Mundo Senai oferece programação especial à comunidade

 Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1545192319

Visitantes participam da oficina de confecções de brinde de couro

O conhecimento ao alcance de todos. Com este objetivo, o Serviço Nacional da Indústria (Senai-SP) abriu as portas de 79 das 130 unidades espalhadas pelo Estado de São Paulo para edição do Mundo Senai. Por três dias – de 27 a 29 de setembro –, as unidades do Senai-SP oferecem uma programação especial para que estudantes, trabalhadores e toda a comunidade possam conhecer as atividades educacionais e serviços técnicos e tecnológicos oferecidos pela instituição.

A baixa temperatura registrada na manhã desta quinta-feira (27/09), na cidade de São Paulo, não foi um empecilho para dona de casa Ana Lúcia, por exemplo, comparecer à unidade do Senai Maria Angelina V.A Franceschini, no bairro do Ipiranga, e participar da oficina de confecções de brinde de couro.

“Eu não sabia o que era o Senai e confesso que me encantei. Desde a forma como fui atendida e, também, com todo o conhecimento que eu vou conseguir absorver”, declarou, acrescentando que pretende fazer sua inscrição no curso de confeccionador de bolsa em couro sintético.

Durante a oficina, Ana Lúcia e outros participantes contaram com a ajuda de alunos, como Júlia Bolognesi, estudante do Curso de Aprendizagem Industrial (CAI) de Artefatos de Couro. “É bem legal participar deste projeto. Acho que é uma forma de as pessoas de fora conhecerem um pouco mais sobre o curso e também sobre o que a gente faz”, disse a estudante de 15 anos.

Em pouco mais de uma hora, a oficina de confecções de brinde de couro recebeu a visita de mais de 80 pessoas.

Para coordenadora de Atividades Pedagógicas do Senai Artefatos de Couro, Renata Miquelazzo Conde, o projeto Mundo Senai é uma excelente porta de entrada para que a comunidade conheça os cursos e serviços oferecidos pela instituição: “É difícil as pessoas escolherem alguma coisa que elas não conhecem. Então, a proposta do Senai Mundo é fazer com que os visitantes conheçam os cursos e, assim, aumentar o número de inscritos no processo seletivo do CAI”, explicou Renata.