidades paulistas. Foto: Helcio Nagamine

“Temos a melhor ferramenta, a melhor técnica e experiência na cultura de negócios. O Ciesp, além de representatividade e prestação de serviços, agora está ficando forte como indutor de negócios”, considerou Toledo.

Em 2011 foram 16 edições, com 2.391 participantes, 22 mil reuniões comerciais e contratos futuros da ordem de R$ 42 milhões.

Neste ano, a Área de Produtos, Serviços e Negócios do Ciesp reuniu cerca de 3 mil empresas em rodadas de negócios realizadas em 18 cidades paulistas. Foram mais quase 25 mil reuniões no período, com volume esperado de R$ 53 milhões em negócios futuros.

Entre 2009 e 2012, as rodadas de negócios – sempre com patrocínio da Caixa Econômica Federal – atraíram mais de 7 mil empresas, que juntas realizaram cerca de 70 mil reuniões, com um volume de negócios que ultrapassa R$ 160 milhões.

A Rodada de desta terça deve movimentar até R$ 4 milhões em oportunidades às companhias participantes.

Opinião

No modelo desenvolvido pelo Ciesp, empresas de pequeno e médio porte podem agendar reuniões com grandes compradoras. Os contatos com reais possibilidades de fechar negócio passam dos 90%, segundo pesquisas de satisfação da entidade.

As grandes empresas compradoras – denominadas âncoras – participam das rodadas dispostas a divulgar sua lista de compras e conseguir novos fornecedores. Entre as 45 âncoras que participam da rodada de hoje estão: Armco do Brasil, Dimep, Granvale Logística, Itautec, Lorenzetti, Saint-Gobain, Solvay, Suzano Papel e Celulose, Votarantim Metais e até o Exército Brasileiro.

Na rodada, cada empresa poderá agendar mais de 20 reuniões de 10 minutos em um período de quatro horas.

As Rodadas de Negócios do Ciesp ganham força a cada ano. Criado em 2009, com objetivo de apoiar pequenas empresas diante da crise mundial, o modelo diferente de fazer negócios faz parte da cultura de um grande número de empresas paulistas.

“As rodadas estão caindo no gosto do empresário, que encontrou um espaço organizado com um bom custo benefício. As grandes compradoras também descobriram que o momento é bom para identificar novos fornecedores”, avalia José Henrique Toledo Corrêa, diretor de Produtos e Serviços do Ciesp.

Mais informações: www.ciesp.com.br/rodadas

Serviço:
Rodada de Negócios – Ciesp
Data e horário: 30 de outubro, das 13 h às 18 h
Local: Avenida Paulista, 1313

Sesi-SP promove dia de brincadeiras e cidadania ao lado do Metrô Carrão

Agência Indusnet Fiesp

Neste sábado (15/09), das 10h às 17h, o Serviço Social da Indústria (Sesi-SP) e a Prefeitura de São Paulo realizam na Rua Monte Serrat, 230, em frente ao Metrô Carrão, o Sesi Cidadania. Aberto à comunidade, o evento oferecerá, gratuitamente, diversos serviços nas áreas de educação, esporte, lazer, nutrição e cultura.

A iniciativa pretende levar ao público dos bairros periféricos atividades lúdicas com foco educativo. Além desta ação, estão previstas outras cinco até novembro, que serão realizadas em praças, ruas, ginásios ou parques.

Sempre à frente de iniciativas de caráter social, o Sesi-SP realiza eventos com foco social há mais de duas décadas.

Confira algumas atrações:

  • Brinquedos infláveis;
  • Jogos (dama gigante, tabuleiro, jogo da velha, amarelinha, corrida maluca, xadrez);
  • Oficinas de circo;
  • Esporte (vôlei e basquete);
  • Oficina de arte e moda sustentável – Tulipa Mágica;
  • Educação nutricional;
  • Música (DJ, break, rap, sampa, hip hop);
  • Arte urbana (grafite, poesia);
  • Teatro e oficina de bonecos;
  • Oficina de mangá;
  • Massa de modelar;
  • Pintura com tinta guache;
  • Lego;
  • Circuitos recreativos;
  • Quarteto de Saúde Bucal.

 

Serviço
Sesi-SP Cidadania
Local: Rua Monte Serrat, 230 – Metrô Carrão, São Paulo, capital
Data/horário: sábado (15/09), das 10h às 17h
Mais informações: tel. (11) 2291-1444

BID inaugura espaço de trabalho na sede da Fiesp, nesta 4ª feira (15/08)

Katya Manira, Agência Indusnet Fiesp

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) escolheu a Fiesp de Paulo Skaf para sediar seu espaço de trabalho fora da capital federativa.  A inauguração acontece nesta quarta-feira (15/08) às 10h, com a presença do presidente do banco, Luis Alberto Moreno.

A parceria irá agilizar o contato e facilitará a prestação de informações sobre produtos financeiros e serviços do BID aos membros da Fiesp, além de permitir que a instituição financeira acompanhe mais de perto os desafios enfrentados pelo setor privado.

Durante a inauguração, empresários de diversos setores participarão de palestra sobre o funcionamento da unidade e sobre janelas de oportunidades.

A abertura de uma sala fora de Brasília é um projeto piloto e faz parte da estratégia do Banco de aproximar-se ainda mais dos seus clientes. A ação está ancorada na transferência de conhecimento e na cooperação público-privada para o desenvolvimento de políticas que contribuam para aumentar a competitividade do setor privado brasileiro.

Programação: Inauguração Espaço de Trabalho BID

10h – Abertura
– Mario Marconini, diretor de Negociações Internacionais do Derex da Fiesp

10h15 – Palestra: ‘Janelas de oportunidade do Setor Privado do BID’
– Steve Puig, vice-presidente do setor privado do BID
– Luciano Schweizer, especialista sênior do BID

11H15 – Coffee Break

11h30 – Diálogo com os setores presentes
– Marco Marconini, diretor de Negociações do Derex/Fiesp
– Stevee Puig, vice-presidente do setor privado do BID
– Luciano Schweizer, especialista sênio do BID

12h – Encerramento
– Paulo Skaf, presidente da Fiesp
– Luiz Alberto Moreno, presidente do BID
– Benjamin Steinbruch, 1º vice-presidente da Fiesp (a confirmar)
– João Guilherme Sabino Ometto, 2º vice-presidente da Fiesp (a confirmar)
– Josué Gomes da Silva, 3º vice-presidente da Fiesp (a confirmar)

12h14 – visita à sala do BID no 4º andar e atendimento à imprensa

Sesi-SP ganha Prêmio Marca Brasil pelo 7º ano consecutivo

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

O trabalho do Sesi-SP para bem-estar e segurança no trabalho foi reconhecido pela 13ª edição do Marca Brasil, importante prêmio que laureia práticas do setor empresarial brasileiro.

A marca Sesi-SP venceu, pelo sétimo ano consecutivo, na categoria Melhor Marca de Ginástica Laboral e pela primeira vez como Melhor Marca de Serviços para a Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho (Sipat).

Nesta edição de 2012 foram pesquisadas 238 categorias de 14 setores da atividade econômica e premiadas 166 marcas de empresas ou produtos. Em 12 anos, o prêmio apurou  442 votos, pesquisou 587 categorias, abrangeu 26 setores econômicos e premiou 679 marcas de empresas ou produtos.

Fiesp realiza ciclo de palestras e sala de crédito na Fispal 2012

Edgar Marcel, Agência Indusnet Fiesp

Na Fispal, Fiesp promove ciclo de palestras e sala de crédito

Na Fispal, Fiesp promove palestras e sala de crédito

Com o objetivo de levar capacitação e informação atualizada a empresas e facilitar o acesso ao crédito com atendimento exclusivo, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), por meio de seu Departamento da Micro, Pequena e Média Indústria (Dempi), realiza ciclo de palestras e sala de crédito na Feira Internacional de Produtos e Serviços para a Alimentação Fora do Lar (Fispal 2012).

A Fispal, que acontece até o dia 28 de junho no Expo Center Norte em São Paulo, é uma das principais feiras voltada à promoção de negócios para os segmentos que operam o food service e, simultaneamente, os setores hoteleiro, cafeeiro e de tecnologia para indústria de sorvetes. Durante a feira, profissionais de todos os segmentos deste mercado se encontram para conhecer as novidades do setor e participar de eventos de qualificação profissional.

O ciclo de palestras da Fiesp aborda técnicas de conservação de alimentos, atendimento ao cliente e gestão da produção nas micro, pequenas e médias empresas, além de outros temas. Já a sala de crédito oferece oportunidades para compra de máquinas e equipamentos, construção ou reforma de instalações, entre diferentes serviços.

Para consultar a programação, clique aqui.

Serviço:
Feira Internacional de Produtos e Serviços para a Alimentação Fora do Lar
Ciclo de Palestras e Sala de Crédito
Local: Expo Center Norte – Estande da Fiesp
Data: de 25 a 28 de junho de 2012
Horário: das 13h às 21h
Rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme, São Paulo-SP
Estandes: Rua F, nº118 e Rua G, nº123

Rio-2016 deve gerar 90 mil postos de trabalho, diz Nuzman em evento na Fiesp

Flavia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Em visita à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), nesta terça-feira (26/06), o presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman apresentou aos representantes do setor produtivo paulista oportunidade de negócios nos setores de suprimento e patrocínio, durante a organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, que acontecerá na cidade do Rio de Janeiro.

Carlos Arthur Nuzman, pres. do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016

Segundo Nuzman, são esperados cerca de 11 mil atletas de 205 países durante os Jogos Olímpicos de 2016, além de milhares de profissionais da imprensa, turistas e torcedores. A expectativa dos organizadores é que o evento proporcione uma receita de US$ 11 bilhões para economia nacional, além da geração de 90 mil postos de trabalho.

Ainda de acordo com o presidente do comitê olímpico, o evento esportivo contará com um orçamento estimado em R$ 3 bilhões, que serão investidos em obras de infraestrutura, mobilidade urbana e projetos na área de segurança, o que possibilitará novas oportunidades de negócios para os setores da construção civil, logística, tecnologia da informação, serviços e petróleo e gás.

“Os Jogos Olímpicos são do Brasil. E com a união e o esforço de todos os setores, vamos mostrar ao mundo que somos capazes de organizar o maior evento esportivo do planeta. Para nós é uma honra muito grande ter o apoio e a participação da Fiesp neste projeto”, avaliou Nuzman.

Saiba mais sobre o processo de licitações de obras e serviços para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro no site http://www.rio2016.org/bens-e-servicos/bens-e-servicos

Veja o vídeo sobre a visita de Nuzman à Fiesp:

Aberta a votação para o Prêmio Melhores Práticas Sindicais

Agência Indusnet Fiesp,

Cento e oitenta e oito projetos disputam o voto dos sindicatos filiados à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) para conquistar uma vaga entre os finalistas dos Prêmio Melhores Práticas Sindicais, projeto idealizado pela federação e coordenado pela Central de Serviços (Cser) da Fiesp.

A premiação, inédita para o setor, contará com ajuda das entidades patronais na escolha dos 25 projetos finalistas. Para participar da votação é muito simples. Basta acessar o site e avaliar ações desenvolvidas pelos 50 sindicatos participantes, divididas em cinco categorias:

  • Gestão administrativa e de recursos humanos;
  • Comunicação e propaganda de associativismo;
  • Defesa setorial e promoção da inovação tecnológica;
  • Parcerias, produtos, serviços e promoção comercial;

Responsabilidade Socioambiental;

Paulo Schoueri, diretor-titular da Cser, acredita que a iniciativa facilitará a troca de experiência entre os sindicatos filiados à Fiesp, incentivando a elaboração de novos projetos.

“Este resultado só foi possível com o apoio dos sindicatos que decidiram participar da premiação e inscrever os seus melhores projetos, que, certamente, serão motivadores para os outros sindicatos que os lerem”, analisa Schoueri.


Premiação
A cerimônia de premiação dos três melhores projetos de cada categoria acontecerá no dia 7 de dezembro, durante o Happy Hour da Cser. Na ocasião, será distribuído o Manual de Boas Práticas Sindicais, que reúne os cases inscritos no prêmio.

Sindimov é homenageado em happy hour da Cser

Agência Indudsnet Fiesp,

Estimular a troca de informação e a confraternização entre as entidades sindicais filiadas à Fiesp é a proposta do happy hour, evento organizado pela Central de Serviços (Cser), que nesta terça-feira (8) homenageou o Sindicato do Mobiliário do Estado de São Paulo (Sindimov-SP), na sede da federação.

Paulo Schoueri, diretor-titular da Cser, acredita que a presença das empresas associadas aproxima, ainda mais, as empresas da rotina administrativa dos sindicatos e estimula a participação nos pleitos e projetos da entidade.

“Espero que os nossos encontros contem, cada vez mais, com a participação das empresas associadas”, comentou Schoueri.

“Parabenizo a iniciativa da Cser de promover essa reunião que fortalece o espírito de associativismo”, afirmou Pierre Alain Stauffenegger, presidente do Sindimov-SP.

O evento contou com a participação de 74 convidados, entre eles seis presidentes de sindicato e diretores de diversos departamentos da Fiesp.


Solidariedade
Para oferecer um pouco mais de conforto para as crianças, jovens e idosos de instituições filantrópicas, o Sindimov-SP participa do programa Movelaria Solidária, que utiliza a sobra de material das unidades fabris para recuperar e restaurar os móveis das entidades assistenciais. “Essa é uma das melhores ações promovidas pelo Sindimov”, destacou Stauffenegger.

A iniciativa faz parte do Arranjo Produtivo Local (APL) de Móveis da Região Metropolitana de São Paulo – formado pelo Sebrae-SP, Sindimov-SP e Sindicato da Indústria de Móveis de São Bernardo do Campo e Região (SimABC) –, que oferece cursos de capacitação e treinamento às empresas participantes do projeto, estimulando a prática do cooperativismo.

O próximo encontro da Cser acontecerá em agosto, em homenagem ao Sindicato Nacional da Indústria de Material Bélico (Simde).