Sesi Americana vence maior torneio de robótica do mundo

Alex de Souza, Agência Indusnet Fiesp

No ano passado bateu na trave, com o vice-campeonato dos alunos do Sesi de Rio Claro. Mas este ano o lugar mais alto do pódio veio. A equipe Sesi Red Rabbit, de Americana, foi a campeã geral do maior torneio de robótica educacional do mundo, o World Festival, disputado no último sábado (21/4).

Além dos americanenses, subiram ao pódio os alunos da equipe Sesi Jedi’s, que conquistaram o terceiro lugar na classificação geral. A competição reuniu 108 times de todo o mundo. Além da premiação geral, o torneio ainda teve outros brasileiros fazendo bonito nos EUA. A equipe Big Bang, do Sesi de Birigui, ficou em primeiro lugar na apresentação do projeto de pesquisa. Já a equipe Thunderbóticos, do Sesi de Rio Claro, conquistou o segundo lugar em programação do robô.

Sobre a competição

O Torneio de Robótica FIRST LEGO League é um programa internacional que promove o ensino de ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática no ambiente escolar. A cada ano o torneio estimula o trabalho colaborativo, a criatividade e traz desafios do mundo real para os alunos.

Equipe Sesi Red Rabbit, de Americana, vence World Festival. Foto: Divulgação/Sesi-SP

Criado em 1998 pela FIRST – uma organização não governamental – em parceria com o Grupo LEGO, a competição propõe que estudantes sejam apresentados ao mundo da ciência e da tecnologia de forma divertida, por meio da construção e programação de robôs feitos inteiramente com peças da tecnologia LEGO Mindstorm.

Em cada torneio, os estudantes precisam realizar quatro tarefas. Uma delas é o Desafio do Robô, em que os estudantes colocam os robôs de Lego para cumprir determinadas missões. Os robôs, projetados e construídos pelos próprios alunos, também são avaliados na categoria Design do Robô. Os times podem utilizar sensores de movimento, cor, toque, controladores e motores. Os juízes levam tudo isso em consideração, além da estratégia e programação.

Conta pontos ainda o Projeto de Pesquisa com uma solução inovadora sobre o uso da água. Por fim, na categoria Core Values, os estudantes precisam mostrar que sabem trabalhar em equipe. A competição é voltada para estudantes de 9 a 16 anos, de escolas públicas ou particulares.

Para saber mais sobre o torneio, acesse: facebook.com/roboticasesi

Sesi-SP de Americana ganha prêmio por Trabalho em Equipe na maior competição de robótica do mundo

Agência Indusnet Fiesp

Os alunos da equipe Red Rabbit, do Sesi-SP de Americana, conquistaram o primeiro lugar da categoria Trabalho em Equipe do maior evento de robótica do planeta, o FLL World Festival. E os competidores do Jedi’s, do Sesi-SP de Jundiaí, ficaram com a terceira colocação na categoria Programação. Na classificação geral as equipes paulistas ficaram entre as nove melhores do mundo na competição, disputada por 104 times entre os dias 27 e 30 de abril, em Saint Louis (EUA).

Os estudantes do Sesi-SP conquistaram o direito de participar do torneio internacional graças aos seus ótimos resultados na competição nacional, na qual o time de Americana foi campeão e os alunos de Jundiaí conquistaram o segundo lugar.

No FLL World Festival, além das provas práticas, com os robôs, os estudantes devem apresentar, em inglês, um projeto de pesquisa relacionado ao assunto da temporada. Para este ano, a competição teve como tema Trash Trek. Como parte do desafio, os alunos têm que identificar problemas relacionados ao lixo e apontar soluções inovadoras para diminuir a sua produção, indicando maneiras eficientes de realizar o reaproveitamento de resíduos e o transporte e armazenamento desses materiais descartados.

Os times também participam do Desafio do Robô, modalidade em que os alunos constroem e programam um robô autônomo capaz de cumprir missões predeterminadas. A prova é realizada em uma mesa de competição, na qual os robôs devem executar as tarefas programadas em até dois minutos e meio.

Outras competições internacionais

De 4 a 7 de maio outras três equipes do Sesi-SP vão participar de um torneio no exterior. Os times Sesi Mega Snakes, de Boituva, Sesi Thunderbóticos, de Rio Claro, e Sesi Robotic School, de Ourinhos, disputarão o Open European Championship, em Tenerife, Espanha.

E de 1º a 4 de junho as equipes Sesi Fênix, de Bauru, e Sesi Robotic Generation, de São José do Rio Preto, participarão do Philippine Islands Invitation, em Mactan Cebu, Filipinas.

O torneio de robótica tem como parceira a organização norte-americana For Inspiration and Recognition of Science and Technology (FIRST), fundada em 1989 para estimular o ensino e a prática da ciência e da tecnologia entre os jovens. Mundialmente, a entidade congrega mais de 212 mil estudantes, 19 mil times, 17,5 mil robôs, 57 mil mentores e 33 mil voluntários.

Para saber mais sobre os times do Sesi-SP acesse: facebook.com/roboticasesi.

Equipe Red Rabbit, do Sesi-SP de Americana, no FLL World Festival. Foto: Divulgação

 

Sesi-SP domina pódio de Torneio de Robótica e conquista vaga para mundial

Agência Indusnet Fiesp

Pela quarta vez, alunos do Sesi-SP estiveram no lugar mais alto do pódio na Etapa Nacional do Torneio de Róbotica, categoria First Lego League. Os estudantes da equipe Sesi Red Rabbit, de Americana, foram os campeões da sétima edição do torneio, realizado em Taguatinga, no Distrito Federal, de 18 a 20 de março.

Além do título nacional, a equipe conquistou o direito de disputar o FLL World Festival, a maior competição de robótica do mundo, que será realizada em St. Louis, EUA, em abril. Além da primeira colocação, o Sesi-SP também conquistou o segundo e o terceiro lugares com as equipes Sesi Jedi’s, de Jundiaí, e Sesi Mega Snakes, de Boituva.

Soluções para resíduos – Para esta temporada, a competição tem como tema Trash Trek. Como parte do desafio, os alunos devem identificar problemas relacionados ao lixo e apontar soluções inovadoras para diminuir sua produção, indicar maneiras eficientes de realizar o reaproveitamento de resíduos, bem como o transporte e o armazenamento desses materiais descartados.

Os times também participam do Desafio do Robô, modalidade da competição em que os alunos constroem e programam um robô autônomo capaz de cumprir missões predeterminadas. A prova é realizada em uma mesa de competição, na qual os robôs devem executar as tarefas programadas em até dois minutos e meio.

Para saber mais sobre o 7º Torneio de Robótica, acesse: facebook.com/roboticasesi.

Red Rabbit comemora
Equipe Sesi Red Rabbit comemora vitória na etapa nacional do Torneio de Robótica. Foto: Mario Castello