‘Atleta do Futuro’ vai atender cerca de 800 crianças e jovens em Vargem Grande Paulista

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp, de Vargem Grande Paulista

O Programa Atleta do Futuro (PAF), iniciativa do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), chegou a Vargem Grande Paulista neste sábado (23/09). A parceria para o desenvolvimento do programa esportivo irá atender 796 jovens entre seis e 17 anos.

José Montanaro Júnior, gestor da modalidade de vôlei do Sesi-SP, representou a entidade na solenidade, realizada no Centro de Atendimento ao Idoso do município, localizado a aproximadamente 50 quilômetros da capital.

Montanaro, durante seu discurso, ressaltou a importância de os jovens terem contato com o esporte desde cedo.

“Dediquem-se ao esporte, sem se esquecer dos estudos”, aconselhou ao falar com dezenas de crianças da região presentes. “Sonhem. Não tenho dúvida que o esporte pode mudar a vida de vocês, como mudou a minha”, completou Montanaro.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540150391

Montanaro: "Esporte pode mudar a vida de vocês, como mudou a minha”. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

Para o prefeito de Vargem Grande Paulista, Roberto Rocha, o Sesi-SP é uma referência na formação de esportistas e cidadãos. “Esse projeto dará chance para que nossas crianças se destaquem. Só a participação no PAF já torna nossas crianças vencedoras, pois elas terão seu espirito de cidadania desenvolvido durante essa experiência”, disse.

Na visão de Paulo Afonso Gaspar, secretário de Esporte, Educação e Turismo do munícipio, o programa prioriza o esporte, fator que contribui para o crescimento do cidadão. “Acredito que muitas crianças aqui da cidade têm condições de vencer campeonatos e até participar de Olímpiadas”, afirmou.

Segundo Milton Ribeiro, diretor de Esportes de Vargem Grande Paulista, o Sesi-SP entra na “batalha”, ao lado da prefeitura, para melhorar a condição e as perspectivas de vida dos jovens da cidade.

Após a cerimônia, uniformes do PAF fora distribuídos para as crianças.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540150391

PAF atenderá cerca de 800 jovens na cidade. Foto. Tâmna Waqued/Fiesp


O PAF

O programa contempla crianças e jovens entre 6 e 17 anos e as atividades estão organizadas em três fases, adequadas para cada faixa etária.

Além da prática esportiva com professores capacitados, os alunos do PAF recebem orientação em temas transversais como saúde, trabalho, consumo consciente, meio ambiente e pluralidade cultural, dentre outros. Os instrutores trabalham para difundir valores como ética, superação, autoestima e socialização, com o intuito de ajudar o aluno a se desenvolver de modo pleno.

Na fase que compreende crianças entre seis e oito anos, os instrutores trabalham para promover qualidade de vida, integração e socialização por meio de jogos e brincadeiras lúdicas. A partir dos oito anos, os participantes iniciam a prática esportiva, conhecendo as diversas modalidades e suas diferenças.

Então, dos 11 aos 17 anos, os alunos optam por uma modalidade e realizam treinos específicos. Nesta fase, os atletas podem representar a equipe do Sesi-SP em competições estaduais e nacionais.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do Sesi-SP, as aulas esportivas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.

Sesi-SP leva Programa Atleta do Futuro para Vinhedo

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp, de Vinhedo

Mais uma cidade do interior de São Paulo, Vinhedo, passa a fazer parte do Programa Atleta do Futuro (PAF). Em cerimônia nesta sexta-feira (27/06), na sede da Prefeitura, o prefeito do município, Jaime Cruz, o secretário de esportes Gustavo Zampiere, e o diretor de Esportes e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug, assinaram o convênio para receber a iniciativa do Sesi-SP que promove a iniciação de crianças e jovens na prática esportiva.

Por meio do PAF, serão atendidos 240 alunos nas modalidades vôlei e futsal, especialmente do bairro de Jardim Eldorado, na região da Capela.  A empresa-madrinha é a Adelbrás.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540150391

O diretor de Esportes e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug, com o prefeito e o secretário de Esportes de Vinhedo. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


De acordo com o prefeito, o bairro tem muitos adolescentes em situação de vulnerabilidade. Nada melhor que um projeto como esse para ajudar nessa questão.

“Eu, que já fui secretário de educação, sei que a criança passa um período do dia na escola formal e precisa de uma outra atividade no contraturno. Já temos alguns projetos, mas precisamos avançar. Por meio das parcerias, podemos fazer isso”, afirmou Cruz. “Essa é a nossa primeira parceria com o Sesi-SP e é muito significativa. Porque nosso lema é valorizar o ser humano.”

“O PAF nasceu em 1991, com o nome Atleta do Ano 2000. Desde então, evoluiu e por volta de 2008, em que decidimos criar formar de transferir as tecnologias do Sesi-SP para os municípios. Foi quando foram criados o Sistema Sesi-SP de Ensino e o Programa Atleta do Futuro”, conta Pflug. “É interessante desenvolver o PAF em Vinhedo, que é uma cidade que honra seus atletas.”

Finais da Copa Sesi-SP Atleta do Futuro de Futebol ocorrem em 43 unidades

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540150391

Jogo na unidade Sesi-SP AE Carvalho. Foto: Sesi-SP

A Copa do Mundo de futebol está chegando. E o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), um dos maiores incentivadores do esporte no Brasil, preparou uma grande competição inspirada no mundial de futebol. Com o objetivo de abrir oportunidades para a prática esportiva e disseminar os valores do esporte para alunos do Programa Atleta do Futuro (PAF) e para jovens e adolescentes de 13 a 17 anos, o Serviço Social da Indústria organizou a Copa Sesi-SP Atleta do Futuro de Futebol  2014.

A competição terminou neste sábado (31/05) com jogos simultâneos em 43 unidades do Sesi-SP – na AE Carvalho, na zona leste da capital, o nadador e medalhista olímpico Thiago Pereira, embaixador no projeto “Pedagogia do Exemplo”, prestigiou com sua presença a abertura dos jogos.

A Copa Sesi-SP Atleta do Futuro de Futebol  2014 é uma ação socioesportiva envolvendo os alunos matriculados nas turmas de futebol do Sesi-SP Atleta do Futuro nas Unidades da instituição, em núcleos parceiros e escolas externas. Também participaram alunos de outras instituições (clubes, escolas, associações).

Destinado aos alunos de 13 a 17 anos, matriculados nas turmas de fase de desenvolvimento Esportes 2 e 3, a Copa teve suas fases iniciais em 43 unidades do Sesi-SP que possuem campo de futebol oficial e/ou campo de futebol society. Foram ao todo 11.657 alunos em 790 equipes disputando a Copa até chegar à final estadual deste sábado (31/05), que será disputada simultaneamente em cada uma das unidades participantes.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540150391

O nadador e medalhista olímpico Thiago Pereira prestigiou a abertura dos jogos no Sesi-SP AE Carvalho. Foto: Sesi-SP

De acordo com o diretor de Esportes da entidade, Alexandre Pflug, a semelhança dos ideais do exemplo de jogo limpo da Copa com o Programa Atleta do Futuro. “Para o Sesi-SP, o esporte é uma grande ferramenta de auxílio no processo de desenvolvimento educacional, social e de saúde do ser humano. Jovens e adolescentes encontram no esporte incentivo a essas conquistas aliadas a um sentimento de cooperação e amizade. Como estarão todos ligados na Copa do Mundo da Fifa, nós criamos uma competição que ao mesmo tempo é uma grande festa, para enraizar mais esses conceitos do esporte entre os jovens do Atleta do Futuro”, disse Pflug.

“Consideramos que a Copa do Mundo e os atletas que dela participarão servem de modelo e fonte de inspiração para os alunos do Programa Atleta do Futuro e demais jovens e adolescentes da comunidade que participarão do evento. A dedicação ao esporte e a importância de se participar das competições de maneira limpa, com fair play e demais valores do esporte, são alguns dos conceitos evidenciados neste megaevento e podem ser encontrados nas competições realizadas pelo Sesi-SP e, em especial, na Copa Sesi-SP Atleta do Futuro de Futebol – 2014.”

>> Infográfico: conheça o Programa Atleta do Futuro do Sesi-SP

Instituições firmam carta em prol da inserção de pessoas com deficiência

Talita Camargo, Agência Indusnet Fiesp 

Criar o programa “Meu Novo Mundo”. Este é o objetivo da carta de intenções assinada na manhã desta segunda-feira (31/03) pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e a Superintendência Regional do Trabalho do Estado de São Paulo. O acordo foi firmado durante a abertura do Fórum Sou Capaz, que acontece na sede da Fiesp.

O programa “Meu Novo Mundo” consiste na inserção de pessoas com deficiência no Programa Atleta do Futuro (PAF), do Serviço Social d Indústria de São Paulo (Sesi-SP).

Imagem relacionada a matéria - Id: 1540150391

Da esquerda para a direita: Sylvio de Barros (Fiesp), e os auditores Alice Grant Marzano e José Carlos do Carmo (Superintendência Regional do Trabalho do Estado de São Paulo). Carta de intenções tem o objetivo de criar o programa "Meu Novo Mundo". Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

“O PAF conta hoje com mais de 100 mil crianças.  Entendemos que o esporte leva às crianças ao contato com outras oportunidades e que, portanto, o PAF poderia ser adaptado às crianças com deficiência, por meio dos esportes paralímpicos praticados no Sesi-SP”, explicou o diretor titular do Departamento de Ação Regional (Depar) da Fiesp, Sylvio de Barros.

Além disso, o programa envolve atividades do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP).

Entre essas ações, inclusão digital, programas de cidadania e um projeto vocacional. “O objetivo é apresentar vários cursos de aprendizado e quando o aluno descobrir sua melhor aptidão, o Senai-SP irá inseri-lo na capacitação dentro dessa aptidão”, informou Barros.

A carta de intenções foi assinada por Sylvio de Barros, pela Fiesp, e pelos auditores da Superintendência Regional do Trabalho do Estado de São Paulo, Alice Grant Marzano e José Carlos do Carmo.

“Se hoje ainda temos muito a avançar no processo de inclusão e resgate dos direitos das pessoas com deficiência de modo geral, maior ainda é a nossa tarefa com aqueles que moram nas periferias dos grandes centros e nas áreas rurais mais isoladas”, afirmou Carmo, que também é coordenador do Projeto de Fiscalização e Inclusão de Pessoas Com Deficiência da Superintendência Regional do Trabalho.

Sobre o Sou Capaz 

O  Sou Capaz tem como finalidade oferecer a equivalência de oportunidade a todos os cidadãos por meio da capacitação técnica de pessoas com deficiência e aprendizes.

Por meio de fóruns e cursos em modelo itinerante, que percorrem diferentes regiões do estado de São Paulo, bem como da ação contínua do Depar, o programa aborda assuntos legais, jurídicos e institucionais com a finalidade de obter resultados positivos nos níveis de empregabilidade, possibilitando também que instituições de formação profissional otimizem sua oferta de pessoas com deficiência e aprendizes para a indústria.

Acompanhe a programação completa da iniciativa, que prevê ações em Jundiaí, Sorocaba e Marília, entre outras cidades, no site do programa: http://hotsite.fiesp.com.br/soucapaz/#home.

O Sou Capaz é organizado pela Fiesp e pelo Ciesp, com patrocínio da Bayer e da Eaton.