Infraestrutura brasileira é um dos alvos de missão comercial norte-americana, diz secretária Rebecca Blank

Juan Saavedra, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540073468

Rebecca Blank e Paulo Skaf: fortalecimento dos laços entre EUA e Brasil. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Durante visita à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na manhã desta terça-feira (14/05), a secretária interina de Comércio dos Estados Unidos da América (EUA), Rebecca Blank, disse que um dos objetivos da missão comercial norte-americana é tratar da redução do passivo de infraestrutura brasileiro num cenário que prevê grandes eventos como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos Rio-2016.

Blank assinalou que o momento é importante para fortalecer a relação entre EUA e o Brasil. “Acho que os elos que estão sendo construídos aqui são o progresso lógico na relação com o Brasil”, afirmou ela logo após apresentar cerca de 30 integrantes da comitiva formada por executivos ligados a empresas de setores como energia, aviação, construção e tecnologia da informação, entre outros.

A secretária lembrou ainda que, como parte do esforço de aproximação bilateral, o vice-presidente dos EUA, Joe Biden, tem programada uma visita ao Brasil na última semana de maio, e que as duas nações, como líderes dos negócios no hemisfério ocidental, devem melhorar suas relações. “Vamos ao trabalho”, exortou.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540073468

Carlos Cavalcanti, Susan Kurland e Rebecca Blank. Diretor da Fiesp disse que Brasil tem oportunidades para empresas de planejamento, gestão de projetos, engenharia e grupos de investimento. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Outra representante do governo, a subsecretária de Aviação e Assuntos Internacionais dos EUA, Susan Kurland, disse estar muito animada com a aproximação entre os países. Ela recordou que o presidente Barack Obama visitou o Brasil em 2010, ocasião em que assinou um memorando de cooperação com duração de quatro anos. “Nesse período, já vimos o aumento do fluxo de passageiros para 2,3 milhões de viajantes e as empresas aéreas dos dois países aumentaram seus voos.”

Kurland informou que na véspera tivera encontros produtivos em Brasília com os ministros Wellington Moreira Franco (secretaria de Aviação Civil) e César Borges (Transportes). Entre os temas de pauta com Moreira Franco, as concessões em aeroportos. Com Borges, uma parceria para que os dois governos passem a se reunir para discutir temas de interesse comum.

Asubsecretária disse ainda que o governo norte-americano pretende investir em uma parceria com o Brasil no setor de aviação. “Identificamos 13 temas de interesse comum.”

Oportunidades

O diretor titular do Departamento de Infraestrutura da Fiesp, Carlos Cavalcanti, explicou algumas das mudanças anunciadas pelo governo federal, destacando que o regime de concessões em rodovias, ferrovias, portos e aeroportos representa uma guinada em direção às políticas defendidas pela Fiesp – a participação do setor privado em investimentos e gestão de ativos de infraestrutura.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540073468

Na foto, da esquerda para direita, na mesa: Carlos Cavalcanti, Susan Kurland, Rebecca Blank, Skaf, Thomas Shannon, Rubens Barbosa, Humberto Luis Ribeiro da Silva e Roberto Giannetti da Fonseca. Foto Ayrton Vignola/Fiesp

“Aqui é um país, com certeza, de grandes oportunidades para empresas de planejamento, de projetos, de gestão operacional e de fundos de investimentos, para não dizer de firmas de engenharia que venham a se instalar no Brasil e disponibilizar expertise para esse grande momento que o Brasil começa a viver, ainda arrumando a casa”, disse Cavalcanti.

Também participaram do encontro, entre outros, o secretário de Comércio e Serviços do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC),  Humberto Luiz Ribeiro da Silva; o presidente do Conselho Superior de Comércio Exterior (Coscex), embaixador Rubens Barbosa; o diretor titular do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior (Derex), Roberto Giannetti da Fonseca; e dois diretores titulares adjuntos do Derex: Thomaz Zanotto e Mario Marconini.

O evento contou ainda com uma mesa-redonda com empresas brasileiras de infraestrutura.

Encontro no gabinete

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540073468

Paulo Skaf, Rebecca Blank e Thomas Shannon. Foto: Junior Ruiz/Fiesp


Mais cedo, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, recebeu em seu gabinete, para um encontro reservado, a secretária Rebecca Blank, a subsecretária Susan Kurland, o embaixador dos EUA no Brasil, Thomas Shannon.


Foto: Fiesp recebe secretária de Comércio dos EUA, Rebecca Blank, e delegação de empresários

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540073468

Presidente Paulo Skaf dá as boas vindas à secretária de Comércio dos EUA, Rebecca Blank, e aos empresários americanos do setor de infraestrutura. Participaram do encontro o diretor-titular do Departamento de Infraestrutura da Fiesp, Carlos Cavalcanti; o embaixador dos EUA no Brasil, Thomas Shannon; o embaixador Rubens Barbosa, presidente do Conselho Superior de Comércio Exterior da Fiesp; e Susan Kurland, subsecretária de Aviação e Assuntos Internacionais, entre outros. Foto: Ayrtn Vignola/Fiesp