Competitividade do Brasil aumenta cinco pontos em 11 anos, mostra ranking mundial da Fiesp

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

Entre 2000 e 2011, o índice de competitividade do Brasil passou de 17,4 pontos para 22,5 pontos, um ganho de 5,1 pontos, apontou um ranking produzido pelo Departamento de Competitividade da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, divulgado nesta segunda-feira (26/11). Com esse desempenho, o país obteve, em 2011, a 37a colocação.

Por outro lado, conforme o estudo, a Coreia do Sul apresentou um crescimento de nove posições no mesmo período, enquanto a China mostrou um aumento de competitividade de oito colocações, seguida pela Irlanda, com ganho de sete posições entre 2000 e 2011.

O Índice de Competitividade Fiesp (IC-Fiesp 2012) apurou que o aumento da produtividade da indústria, do gasto com pesquisa e desenvolvimento, do registro de patentes e do investimento em educação foram vetores do crescimento nesses países que lideraram o desempenho competitivo entre 2000 e 2011.

De acordo com o ranking, a Suécia, a Finlândia e o Japão foram os países que mais perderam competitividade entre 2000 e 2011, com um decréscimo de nove, oito e sete posições, respectivamente.

Clique aqui e veja ranking na íntegra.