Sesi-SP inaugura quadra poliesportiva e faz homenagem à ex-atleta em Birigui

Juan Saavedra, Agência Indusnet Fiesp, de Birigui

Depois de passar a manhã desta sexta-feira (16/05) em Araçatuba, o presidente do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, seguiu para a vizinha Birigui.

Grão (sentado) no descerramento de placa com o presidente do Sesi-SP, Paulo Skaf. Foto: Everton Amaro/Fiesp

 

No conhecido polo calçadista, Skaf inaugurou a nova quadra poliesportiva da Escola do Sesi-SP, localizada no Centro de Atividades Ministro Dilson Funaro. O novo espaço recebeu o nome do ex-jogador de basquete Luiz Antônio Cezar, o Grão, de 78 anos, que em seu auge chegou a ser convocado para integrar a seleção paulista de basquetebol.

O agradecimento foi feito pelo filho ex-atleta, Laercio Cezar, que disse tratar-se mais do que uma homenagem porque será um espaço para aprendizado. “O que essas crianças podem aprender, tendo o esporte como base… só pode surgir coisas boas.”

Em seu discurso, o presidente da entidade passou a palavra ao diretor da Fiesp e coordenador do Comitê da Cadeia Produtiva do Couro da entidade, Samir Nakad, nascido e criado em Birigui. Nakad disse que foi inspirado por Grão quando este era ícone de uma equipe de basquete que marcou época. E desceu do palanque para dar um abraço no ex-jogador. “Todos nós somos muito gratos ao Grão.”

Walter Vicioni Gonçalves também falou sobre o novo patrono da quadra. “Meu caro Grão, o senhor passa inspirar crianças e jovens.”

PAF

Skaf com os alunos em Birigui: vontade de fazer a diferença na educação. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Skaf com os alunos em Birigui: vontade de fazer a diferença na educação. Foto: Everton Amaro/Fiesp

O evento teve ainda a assinatura do convênio para o desenvolvimento do Programa Atleta do Futuro (PAF), iniciativa em que o Sesi-SP orienta professores dos municípios para aplicar sua metodologia de formação esportiva para crianças e jovens. O convênio foi assinado pelo prefeito de Birigui, Pedro Barnabé, e pelos prefeitos dos municípios de Bilac, Buritama e Brejo Alegre. Nos quatro municípios, o programa atenderá 1.483 alunos da rede pública em diversas modalidades esportivas.

Ao discursar, o prefeito de Birigui elogiou o olhar do Sesi-SP para a educação. “Obrigado por esse investimento de mais de 40 milhões em nossa cidade”, agradeceu, referindo-se à obra no terreno ao lado do CAT, em que está sendo erguido um prédio para abrigar uma nova escola do Sesi-SP.

Paulo Skaf disse que de nada adiantaria sua vontade ou da indústria paulista se não fossem “a vontade e a determinação de guerreiros e guerreiras que fazem a educação no dia a dia”, pedindo uma salva de palmas para os educadores.

Mencionando que o PAF já chegou a aproximadamente 240 municipios e quase 100 mil anos, Skaf pediu aos alunos que aproveitem o máximo a quadra e pratiquem esporte.

O presidente da Fiesp e do Sesi-SP encerrou sua passagem pela cidade com uma rápida visita à feira de animais da iniciativa #adotei, parceria do Sesi-SP com a apresentadora Luiza Mell.

O evento contou com a presença de autoridades municipais e do legislativo federal e estadual.

Indústria prioriza educação e esporte, diz presidente da Fiesp e do Sesi-SP em Boituva

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp, de Boituva

O setor produtivo paulista tem estimulado o crescimento do país por meio de suas instituições educacionais, afirmou na tarde desta sexta-feira (07/03), em Boituva, município a 122 kms da capital, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf.

“A indústria prioriza o esporte, a educação e não é só em seu discurso”, disse Skaf ao participar da homenagem ao esportista Edir De La Matta, nomeado patrono da quadra poliesportiva do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) de Boituva.

Paulo Skaf com professores e alunos do Sesi-SP de Boituva. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

 

“Fico muito feliz em ver que toda a orientação e os sonhos daquilo que inauguramos há dois anos continuam sendo realizados”, destacou Skaf ao falar da escola inaugurada em março de 2012. A unidade recebeu um investimento de R$14 milhões para a construção de um novo prédio e de uma quadra poliesportiva.

Nascido em Boituva, Edir De La Matta dedicou mais de 50 de seus 75 anos ao futebol, conciliando a atividade com a carreira em contabilidade abraçada no início dos anos 70.

“Isso é uma emoção muito grande. Eu me sinto muito honrado. Como esportista me resta dizer que o esporte é o que sustenta vida, mas também é preciso que se dedique ao estudo. Educação e esportes é o que o Brasil precisa”, afirmou De La Matta.

Para o diretor da Divisão de Esportes e Qualidade de Vida do Sesi, Alexandre Pflug, a cerimônia “foi mais um momento histórico para o esporte do Sesi-SP e uma justa homenagem”.

O prefeito de Boituva, Edson Marcusso, também participou da cerimônia e aproveitou a ocasião para pedir a Skaf, como presidente do Sesi-SP e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP), mais parcerias com as entidades para formação profissional.

“Recentemente uma pesquisa mostrou que Boituva foi a cidade que mais criou emprego em São Paulo. Então, tem demanda para formação de mão de obra. Gostaria pedir ao senhor para olhar com carinho esse nosso pedido”, disse o prefeito.

Atleta paralímpico é nomeado patrono da nova quadra poliesportiva do Sesi-SP em Suzano; Paulo Skaf destaca capacidade de superação dos atletas

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp, de Suzano

A emoção marcou a inauguração de uma quadra poliesportiva na unidade do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) em Suzano, na manhã deste sábado (23/11). Pela primeira vez, foi escolhido como patrono da quadra um atleta paralímpico: Adriano de Andrade Silva, campeão paulista, brasileiro e mundial de bocha.

Paulo Skaf e Adriano de Andrade Silva. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

 

Com a plateia formada por atletas de várias modalidades paraolímpicas, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Sesi-SP, Paulo Skaf, destacou a força e a superação de todos. “De coração, quero agradecer e parabenizar demais cada um de vocês. Vocês são o grande orgulho do Brasil. Pela luta, pela garra, pela determinação, pela fé, pelo esforço e pelo trabalho.”

“Um evento como esse é emocionante. Todos nós, muitas vezes, reclamamos da vida. Essas pessoas, com as dificuldades que têm, estão superando, ganhando medalhas, dando exemplo, sorrindo e ensinando aos outros”, afirmou o presidente.

Paulo Skaf parabenizou paratletas: “Vocês são o grande orgulho do Brasil.” Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Emocionado, Adriano de Andrade Silva, afirmou estar honrado pela homenagem, mas que ela não era apenas para ele, mas sim para todos os atletas paralímpicos. “Está batendo forte o coração, está a mais de mil por hora”, declarou o atleta. “Agradeço ao Paulo Skaf por não nos olhar como pessoas com deficiência, mas como pessoas capazes de realizar grandes coisas e buscar um futuro melhor. Não medirei esforços para continuar levando o nome do Sesi-SP para os lugares mais altos do pódio.”

A mãe de Adriano, Lindalva, também deu seu depoimento, sem esconder as lágrimas. “Meu filho era uma pessoa sem alegria, com uma vida sofrida. Quando ele veio para o Sesi-SP, a vida dele se transformou. Como mãe, eu me sinto feliz por ver o meu filho fazendo parte dessa equipe.”

Skaf aproveitou a oportunidade e chamou ao palco um representante de cada modalidade paralímpica do Sesi-SP, para que eles pudessem dar seus depoimentos. Atletas de goalball, futebol de sete, atletismo e vôlei sentado falaram de suas trajetórias.

“Mais do que vitórias na quadra, o vôlei nos traz conquistas pessoais. Além da reabilitação física, conseguimos, por meio do esporte, a reabilitação emocional e social. Eu era atleta antes do meu acidente e tenho um prazer imenso de poder dizer, novamente, que eu sou atleta”, declarou Ana Paula de Araújo Alves, atleta do vôlei sentado.

Paulo Skaf e Walter Vicioni com atletas de esportes paralímpicos. Foto Tâmna WaquedFiesp

O superintendente do Sesi-SP, Walter Vicioni Gonçalves ressaltou a importância do exemplo que os atletas paraolímpicos dão para a sociedade. “Nada mais justo que indicar a figura do Adriano de Andrade Silva como exemplo de superação e luta para a conquista de um lugar legítimo de dignidade e reconhecimento social”, disse.

“O trabalho que é feito no esporte paralímpico em Suzano é um exemplo a ser seguido. Faz com que a gente queira ir mais longe para conseguir construir uma nação em que todos possam ser inclusas e brilhar.”

O evento teve ainda o lançamento oficial de mais uma modalidade olímpica do programa “Atleta do Futuro” do Sesi-SP: o hóquei sobre a grama. Com atividades já iniciadas em Suzano e em Mogi das Cruzes, as aulas do esporte já têm cerca de 80 alunos.

Em Guarulhos, Paulo Skaf inaugura quadra poliesportiva e celebra aniversário e ampliação do Try Rugby

Felipe Agne, Agência Indusnet Fiesp

Criar novos espaços para a prática esportiva, homenagear um grande atleta e comemorar a ampliação de um projeto esportivo que atende 10 mil jovens e crianças. Assim foi a manhã deste domingo (06/10) no Centro de Atividades do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) “Morvan Dias de Figueiredo”, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Sesi-SP, Paulo Skaf, inaugurou a nova quadra poliesportiva na unidade. O patrono é Carlos Domingos Massoni, o “Mosquito”, ex-jogador de basquete que se destacou com diversas conquistas em jogos de campeonatos mundiais e olimpíadas defendendo o Brasil.

“Hoje estamos inaugurando uma quadra nova, com o nome do ‘Mosquito’, que é um atleta que foi campeão várias vezes, foi medalhista olímpico, e vamos homenageá-lo”, afirmou Skaf.

Atletas, treinadores e profissionais do Sesi-SP Esporte acompanharam o evento em Guarulhos. Foto: Beto Moussalli/Fiesp

“É uma grande honra receber esta homenagem. Eu sou um homem de poucas palavras. Desejo que assim como meu nome ficará marcado neste ginásio, que o meu exemplo de amor ao esporte também permaneça vivo no coração de todos os jogadores e atletas deste país”, declarou “Mosquito”.

Try Rugby será ampliado para 14 mil alunos

“O rugby é mais um esporte olímpico a partir de 2016. Por isso nós decidimos implantar um programa para 10.000 alunos na rede Sesi-SP que deve se encerrar agora, em dezembro de 2013. E para o próximo ano nós vamos ampliar para mais 4 mil alunos, ou seja, teremos 14 mil alunos treinados em rugby. Hoje temos aqui o campeonato das 12 escolas com quase mil alunos que treinaram rugby”, afirmou Paulo Skaf.

O presidente explicou a importância de investir na divulgação de outros esportes no Brasil. O Sesi-SP tem hoje 20 modalidades de esporte de rendimento. Informou que mais sete escolas serão incluídas na ampliação do programa de rugby, que teve neste ano investidos R$ 1,4 milhão. “Isso não aconteceu só por vontade do Sesi-SP ou só por vontade do presidente do Sesi-SP, nem só pela vontade dos nossos alunos. Isso aconteceu pela dedicação e pela competência dos nossos professores”, lembrou o presidente.

“O Sesi-SP é um grande parceiro nosso. Temos de agradecer ao presidente Skaf pelo apoio tanto na área cultural quanto no esporte. É um grande prazer estar aqui pelo British Council. Há mais de 100 anos, o brasileiro Charles Muller trouxe um esporte britânico para para o Brasil, o futebol, mas ele também jogava rugby, que não decolou naquela época. A ideia e que agora decole”, disse Eric klug, diretor sênior de parcerias do British Council de São Paulo.

Igor Rogério, 15 anos, é aluno do Sesi-SP e começou a treinar rugby desde o início do proejto. “Estou achando muito legal. Comecei com os meus amigos, porque a gente não conhecia nada e se interessou pelo esporte. Acho que esta iniciativa está ajudando a divulgar e o rugby ainda vai ser grande no Brasil”, declarou.