Paulo Skaf é eleito ‘Personalidade do Ano 2012’ pela Câmara de Comércio Brasil na França

Agência Indusnet Fiesp


Imagem relacionada a matéria - Id: 1544555068

Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp. Foto: Junior Ruiz

O presidente da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), Paulo Skaf, foi o brasileiro escolhido pela Câmara de Comércio do Brasil na França (CCBF) para receber o título de “Personalidade do Ano 2012”.

A cerimônia está programada para o dia 6 de novembro, em jantar de gala no hotel George V, em Paris.

Skaf receberá o título “em virtude de suas notáveis contribuições para a promoção do comércio e dos investimentos entre Brasil e França”, conforme informa nota distribuída à imprensa pela CCBF. “Desde que assumiu a presidência da Fiesp, Skaf vem ampliando o intercâmbio com a França. Até hoje foram realizados mais de 40 eventos e reuniões bilaterais, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo”, completa a nota.

São esperados 300 convidados para o evento. Pelo lado francês, o homenageado será o presidente do Grupo Casino, Jean-Charles Nauri. Na ocasião também será celebrado o terceiro aniversário da Câmara de Comércio do Brasil na França.

O “Prêmio Personalidade do ano” foi criado em 2010.  A CCBF elege duas personalidades, uma francesa e outra brasileira, para serem homenageadas, em razão de suas contribuições à promoção das relações econômicas entre o Brasil e a França.

Câmara de Comércio do Brasil na França

A Câmara de Comércio do Brasil na França tem como principal objetivo intensificar as relações comerciais entre os dois países. Sua missão é a de facilitar as trocas entre franceses e brasileiros de modo a impulsionar o intercâmbio comercial entre ambos.

A CCBF atua com a finalidade de promover e facilitar os contatos comerciais, possibilitando o encontro de seus membros e da comunidade empresarial com personalidades do mundo acadêmico, político, financeiro e industrial. São discutidos temas econômicos, jurídicos e comerciais que interessam as relações econômicas franco-brasileiras.

A presidência é de Carlos Ghosn e a direção, do embaixador Philippe Lecourtier.

*atualizada com correções em 22/10/12

Diretor-titular do Deagro/Fiesp recebe prêmio da Sociedade Nacional de Agricultura

Agência Indusnet Fiesp.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544555068

Benedito da Silva Ferreira, diretor-titular do Deagro (à esquerda), recebe o prêmio das mãos do diretor da SNA, Carlos Malta. Premiação SNA. Foto: Divulgação SNA

O diretor Benedito da Silva Ferreira, titular do Departamento do Agronegócio (Deagro) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), recebeu na quinta-feira (04/10), no Rio de Janeiro, o prêmio “Destaques – A Lavoura”.

O prêmio é concedido pela Sociedade Nacional de Agricultura (SNA).

Benedito da Silva Ferreira foi reconhecido na categoria “Informação”. De acordo com a justificativa da SNA, “a instituição [Deagro/Fiesp] tem colaborado ativamente com o setor do agronegócio, sistematizando e divulgando informações relevantes para a tomada de decisão dos produtores rurais.”

A premiação da revista “A Lavoura” – mais antiga publicação do setor – visa homenagear pessoas que contribuem de maneira relevante para o desenvolvimento do setor agrícola brasileiro. O reconhecimento recebeu destaque no site da revista Globo Rural.

O Deagro

Em alinhamento com sua missão, o Deagro presta serviços à indústria e à comunidade do agronegócio com uma série de publicações, boletins informativos e informes sobre a legislação.

Destacam-se publicações como “Tendências do Agronegócio (Outlook Brasil 2022)” e “Brasil Food Trends 2020”; boletins como “Balança Comercial do Agro”, “IPCA – Alimentação e Bebidas”, “Safra Brasileira de Grãos”, “Safra Mundial de Milho” e “Safra Mundial de Soja”; e os informes “AgroLegis Federal” e “AgroLegis Estadual”, entre outros.



Honda Automóveis e Micro-Química são as grandes vencedoras do 18º Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544555068

Honda Automóveis recebe troféu de 1º lugar na categoria médio e grande

Em reconhecimento às melhores práticas de sustentabilidade adotadas por empresas instaladas em território paulista, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), por meio de seu Departamento de Meio Ambiente (DMA), divulgou na noite desta quarta-feira (27/06) os vencedores do 18º Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental. A edição deste ano recebeu um total de 41 cases, inscritos nas categorias micro e pequeno porte (até 99 empregados) e médio e grande porte.

Com o projeto “Redução na emissão de Compostos Orgânicos Voláteis (VOC) nos processos produtivos”, a Honda Automóveis foi a grande vencedora da categoria médio e grande porte. Na categoria micro e pequena empresa, o primeiro lugar ficou com a empresa Micro-Química Produtos para Laboratórios Ltda, com o projeto “Viabilidade da melhoria competitiva através da sustentabilidade e gestão do meio ambiente“.

Antes de entregar os troféus aos ganhadores, o vice-presidente da Fiesp e diretor-titular do DMA, Nelson Pereira dos Reis, destacou os avanços realizados pelo setor produtivo na preservação do meio ambiente. “Este ano recebemos cases de mais de 40 empresas e ficamos muito satisfeitos com a qualidade dos projetos. Todos estão de parabéns e merecem os nossos aplausos. Isso só comprova que a indústria, definitivamente, está incorporada e engajada neste grande esforço em prol da sustentabilidade”, declarou.

Presente à solenidade, o secretário municipal do Meio Ambiente, Carlos Fortner,  parabenizou a iniciativa da Fiesp e convidou os participantes a refletir sobre as ações realizadas pela sociedade em prol da sustentabilidade. “A preservação do meio ambiente é um dever de todos. Estes valores precisam ser embutidos na rotina dos trabalhadores da indústria e de toda a sociedade”, afirmou.

Quebra de paradigma do setor produtivo

O supervisor de planejamento ambiental da Honda Automóveis, Raphael Politori, disse que o prêmio é resultado do trabalho desenvolvido pela empresa, onde funcionários são motivados a desenvolver projetos na área de gestão ambiental. Além disso, Politone comemorou o que classifica como quebra de paradigma do setor produtivo que, segundo ele, até alguns anos atrás considerava a adoção de políticas de sustentabilidade como um ônus para o empreendimento.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544555068

Micro-Química recebe troféu de 1º lugar na categoria micro e pequena empresa.

“Alguns anos atrás, o meio ambiente era visto pelas empresas como um centro de custo e não um departamento. Hoje, esta percepção mudou. As empresas perceberam a importância dos projetos de sustentabilidade para o produtos, os consumidores e também para os seus colaboradores”,  sublinhou.

Ao receber o prêmio de primeiro lugar na categoria micro e pequena empresa, o diretor comercial da Micro-Química Produtos para Laboratórios Ltda, Cláudio Hanaoka, disse que os projetos socioeducativos na área ambiental, desenvolvidos pela indústria junto aos funcionários nos últimos dez anos, foram decisivos para conquista.

“É com muita satisfação e orgulho que a nossa empresa recebe esta premiação. Este é o resultado de um trabalho árduo, muitas vezes solitário, no qual nós enxergamos novas oportunidades”, afirmou Hanaoka. E completou: “As empresas que não colocarem no seu planejamento estratégico a questão do meio ambiente e de sustentabilidade fatalmente chegarão ao fracasso”.