Sesi premia empresas com boas práticas de responsabilidade social

Flávia Dias e Marília Carrera, Agência Indusnet Fiesp

Visando reconhecer as melhores práticas de responsabilidade social e qualidade de trabalho adotada por empresas instaladas no Estado de São Paulo, o Serviço Social da Indústria (Sesi) realizou nesta quarta-feira (24/10) a solenidade de premiação das 30 empresas vencedoras da 15ª edição do Prêmio Sesi de Qualidade no Trabalho (PSQT 2012). A cerimônia aconteceu no salão nobre da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539834115

Vencedores do Prêmio Sesi Qualidade no Trabalho. Foto: Julia Moraes

A edição deste ano recebeu 116 cases enviados por 88 empresas, divididas em três categorias: micro/pequena, média empresa e grande empresa.

Durante a solenidade, o superintendente do Sesi-SP, Walter Vicioni, parabenizou os representantes das empresas. “Não existe lugar mais privilegiado para formação das pessoas do que o próprio sistema produtivo. Porque ele mostra valores, desenvolve senso de responsabilidade, sensibilização para os riscos e o trabalho em equipe. Por isso, o Sesi criou esse prêmio de qualidade de vida, com intenção de valorizar as políticas concretas de recursos humanos”, ressaltou Vicioni.

Com esse propósito, a empresa Queennut Macadamia – premiada na categoria Ambiente de Trabalho Seguro e Saudável – desenvolveu um projeto que zela pela segurança dos funcionários do campo e da indústria. Segundo a representante da empresa, Maria Teresa Egreja Camargo, o prêmio foi recebido com muita alegria pelos funcionários: “Toda a equipe se sentiu muito orgulhosa e recompensada”, afirmou Camargo.

Para gerente de Reponsabilidade Social do Sesi Nacional, Suemi Mori, as empresas participantes do Prêmio PSQT são reconhecidas como socialmente responsáveis, tornando-se, com isso, mais competitivas no mercado. Segundo Mori, nos últimos anos houve um crescimento significativo de projetos inscritos por micro e pequenas empresas.

“A grande maioria das empresas escritas no PSQT são pequenas e micros. Então, a gente consegue ver que elas entenderam o conceito [sustentabilidade e qualidade de vida no trabalho] e a sua importância. Por isso, estão adotando estas práticas nas suas empresas” avaliou Mori.

Premiada na categoria Desenvolvimento Socioambiental, a P B Zanzini & CIA Ltda elaborou um programa de reciclagem na cidade de Dois Córregos, no interior de São Paulo, que beneficia a população local. Para o coordenador de sistema de gestão da empresa, Paulo Fernando Fuzer Grael, o prêmio significou o reconhecimento dos valores da organização, sobretudo, no que diz respeito ao meio ambiente.

“Desenvolvemos um trabalho com a comunidade dois-correguense, no qual todo o dinheiro proveniente da venda de material reciclável é destinado à capacitação dos próprios funcionários e colaboradores da empresa”, explicou.

Para conhecer as empresas vencedoras da Etapa Nacional do Prêmio 2012 e das edições anteriores, clique aqui.

:: Saiba mais sobre o Prêmio aqui


PSQT 2012: conheça as empresas vencedoras da etapa estadual da 15ª edição

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Em reconhecimento às melhores práticas de responsabilidade social e qualidade do trabalho adotadas por empresas instaladas em território paulista, o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) divulga os 30 projetos vencedores da etapa estadual da 15º edição do Prêmio Sesi de Qualidade no Trabalho – PSQT 2012.

A edição deste ano recebeu 116 cases enviados por 88 empresas, divididas em três categorias: Micro/Pequena, Média Empresa e Grande Empresa.

Os projetos foram divididos em seis categorias: cultura organizacional, gestão de pessoas, educação e desenvolvimento, ambiente de trabalho seguro e sustentável, inovação e desenvolvimento socioambiental. A solenidade de premiação acontecerá no dia 24 de outubro, na capital.

De acordo com a organização do Prêmio, os processos de inscrição, descrição de projetos e avaliação dos cases ocorreram sistematicamente pela internet, o que proporcionou mais agilidade, transparência e a redução do consumo de papel, contribuindo desta forma com a preservação do meio ambiente.

Além disso, os participantes são reconhecidos no mercado como empresas socialmente responsáveis, tornando-se mais competitivas e registram um aumento significativo dos índices de motivação, produtividade, comprometimento e satisfação de seus colaboradores.

A legitimidade da empresa socialmente responsável cria oportunidades de agregar ao negócio os benefícios sociais, ambientais e econômicos gerados, fortalecendo a imagem de marca associada à sustentabilidade.

Confira aqui as vencedoras da Etapa Estadual e as empresas classificadas para a Fase Nacional.