Recuperação de ambientes hídricos é debatida em encontro na Fiesp

Solange Sólon Borges, Agência Indusnet Fiesp

Márcio Rosa Rodrigues de Freitas, coordenador geral de avaliação e controle de substâncias químicas do Ibama. Foto: Helcio Nagamine/Fiesp

Departamento de Meio Ambiente (DMA) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp)promoveu na quinta-feira (12/09) uma mesa-redonda sobre produtos remediadores para áreas contaminadas. O objetivo foi o de debater o controle da utilização de produtos ou processos para recuperação de ambientes hídricos.

No encontro, o coordenador geral de avaliação e controle de substâncias químicas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Márcio Rosa Rodrigues de Freitas,  destacou que o evento era um espaço importante para ouvir todos os segmentos envolvidos e, assim, aprimorar as normas que regulamentam o assunto.

Após o debate, o representante do Ibama reuniu diversas propostas que deverão ser consideradas nas discussões em andamento na Câmara Técnica de Qualidade Ambiental e Gestão de Resíduos do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). Na Câmara Técnica, Freitas coordena o Grupo de Trabalho “Recuperação de Ambientes Hídricos – Controle da utilização de produtos ou processos para recuperação de ambientes hídricos”.

A mesa redonda contou com a participação de Giovanna Setti, Alexandre Maximiano e Thiago Gomes, representantes da Associação Brasileira das Empresas de Consultoria e Engenharia Ambiental (Aesas), e de Vicente de Aquino Neto, engenheiro do Departamento de Áreas Contaminadas da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb).