Fiesp recebe Comissão e propõe ajuda para capacitação profissional

Agência Indusnet Fiesp

O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, recebeu nesta quinta-feira (27/10), a Comissão Interina para Reconstrução do Haiti, na sede da entidade. No encontro, Pierre Nadji, chefe da comissão, convidou empresários brasileiros dos setores têxtil, calçadista, construção civil e energia, a participar de uma Conferência Empresarial no Haiti em novembro, com objetivo de apresentar as oportunidades de negócios naquele país.

Skaf, que viajou a capital haitiana Porto Príncipe em agosto deste ano, a convite do Exército Brasileiro, para conhecer a missão de paz no Haiti, renovou o convite para que o presidente Michel Martelly venha à Fiesp. “Estamos dispostos a preparar a recepção ao presidente Martelly e apresentar a ele os setores com afinidade de negócios”, afirmou o líder empresarial.

Preocupado com o alinhamento político no Haiti, Paulo Skaf sugeriu que o encontro de investimento com o Brasil aconteça após a elaboração de um grande projeto de reconstrução do país, que apresenta déficit habitacional de 200 mil moradias. Como o setor mais urgente neste processo é o da construção civil, ofereceu ajuda na capacitação de mão de obra por meio do Senai, o que geraria empregos para os haitianos.

“Se existir um grande plano de reconstrução e captação de recursos, haverá muitos empregos que vão gerar consumo que, por sua vez, suscitará o comércio, e o Haiti passará a ter o seu próprio mercado”, analisou Skaf.